Uma das prioridades das famílias é educar mais e melhor os filhos. E, no que toca à educação financeira, a regra não deve ser exceção; aliás, deve começar desde cedo e em família.

E porque o mês de outubro representa o mês da poupança, porque não pensarmos como é importante estarmos familiarizados com conceitos tão importantes como o dinheiro, a poupança, o orçamento, o planeamento financeiro, etc? É fundamental que este tema seja verdadeiramente colocado em cima da mesa, para tentar incutir alguma responsabilidade nos mais pequenos.

A educação financeira deve, sem dúvida, fazer parte do dia-a-dia dos mais novos de uma forma muito divertida e original. E porque não através de jogos como o Monopólio ou o Jogo da Vida? É importante que, com a ajuda dos pais, se tornem adultos mais responsáveis no que toca às decisões financeiras e, no futuro, sejam mais conscientes e independentes financeiramente. Que se tornem crianças mais atentas a gastos desnecessários e que saibam gerir bem o seu dinheiro.

E porque a educação financeira deve ser pensada desde cedo, aqui ficam algumas dicas de valores importantes que as crianças devem ter em consideração:

1. Ser a criança a receber o troco numa compra que faça com os pais, por exemplo, nas compras do supermercado, ou num café, e explicar-lhe o que representa aquele troco. As crianças devem perceber que quando pagamos dinheiro a mais, recebemos um troco e aprender a contá-lo para ver se está certo.

2. É fundamental a participação e o incentivo na criança para ela chegar lá, ou seja, conseguir comprar o que quer com o dinheiro que juntou. Este esforço deve ser acarinhado pelo pais como uma conquista! As crianças gostam que lhes digam….”Parabéns conseguiste juntar o dinheiro para o teu objetivo” ou “Força falta pouco para conseguires comprar o que tanto queres”. Desta forma, estará a incentivá-la a criar um hábito e a tomar o gosto desde pequeno(a), o que vai ajudar muito ao longo da vida numa melhor gestão do dinheiro.

3. Deixe o seu filho usar, por exemplo, um pequeno valor que tem no mealheiro numa compra de algo que ele goste e explique porque é importante juntar e que só desta forma é que conseguimos comprar o que queremos. Não esquecer que deve voltar a juntar até perfazer o montante que gastou.

4. Estimule a criança a ajudar quando é preciso, por exemplo, nas tarefas da casa, como arrumar o seu quarto, explicando que poderá receber uma moeda pela ajuda e apoiar a criança nessa atitude, dando sempre o exemplo.

5. Boas práticas financeiras em família são sempre bem-vindas e são um incentivo para as crianças verem nos adultos e fazer igual.

6. É importante a criança perceber a diferença entre bem essencial e supérfluo, para não gastar dinheiro em coisas que verdadeiramente não precisa ou não são saudáveis. Explicar a diferença entre gastar por gastar e precisar de gastar.

7. As crianças devem ter um mealheiro, onde vão juntando o dinheiro que recebem da família e em ocasiões especiais, como o Natal e os aniversários. Devem perceber a importância desse mesmo mealheiro para a concretização de objetivos; objetivos esses que deverão ser elas mesmos a estabelecer.

Sempre que achar por bem e o valor justificar, abra uma conta poupança associada à sua conta à ordem, com a finalidade de amealhar dinheiro para a criança. Pode e deve envolver a criança em todo o processo, pois ela vai-se sentir importante e é essencial para poder compreender a importância e valor do dinheiro, bem como da poupança e num futuro fazer toda a diferença, quando for ela ou ele a gerir o seu próprio dinheiro.

Já sabe, acompanhe estas e outras dicas aqui, em Activa.pt, e nas redes sociais: Instagram | Facebook | LinkedIn

Palavras-chave

Relacionados

Diz Quem Sabe

Dicas de poupança e investimento que não deve esquecer

Em tempos difíceis, é uma boa ideia colocar tudo em perspetiva, incluindo as finanças pessoais.

Finanças de A a Z

Clube do Livro Finanças de A a Z: "A Poupança no Feminino"

No novo episódio da rubrica Finanças de A a Z estreio um espaço mensal onde vou deixar algumas sugestões de livros úteis para a educação financeira de miúdos e graúdos.

Finanças de A a Z

Entenda como pode (e deve) investir mais em si

No novo episódio da rubrica Finanças de A a Z, partilho algumas mudanças de atitude que podem ajudá-la a investir mais em si.

Mais no portal

Mulheres Inspiradoras

Carmo Sousa Lara: "Às vezes, estamos muito agarradas ao reforço negativo"

A nossa primeira Conversa Inspiradora chega no dia 8 de março e é sobre o corpo. O corpo da mulher real. O corpo que ainda é poucas vezes capa de revista.

Imagem de Sucesso

Saiba como escolher os modelos de óculos de sol que mais valorizam o seu rosto

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso partilho algumas dicas para que escolher eyewear nunca mais seja uma dor de cabeça.

Moda

Os 8 tipos de cuecas que todas as mulheres devem ter

De modelos estilo biquíni as tangas clássicas, estas são as peças nas quais deve investir.

Comportamento

Mais de metade dos portugueses não se veem a viver sem carro

Seis em cada 10 portugueses consideram o automóvel insubstituível, mas em 2017 eram 8 em 10. A descida deve-se à crise pandémica.

Moda

Estas peças elegantes são ótimos investimentos para a primavera

Veja as sugestões que encontrámos nas lojas online da Zara, Mango e H&M.

Mulheres Inspiradoras

Guerra aos filtros: estas influencers mostram a beleza de peles reais

Depois do positivismo corporal, o movimento do "skin positivity" começa a ganhar cada vez mais força nas redes sociais.

Beleza

É suposto deixarmos passar algum tempo entre a aplicação dos produtos de skincare?

Trinta segundos? Sessenta segundos? Zero? Saiba o que dizem os especialistas.

Moda

Irina Shayk mostra como usar a tendência das calças de pele com visual rock 'n roll

A peça de eleição da modelo é de uma marca que as portuguesas conhecem bem.

Saúde

Estudo sugere que grávidas podem transmitir anticorpos contra a COVID-19 aos bebés

Uma investigação publicada recentemente pode ajudar (e muito!) na estratégia de vacinação das grávidas em todo o mundo.

Beleza

O erro que comete sempre que aplica o seu hidratante de rosto favorito

Existe uma forma muito simples de potencializar a eficácia dos produtos de skincare.

Beleza

Qual é o melhor contorno para o seu tipo de rosto?

Esclarecemos todas as dúvidas sobre como adaptar a técnica de maquilhagem aos seus traços.

Moda

Estas malas aparentam ser bem mais dispendiosas do que realmente são

Saiba o que procurar nas lojas para investir em artigos que são facilmente confundidos com peças de alta-costura.