blanky portugal

A solução para um sono de qualidade não é nova, mas até há pouco tempo estava sobretudo disponível no mercado da saúde.

Há pelo menos 15 anos que o cobertor pesado (“weighted blanket) é utilizado para fins terapêuticos como, por exemplo, no tratamento de condições como o autismo, o Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) e a ansiedade. Aquilo que fizeram Pedro Caseiro e Ricardo Parreira, dois portugueses com um percurso ligado à consultoria de gestão, foi adaptar o cobertor pesado ao “mass market”, tornando-o acessível ao consumidor-comum e garantindo que mantinham os benefícios de saúde associados à sua utilização, em especial a melhoria do sono.

Inquéritos de satisfação realizados em mercados onde o produto já existe há mais tempo demonstram que cerca de 88% dos consumidores que experimentaram dormir regularmente com um cobertor pesado sentiram uma melhoria na qualidade do sono. Pedro Caseiro foi um deles, quando adquiriu o produto pela primeira vez e ainda estava longe de imaginar que se viria a tornar um dos criadores do Blanky.

“Nessa altura vivia em Londres e o stress acumulado do dia-a-dia provoca-me dores nas costas que não me deixavam dormir descansado. Precisava de uma solução que não passasse por comprimidos para dormir e foi então que numa das minhas pesquisas me cruzei com o cobertor pesado. Decidi experimentar e fiquei muito surpreendido e igualmente satisfeito: da noite para o dia, as minhas dores tinham desaparecido e eu comecei a dormir muito melhor”, explica o atual responsável pela área de Marketing e Vendas do Blanky.

Quando mostrou o produto ao ex-colega de curso e amigo de longa data, Ricardo Parreira, este também ficou convencido. “Percebemos depois que o cobertor pesado já existia no ‘mass market’ em países como os Estados Unidos, Canadá, Londres, Alemanha e países nórdicos, mas que ainda estava fora do radar da Península Ibérica. Foi aí que detetámos uma oportunidade de mercado e decidimos avançar com a nossa própria marca”, realça o encarregado da gestão da Logística e Produção.

Com um pé em Portugal e outro em Espanha é assim que nasce o Blanky: o primeiro cobertor pesado ibérico, de utilização 100% segura para a população em geral. Uma solução clinicamente comprovada e de elevada qualidade, antialérgica e natural, que utiliza a técnica Deep Touch Pressure (DTP) para melhorar a qualidade do sono.

Sensação semelhante à de uma massagem

A DTP é um método que tira partido do peso extra do cobertor para aplicar gentilmente pressão localizada nos músculos, relaxando o corpo à semelhança de uma massagem – efeito este que proporciona um sono mais descansado. Em concreto, esta técnica estimula de forma natural a libertação no organismo de “hormonas da felicidade”, como a serotonina, e do “sono”, como a melatonina, que provocam uma sensação de bem-estar e calma no sistema nervoso, regulando ainda o ciclo do sono, respetivamente.

“Estas hormonas são essenciais para um sono tranquilo e são produzidas naturalmente pelo organismo, só que nem sempre em quantidade suficiente. No caso da melatonina, por exemplo, os seus níveis diminuem com o avançar da idade”, começa por explicar Margarida Mendes, neuropsicóloga na Clínica de Santo António do Grupo Lusíadas Saúde. “Ao estimular naturalmente a produção de melatonina no cérebro, o cobertor pesado contribui assim para um sono de melhor qualidade e mais duradouro, ajudando também a tratar a insónia e a diminuir o tempo necessário para adormecer”, esclarece a especialista.

Um estudo realizado pela Universidade de Massachusetts e publicado na revista académica “Occupational Therapy in Mental Health” revelou que 76% dos consumidores que dormiram com um cobertor pesado sentiram um aumento do conforto durante o sono e que 63% experimentaram também uma diminuição dos níveis de ansiedade. Isto acontece porque a técnica Deep Touch Pressure permite ainda controlar a produção de cortisol, hormona responsável pela sensação de stress e ansiedade.

No caso do Blanky, o peso extra advém do facto do seu interior ser composto por grãos de areia de vidro tratado que são distribuídos uniformemente pelo cobertor graças à costura em formato de diamante.

Dormir mal não escolhe idades

Em Portugal, o problema do sono é real: quase dois terços da população dorme mal e 59% tem dificuldades em adormecer. Margarida Mendes confirma este cenário. “Prova disso é o facto de estarmos continuamente entre os cinco países europeus que mais consome ansiolíticos, antidepressivos e comprimidos para dormir: cerca de 10 milhões de embalagens por ano”, explica a neuropsicóloga, acrescentando que o problema do sono é complexo e afeta todas as faixas etárias.

