“2020 foi um ano completamente atípico e, para muitos, a prova de que estarmos preparados financeiramente é fundamental”. As palavras são de Rui Bairrada, CEO do Doutor Finanças, e resumem na perfeição uma das principais que todos aprendemos este ano.

“Seja por perda de rendimentos ou por um encargo extra, só quem tiver um orçamento familiar e o cumprir (com a poupança sempre em primeiro lugar) ultrapassará as adversidades financeiras de forma mais tranquila. E é neste contexto que aconselho: invista algum tempo a fazer um planeamento financeiro e garanto-lhe que não se arrependerá”acrescenta, em comunicado.

Ao fazermos um orçamento e uma poupança mensal, se acontecerem imprevistos, vamos estar mais bem preparados e mais confortáveis financeiramente.  Neste sentido, o Doutor Finanças recomenda 7 dicas essenciais. Conheça-as, abaixo.

1. Planear o novo ano que aí vem (e o que falta deste) 

É importante analisar o plano traçado para este ano e fazer um balanço. Através desta análise é possível perceber o que correu bem e aquilo que correu menos bem. Este processo ajuda no momento de fazer o planeamento para 2021, uma vez que se percebe o que deve ser limado e o que deve ser mantido. 

Este exercício pode ser feito em qualquer altura, mesmo em novembro. O mesmo se aplica à poupança. Após concluir a análise sobre 2020, é importante antecipar-se e começar já a verificar as despesas e receitas do próximo ano.  É importante que se faça um orçamento familiar contemplando o máximo de informação relativa às despesas que já se sabe que vão ocorrer no próximo ano, como o IMI ou o regresso às aulas. E que se estabeleça alguma margem, para os imprevistos que possam acontecer ao longo do ano.

2. Poupar no crédito habitação

Neste momento, o crédito está mais barato, uma vez que a taxa Euribor continua em valores negativos e os spreads estão mais baixos (já existem mesmo bancos a oferecer spreads mínimos abaixo dos 1%). Dada a conjuntura atual, quem tem crédito habitação há mais de dois anos pode estar a perder (muito) dinheiro. Ainda assim, e independentemente da altura, a recomendação é que se consulte o mercado, uma vez que este pode estar a oferecer melhores condições.

Uma forma de se poupar com o empréstimo da casa é transferir o crédito para outra entidade, que ofereça melhores condições, nomeadamente nos outros produtos e serviços associados como os cartões e seguros.

3. Analisar os seguros 

Embora possa parecer estranho, a verdade é que ainda é usual encontrar quem não saiba ao certo quantos seguros tem e as suas coberturas. Por exemplo, as coberturas duplicadas são muito comuns, contratadas em seguros distintos.

A mensalidade dos seguros de vida e multirriscos associados ao crédito habitação, por vezes, pode tornar-se numa despesa mensal mais exigente do que a mensalidade do próprio empréstimo.

É muito comum contratar este tipo de seguros junto da entidade bancária onde se está a fazer o crédito, contudo, esta pode não ser a solução mais económica. 

A recomendação é que se procure soluções mais vantajosas, que podem ser subscritas fora do próprio banco, nomeadamente com a ajuda de um intermediário financeiro, como o Doutor Finanças.

4. Juntar todos os créditos num só 

Quem tem vários créditos em mãos, como por exemplo um para o automóvel, outro para o computador e um outro crédito pessoal, pode poupar dinheiro se juntar todos os créditos num só, através da consolidação de créditos. Esta é uma solução financeira que permite ter uma única prestação mais baixa e com melhores condições. A consolidação vai, assim, ajudar a ter uma folga orçamental no final do mês e uma poupança significativa no final do contrato de crédito. Claro que o valor da poupança vai sempre depender de caso para caso. 

5. Rever e renegociar serviços

Um exercício fundamental é parar para pensar quanto dinheiro se gasta em coisas que não se utiliza. Quanto é que se gasta em serviços de streaming ou no ginásio e qual a sua utilização? A resposta a estas questões será vital para se perceber se se pode eliminar algum custo. Já serviços como a água, a eletricidade, o gás e telecomunicações, que são despesas tidas como fixas e essenciais, devem ser renegociados com os fornecedores para se tentar obter alguma redução de encargos.  

6. Negociar dívidas

Há casos em que não é possível fazer a consolidação dos créditos, nomeadamente pessoas que entraram em incumprimento. Nestas situações, a solução pode passar pela negociação dos contratos. O Doutor Finanças, que nestes casos não pode intervir, disponibiliza um eBook, para ajudar as pessoas a ultrapassar a situação.

7. Começar já hoje a poupança de 2021

Independente da situação atual, por muito que se fale em poupança e como pode ser feita, na hora H o maior inimigo é muitas vezes a inércia. Quanto mais cedo se organizar o orçamento e se começar a poupar dinheiro, mais cedo se colhem os frutos desse esforço. 

A poupança automática é uma ótima ajuda neste campo. Assim, garante-se que se poupa todos os meses e que se cria um pé de meia para despesas futuras.

Palavras-chave

Relacionados

Finanças de A a Z

3 dicas que ajudam a planear as poupanças para os seus filhos

Na rubrica Finanças de A a Z desta semana, falo sobre a importância de os mais novos lidares com a poupança desde cedo.

Finanças de A a Z

As principais desculpas para não poupar (e como as ultrapassá-las)

No novo episódio da rubrica Finanças de A a Z, falo sobre como driblar as justificações mais comuns para não poupar dinheiro todos os meses.

Diz Quem Sabe

Dicas para reorganizar as finanças em época de pandemia

Quando o inesperado acontece, há que saber adaptar-se.

Mais no portal

Comportamento

Existem cinco tipos de casais - e parece que apenas três deles são felizes

Veja que características têm os casais que conseguem gerir conflitos de uma forma saudável.

Beleza e Saúde

As velas são tóxicas?

Entenda os potenciais efeitos na saúde.

Lifestyle

6 lugares em Lisboa que irradiam o otimismo do Illuminating Yellow

O Pantone Color Institute elegeu este amarelo vibrante como uma das cores de 2021.

Beleza e Saúde

Emily Ratajkowski usou este creme para acalmar a pele na quarentena

Conheça o produto que se encontra em saldos.

Beleza e Saúde

Adora "Bridgerton"? Revelamos os segredos de beleza da série da Netflix

O responsável pelos cabelos e maquilhagens de toda a produção revelou como criou os "looks" das personagens.

Beleza e Saúde

COVID-19: 1 em cada 8 dos pacientes britânicos que regressam ao hospital morrem

Foram analisados dados de mais de 47 mil pessoas.

Celebridades

Sobrinho de Beyoncé terá divulgado vídeos íntimos da ex-namorada na internet

Julez Smith poderá estar em apuros com a lei. Solange e Beyoncé, a mãe e a tia do jovem, respetivamente, estarão furiosas.

Celebridades

Saiba o que Carolina Patrocínio lê durante o confinamento

Uma sugestão para ajudar a passar o tempo.

Comportamento

Afinal, quais são os segredos dos melhores profissionais?

Persistência é uma das características realçada pelas autoras de um livro que indica caminhos para o sucesso.

Moda

Estes 4 tipos de sapatos combinam na perfeição com "baggy jeans"

As calças de ganga oversized estão de volta - e vieram para ficar.

Beleza e Saúde

11 truques que irão revolucionar a forma como pinta as unhas em casa

Como e que nunca pensámos nisto antes?