São primas direitas e partilham o gosto pela culinária, mas nunca tinham feito nada juntas até decidirem escrever um livro. Uma faz da cozinha a sua ‘sala de operações’: falamos de Cátia Goarmon, mais conhecida por Tia Cátia, que é protagonista de um dos programas de maior sucesso do canal 24 Kitchen; a outra ensina-nos a comer melhor e é Rita Rocha de Macedo, nutricionista e autora de vários livros de dietas.

As duas escreveram o livro ‘A Cozinha das Primas’, editado pela Planeta. Não é um livro de dietas, mas a permissa é adotar uma alimentação saudável, mas repleta de sabor. Para isso, apresentam mais de 80 receitas muito variadas e fáceis de executar – de sopas aos pratos principais, com espaço para as opções vegetarianas e as sobremesas – onde não faltam conselhos e dicas de nutrição que podemos facilmente aplicar no nosso dia a dia.

Quisemos saber o que motivo as “primas” a escreverem um livro a quatro mãos. E isto foi o que elas nos disseram….

 

  1. Como surgiu a ideia deste livro? Já era um projeto que tinham em mente há algum tempo ou foi fruto de um contexto específico?

Não, de todo. Foi giro, porque nenhuma das duas tinha pensado nisso antes (como é possível?!)…Quando a Cátia apresentou o segundo livro da Rita, a Editora Planeta sugeriu-nos este desafio, ao qual nós nem pensámos duas vezes…até porque não havia nada para pensar! Este desafio surgiu há cerca de dois anos e meio, no entanto só agora o conseguimos publicar, pois houve alguns contratempos pelo meio, existiram algumas alterações na editora, actividade profissional de cada uma, uma pandemia pelo meio, o que nos levou algum tempo a terminar o livro.

  • Foi difícil chegar a acordo sobre as receitas a incluir no livro? O que surgiu primeiro: a informação nutricional que queriam passar ou as receitas?

Não, nada difícil. Em primeiro, definimos os separadores que o livro iria ter, como por exemplo: sopas e entradas, peixe, carne, snacks, sobremesas e bebidas. Depois, trabalhámos separador a separador, por exemplo no da carne, quisemos criar receitas com variedade (no tipo de carne), também pensámos em variar no tipo de confeção. Quisemos também manter alguns pratos típicos portugueses, mas nutricionalmente mais equilibrados. Podemos dizer que primeiro surgiram as receitas, tento em conta tudo o que foi dito anteriormente e depois fomos ajustando quantidades ou até mesmo ingredientes.

  • Dizem que foi uma “canseira” no prefácio do vosso livro. Como chegaram no final a acordo entre as duas?

Foi uma canseira, porque estamos a falar de mais de 80 receitas, trabalhadas ao pormenor, quer em termos nutricionais quer em termos de sabor. Mas foi fácil o acordo entre as duas, porque nos demos e damos muito bem, mesmo durante a preparação dos pratos para as fotografias, chegámos a fazer alterações, pois a Rita por vezes cortava por exemplo no açúcar e a Cátia comprovava que o sabor não alterava e que resultava.  

  • A Cátia fez alterações a receitas para as tornar nutricionalmente mais equilibradas? Em quais teve de “mexer” mais e quais foram as alterações mais importantes.

Não houve nenhuma receita específica, no fundo, incidimos mais na gordura e no açúcar. Por exemplo, nas receitas de sopas e entradas, a Cátia gosta muito de fazer um refogado na sopa e a Rita, defende que o azeite deve ser adicionado no final. Como, na verdade, a sopa fica mais saborosa com o tradicional refogado, ajustámos a quantidade de azeite e o tempo que fica a alourar, pois um erro muito cometido pelos portugueses é que abusam neste tipo de gordura, preenchendo todo o fundo de um tacho. No caso do açúcar, a Rita quis sempre que o teor em açúcar fosse mínimo, sempre que possível sem açúcar adicionado, apenas o naturalmente presente nos ingredientes, obtendo sempre (claro) um sabor agradável.

