Minha Sombria Vanessa é um livro de Kate Elizabeth Russel, publicado pela Chá das Cinco. Trata-se de uma obra impressionante e, em muitos momentos, perturbadora. Nesta obra, somos apresentados a Vanessa em dois períodos bem diferentes da sua vida. Um em que é adolescente, outro em que é uma adulta no início dos 30. Desta forma, ficamos a conhecer o início de uma relação abusiva e as consequências que situação lhe trouxe.

O início deste livro é algo hipnotizante. A autora consegue explorar muito bem a mente da personagem principal da narrativa. O leitor, mero observador, consegue perceber que Vanessa é atraída para uma armadilha, que é manipulada para pensar e agir em conformidade aos desejos de um predador. Nas mãos de Jacob Strane, um homem bem mais velho, Vanessa acaba por cair numa teia de destruição. É doloroso assitir a momentos em que ela é induzida a participar, havendo uma luta interna entre a própria vontade e o desejo de agradar a Strane.

É que Kate Elizabeth Russel explica-nos um pouco como funciona a mente de uma vítima deste tipo de abusos. Ao ler este livro, somos sensibilizados para a forte manipulação que é exercida por parte do predador. Quando Vanessa se revolta ou tenta tomar uma posição contrária a Strane, este consegue levar a sua avante, modificando a percepção de factos e acontecimentos a seu favor ou fazendo comentários que façam com que Vanessa se sinta dependente dele. Por muito que nos custe aceitar, de certa forma é possível perceber o porquê de ela o defender.

A autora debruça-se muito sobre a forma como a personalidade de Vanessa foi afetada por esta relação. A jovem que já era pouco sociável afastou-se ainda mais de todos. Presa nos próprios pensamentos, tem dificuldade em lidar com o que é certo e errado, com o que realmente quer, é depente do agressor na tomada de decisões, torna-se mais carenta e encontra conforto em situações que a recordam Strane. Assistir a isto é doloroso. Faz pensar que uma situação destas não se remete a um episódio, mas que condiciona e prejufica uma vida.

Ler Minha Sombria Vanessa é receber uma mensagem para se ser mais alerta. Alerta nas nossas próprias relações e das relações do que nos rodeiam. Mas não só. Este livro é também um gesto empático para com todas as vítimas. É que a autora, ao colocar-nos na mente da vítima, faz-nos perceber melhor certos comportamentos, ações ou decisões. As críticas a estes casos de pessoas, revoltadas, que questionam “porque não denunciou logo?”, “porque continou?”, entre outras, denotam falta de conhecimento e empatia pelo lado da vítima. Kate Elizabeth Russell recorda que o comportamente humano não é preto no branco e que quem passa por estas situações está em sofrimento. Quando o abuso acontece e até mesmo depois. Que existem marcas que não desaparecem e feridas que demoram a sarar. 

Sinopse:

Em 2000, Vanessa Wye é uma adolescente de 15 anos ambiciosa e solitária. Sonhando ser escritora, não se importa de estar sempre sozinha, mas abre uma exceção quando Jacob Strane, o seu professor de inglês, lhe começa a dar mais atenção. Antes que Vanessa tenha consciência, iniciam uma relação, e ela acredita que ele realmente a ama.
Em 2017, uma ex-aluna acusa Strane de abuso sexual. Vanessa fica perante uma escolha impossível: ficar calada, acreditando que se havia envolvido voluntariamente naquela relação… ou redefinir a sua grande história de amor como mera violação. Por um lado, não quer rejeitar esse primeiro amor, o homem que a transformou e tem sido uma presença constante na sua vida. Por outro, será possível que ele seja muito diferente do que ela pensava? Será ela apenas mais uma vítima?
Alternando entre passado e presente, Minha Sombria Vanessa é um retrato excecional de uma adolescência conturbada e das suas consequências, levantando questões cruciais sobre liberdade, consentimento, abuso e vitimização, captando de forma brilhante uma cultura em mudança que transforma as nossas relações e a própria sociedade.

Palavras-chave

Mais no portal

Mulheres Inspiradoras

#SairParaVotar. Fotógrafa portuguesa lança campanha online de apelo ao voto

"É um projeto fotográfico e a decisão do futuro", escreveu Inês Costa Monteiro nas redes sociais.

Beleza e Saúde

Afinal, o que é skinimalism?

Esta será uma das grandes tendências de cuidados de pele para 2021.

Moda

Estas bailarinas provam que o calçado vegan está na moda

Estes três novos modelos, que fazem parte da coleção vegan de uma marca nacional, são criados à mão por mestres sapateiros portugueses e feitos a partir de faux leather.

Lifestyle

Home staging: como (bem) decorar uma casa para vender ou arrendar

Com a ajuda do Habitissimo, explicamos como pode preparar um imóvel em apenas cinco passos.

Faits Divers

O simbolismo da onda roxa que vimos na tomada de posse de Joe Biden

A cor que marcou a cerimónia no Capitólio serviu para transmitir várias mensagens importantes.

Moda

Lily Collins mostra como usar um cardigã com muito estilo

A protagonista de "Emily in Paris" foi fotografada a usar uma peça acessível de uma marca que conhecemos bem.

Moda

Conheça três tendências que já chamam pela primavera

Diz Quem Sabe

Barriga inchada depois das festas? O motivo pode não ser assim tão óbvio

Um artigo de opinião assinado por Rita Verdasca, nutricionista nos Laboratórios SYNLAB.

Finanças de A a Z

Tudo o que deve saber antes de contrair um crédito pessoal

Este é o tema do novo episódio da rubrica Finanças de A a Z.

Faits Divers

A relação das mulheres com o batom vermelho está enraizada na História

A cor é conhecida por aumentar instantaneamente a confiança de muitas mulheres, mas também é um símbolo histórico de poder.

Beleza e Saúde

Eis um grande aliado da libido e fertilidade

É natural, acessível e rico em nutrientes essenciais ao nosso bem-estar.