@kevinberruuu

A capacidade para ‘desligar’ do trabalho varia de pessoa para pessoa. Uma das conclusões de um estudo da Randstad, cujo objetivo era saber se os colaboradores conseguem fazê-lo ou não durante as férias, mostra que seis dias é o tempo necessário para a maioria dos profissionais (71,2%) se desconectar totalmente. Para que esse descanso aconteça, a empresa partilha cinco dicas preciosas:

 

  1. Deixar o trabalho finalizado e coordenar as tarefas em curso. É importante que todo o trabalho fique feito nos dias que antecedem o início das férias, para que não lhe liguem enquanto descansa por algo que ficou por fazer. Coloque a par quem de direito sobre as tarefas em curso e o que é necessário fazer ou quem contactar durante a sua ausência. Atenção que isto deve servir para o ajudar e não para deixar com um colega trabalho que poderia ter sido feito por si.

  2. Avise que o seu período de férias está prestes a começar e desligue as notificações antes de deixar o seu local de trabalho. Nunca é demais recordar as pessoas que trabalham consigo que se aproxima o seu período de férias. Não se esqueça também de ativar no e-mail o out of office (resposta automática) e desligar as notificações antes de deixar o seu local de trabalho. Assim não terá a tentação de ficar agarrado ao telemóvel sempre que for notificado de um e-mail ou de uma mensagem no Whatsapp, por exemplo.

  3. Determine a sua disponibilidade durante as férias. No caso de tratar de algum tema de trabalho, agende os períodos em que isso acontece para evitar ser contactado em momentos de atividade com a família, por exemplo. Lembre-se que sentir-se obrigada a responder a e-mails fora do horário de trabalho (férias incluídas) pode ser prejudicial à sua saúde mental.

  4. Descanse e dê atenção a quem está consigo durante as férias. Aproveite as férias para fazer algumas atividades ao ar livre, ao invés de ficar pelo sofá e TV, por exemplo, pois este ‘descanso ativo’ também faz bem à mente e ao corpo. Quando chegar a hora das refeições, deixe o telemóvel no bolso. Desta forma, será menos provável não dar a devida atenção a quem o acompanha e vai permitir que não exagere na sua ligação ao trabalho.

  5. Recomeçar com calma. Antes do regresso ao trabalho, reserve um ou dois dias para recuperar das férias e começar a mentalizar-se sobre os desafios que o esperam quando regressar ao trabalho com calma. Assim irá conseguir fazer uma transição mais suave e verá que não irá custar tanto esta nova mudança.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Mais no portal

Comportamento

3 motivos para o sexo (por vezes) causar apego emocional

Eis a explicação de uma especialista, mestre em Sexologia.

Saúde

Os testes de ovulação valem mesmo a pena quando se tenta engravidar?

Esta é uma das formas de identificar o período fértil.

Beleza

O que há de novo na maquilhagem que vale a pena descobrir

Para os olhos, lábios e uma pele imaculada.

Celebridades

Ryan Reynolds afasta-se dos ecrãs

O ator anunciou uma pausa na carreira.

Diz Quem Sabe

A importância dos lacticínios numa alimentação saudável

Um artigo de opinião da Dra. Fernanda Cruz.

Beleza

Saiba como combater e prevenir a queda de cabelo sazonal

Um problema que é muito comum nesta altura do ano.

Beleza

7 passos para cuidar da pele antes de dormir

Uma rotina tão importante quanto a matinal.

Moda

4 peças em cabedal que são must-haves para o outono

E como usá-las.

Saúde

iMM-Laço Hub nasce como uma nova esperança na luta contra o cancro da mama

Com um laboratório focado na investigação em cancro da mama metastático e uma equipa especializada.

Moda

The Bra Stories: uma campanha pela luta contra o cancro da mama

Assinada pela C&A.

Moda

Andreia Dinis lança marca de roupa

Sugar n’Spice Concept é o novo projeto online da ariz.

Lifestyle

Neste hotel, a reserva de duas noites equivale à oferta da terceira

Aproveite uns dias relaxantes no campo.