  • O que acham que as pessoas podem encontrar neste livro? O que o distingue dos outros que estão no mercado?

Podem encontrar um livro para toda a família! O dia a dia assoberbado em que vivemos não nos deixa, por vezes, tempo e disponibilidade para diversificarmos a nossa alimentação. Se já não tem ideias para as refeições em casa, está farta de cozinhar pratos diferentes, porque um está de dieta e outro não come glúten, e preocupa-se com o controlo calórico das refeições que confeciona, este livro é para si. É o livro ideal para quem pretende fazer uma alimentação saudável, o que como sabemos, nem sempre é fácil de conseguir e nos tempos que correm é de extrema importância.

O que o distingue? É o encontro na cozinha entre duas primas, uma cozinheira e uma nutricionista. O encontro perfeito entre a defesa do sabor e do valor nutricional dos alimentos.

  • O confinamento e a pandemia tiveram impacto no vosso trabalho?

Muito, como referimos atrás! Já tínhamos o livro praticamente terminado, no entanto, em determinada altura não pudemos avançar mais, pois envolvia juntar pessoas, nomeadamente na logística de produção de pratos, respectivas fotografias e food styling.

  • E nos hábitos alimentares dos portugueses? Acham que houve mudanças? Se sim, quais e a que motivos acreditam que podem ser atribuídas?

Sem dúvida, se já se comia mal antes, com a pandemia a situação agravou-se. Um estudo efectuado pela Direção Geral da Saúde (DGS), que pretendeu conhecer os comportamentos alimentares em contexto de contenção social, 45% dos inquiridos afirmaram ter mudado hábitos alimentares durante o período de confinamento, com quase 42% a admitirem ter sido para pior!

Foram muitas mudanças e “radicais”, de repente os portugueses viram-se fechados em casa, houve alterações da frequência ou do local de compras dos alimentos, alterações do horário de trabalho, stress, etc.

  • No final, que lições retiraram para o vosso dia a dia deste trabalho em conjunto?

Que é possível ter uma alimentação saudável e com sabor!

Palavras-chave

Mais no portal

Beleza e Saúde

4 franjas que estão entre as tendências de cabelos para o novo ano

Qualquer uma destas sugestões é boa para quem dispensa a ideia de passar por uma transformação radical.

Celebridades

Kamala Harris revela a forma engraçada como conheceu o marido

E disse ainda tê-lo pesquisado na internet antes do primeiro encontro.

Beleza e Saúde

Tremer de frio pode emagrecer mais que alguns exercícios

Entenda como.

Celebridades

Gigi Hadid descobriu que estava grávida um dia antes de desfilar

Saiba como é que a modelo conseguiu controlar as náuseas.

Comportamento

Existem cinco tipos de casais - e parece que apenas três deles são felizes

Veja que características têm os casais que conseguem gerir conflitos de uma forma saudável.

Beleza e Saúde

As velas são tóxicas?

Entenda os potenciais efeitos na saúde.

Lifestyle

6 lugares em Lisboa que irradiam o otimismo do Illuminating Yellow

O Pantone Color Institute elegeu este amarelo vibrante como uma das cores de 2021.

Beleza e Saúde

Emily Ratajkowski usou este creme para acalmar a pele na quarentena

Conheça o produto que se encontra em saldos.

Beleza e Saúde

Adora "Bridgerton"? Revelamos os segredos de beleza da série da Netflix

O responsável pelos cabelos e maquilhagens de toda a produção revelou como criou os "looks" das personagens.

Beleza e Saúde

COVID-19: 1 em cada 8 dos pacientes britânicos que regressam ao hospital morrem

Foram analisados dados de mais de 47 mil pessoas.

Celebridades

Sobrinho de Beyoncé terá divulgado vídeos íntimos da ex-namorada na internet

Julez Smith poderá estar em apuros com a lei. Solange e Beyoncé, a mãe e a tia do jovem, respetivamente, estarão furiosas.