“O debate à volta do sono centra-se muito nas consequências para o público mais jovem e em idade escolar, porque o dormir mal está muitas vezes associado, nesta idade, a défices de atenção, atrasos no crescimento, mudanças de humor e ao insucesso na escola. Contudo, a verdade é que as perturbações do sono existem em todas as idades e não devem ser normalizadas quando chegamos aos adultos. Dormir bem é essencial em qualquer faixa etária, para o nosso bem-estar psíquico, emocional e cognitivo”, afirma Margarida Mendes.

Foi com base nesta premissa que nasceu também o conceito da própria marca: Dormir bem é para todos. O Blanky está atualmente disponível em três versões: Conforto (para uso individual), Para dois (para os casais) e Kids (para as crianças), sendo que o peso dos cobertores varia entre os 4 e os 15 quilos. Na escolha do modelo mais adequado, o utilizador deve ter em consideração que o peso do cobertor deve ter entre 10 a 15% do seu peso (por exemplo, uma pessoa que pese 50 quilos deverá optar por um cobertor de aproximadamente 5 quilos).

Atualmente o Blanky está à venda online com serviço de entrega gratuito. Os preços variam entre os 139€ e os 239€, sendo que as compras efetuadas incluem um período de experimentação válido por 30 dias.

Palavras-chave

Relacionados

Beleza e Saúde

Bebi este chá antes de dormir e notei algumas diferenças

Porque, às vezes, o calor e as bebidas quentes até se dão bem.

Beleza e Saúde

4 conselhos úteis para melhorar a qualidade do sono

Dormir melhor pode exigir reavaliar e mudar alguns hábitos do estilo de vida.

Beleza e Saúde

5 dicas para ter um sono mais pleno

Saiba o que fazer para dormir melhor, principalmente nos tempos difíceis que correm.

Mais no portal

Inspirações

Caixa Solidária. Nuno Botelho criou movimento viral para ajudar quem mais precisa

Uma iniciativa que faz toda a diferença, principalmente em tempos de pandemia.

Beleza e Saúde

7 batons vermelhos que combinam na perfeição com o outono

Um clássico intemporal de beleza que faz tanto sentido na nova temporada.

Moda

Estas botas para o inverno são um investimento que rende durante o ano todo

Com estas sugestões, está garantido que terá estilo terá o melhor do estilo e do conforto a seus pés.

Comportamento

A ciência diz que esta é a melhor forma de expressar gratidão a alguém que amamos

De acordo com um estudo recente de psicologia, um simples "obrigado" ou destacar o sacrifício de alguém não geram as reações mais positivas.

Inspirações

Conheça Celmira Macedo: a professora que criou um alfabeto inclusivo

EKUI é o nome desta metodologia de desenho universal para aprender e comunicar.

Moda

Este tipo de roupa interior 'enfadonho' nunca foi tão popular

As necessidades das mulheres estão a mudar e, agora, dá-se mais valor ao conforto e à praticidade, bem como a um estilo casual.

Celebridades

Grávida, Emily Ratajkowski afirma: "Só vamos saber o género quando o nosso filho tiver 18 anos"

Entenda a linha de raciocínio da modelo, que espera o primeiro filho com o ator e produtor Sebastian Bear-McClard.

Beleza e Saúde

"Isto são os 40". Conheça os exercícios que esculpem o corpo de Kim Kardashian

A socialite quebrou a Internet com estas fotografias que provam que os 40 são os novos 20.

Beleza e Saúde

5 dicas para ultrapassar a quebra de energia pós-almoço

Saiba como acabar com aqueles momentos de moleza extrema que, normalmente, se seguem à hora de almoço.

Beleza e Saúde

A maquilhagem certa para valorizar cada formato de olhos

Na rubrica Beauty Spot desta semana. explico como identificar o seu tipo de olhos e, de seguida, os truques de maquilhagem que o valorizam.

Beleza e Saúde

Anti-queda: o que há de novo no combate a este problema

Nesta época do ano, a queda de cabelo é um problema comum a muitas mulheres.

Moda

12 botins que permitem mil e uma combinações nos seus visuais de inverno

Para combinar com vestidos estampados e românticos, calções ou calças 'flare' (entre muitas outras opções de estilo).