Olive Kitteridge é um livro de Elizabeth Strout publicado pela Alfaguara. Uma obra bonita e sensível que quase faz acreditar que apresenta relatos reais. Ao longo destas páginas, a autora apresenta diferentes personagens, que vivem uma pequena cidade dos EUA. As figuras cruzam-se e acabam sempre por ter um denominador comum, mesmo quando as suas histórias nada parecem estar ligadas umas às outras.

É um romance apesar de aparentar ser um conjunto de contos. É que cada capítulo foca-se numa personagem ou conjunto de personagens, parecendo encerrar ali uma história. Contudo, Olive Kitteridge acaba sempre por surgir, destacar-se e fazer a diferença. É por isso mesmo que a sentimos como a personagem principal da obra, mesmo quando está ausente. E Olive pode não conquistar ao início. É uma mulher com uma personalidade muito forte, de aparência rude e dura, muitas vezes causando um impacto negativo. Contudo, conforme os capítulos vão avançando, passamos a conhecê-la melhor, a entendê-la e vê-la com carinho. O impacto positivo que ela provoca nos outros conquista. 

No início da leitura, senti que esta iria ser uma leitura pouco marcante, mas estava enganada. Com o avançar da leitura, comecei a sentir-me arrebatada pelas histórias apresentadas. Sentia que elas podiam estar a acontecer. Vi situações vividas por mim e por pessoas próximas de mim ali descritas. Acreditei verdadeiramente que tudo aquilo poderia ser verdade. É que Elizabeth Strout traz uma forma humanidade e realismo às suas personagens. Nenhum é perfeita, todas têm os seus pontos fortes e falhas, todas parecem ser retratos de pessoas reais. É por isso que digo que este livro fala de histórias que podiam ser as nossas.

As situações descritas ali são como a vida. Têm momentos felizes, dor, amor, tristeza, sentido de comunidade, perda, solidariedade, solidão, esperança, reconciliação, coragem, desespero, resiliência, renovação, dúvida, traição, saudosismo.  Tudo isto faz com que as personagens e as histórias de cada uma possuam uma grande riqueza. Ler este livro é sentir a vida, é recordar que tudo isto é efémero e precioso, é reconhecer que só fazemos sentido em comunidade. 

Sinopse:

Em Crosby, uma pacata povoação costeira no Maine, todos conhecem Olive Kitteridge, a temível professora de Matemática do liceu, agora reformada, e Henry, o seu marido, farmacêutico gentil.

E talvez não haja ninguém que conheça tão bem quanto Olive os segredos e os dramas dos habitantes da vila: o desespero de um exaluno que perdeu a vontade de viver; uma pianista alcoólica vítima de uma mãe castradora; uma mãe destroçada pelo crime hediondo do filho; um homem que descobre a ferocidade e as consequências do amor; e a solidão da própria família de Olive, à mercê dos seus caprichos.
Lamentando os ventos de mudança que varrem a sua vila e o mundo, sempre pronta a apontar um dedo crítico, Olive nem sempre dedica aos que a rodeiam a sensibilidade ou tolerância que mereceriam. Mas à medida que todas estas vidas se vão entrelaçando, Olive começa a conhecer-se melhor e a compaixão – pelos outros e por si própria – ganha terreno ao preconceito.

Palavras-chave

Mais no portal

Mulheres Inspiradoras

Carmo Sousa Lara: "Às vezes, estamos muito agarradas ao reforço negativo"

A nossa primeira Conversa Inspiradora chega no dia 8 de março e é sobre o corpo. O corpo da mulher real. O corpo que ainda é poucas vezes capa de revista.

Imagem de Sucesso

Saiba como escolher os modelos de óculos de sol que mais valorizam o seu rosto

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso partilho algumas dicas para que escolher eyewear nunca mais seja uma dor de cabeça.

Moda

Os 8 tipos de cuecas que todas as mulheres devem ter

De modelos estilo biquíni as tangas clássicas, estas são as peças nas quais deve investir.

Comportamento

Mais de metade dos portugueses não se veem a viver sem carro

Seis em cada 10 portugueses consideram o automóvel insubstituível, mas em 2017 eram 8 em 10. A descida deve-se à crise pandémica.

Moda

Estas peças elegantes são ótimos investimentos para a primavera

Veja as sugestões que encontrámos nas lojas online da Zara, Mango e H&M.

Mulheres Inspiradoras

Guerra aos filtros: estas influencers mostram a beleza de peles reais

Depois do positivismo corporal, o movimento do "skin positivity" começa a ganhar cada vez mais força nas redes sociais.

Beleza

É suposto deixarmos passar algum tempo entre a aplicação dos produtos de skincare?

Trinta segundos? Sessenta segundos? Zero? Saiba o que dizem os especialistas.

Moda

Irina Shayk mostra como usar a tendência das calças de pele com visual rock 'n roll

A peça de eleição da modelo é de uma marca que as portuguesas conhecem bem.

Saúde

Estudo sugere que grávidas podem transmitir anticorpos contra a COVID-19 aos bebés

Uma investigação publicada recentemente pode ajudar (e muito!) na estratégia de vacinação das grávidas em todo o mundo.

Beleza

O erro que comete sempre que aplica o seu hidratante de rosto favorito

Existe uma forma muito simples de potencializar a eficácia dos produtos de skincare.

Beleza

Qual é o melhor contorno para o seu tipo de rosto?

Esclarecemos todas as dúvidas sobre como adaptar a técnica de maquilhagem aos seus traços.

Moda

Estas malas aparentam ser bem mais dispendiosas do que realmente são

Saiba o que procurar nas lojas para investir em artigos que são facilmente confundidos com peças de alta-costura.