Mais um dia de modalisboa e a chuva sem parar de cair um minuto, depois de muita volta lá me decidi o que vestir, só sabia que uma coisa não podia faltar… uma gabardine!




Alexandra Moura













Foi a primeira colecção fácil de compreender, onde se percebia a existencia de uma história e as peças apresentavam uma coerência entre si.

Foi o estampado muito abstracto em tons fogo e terra o que mais marcou o desfile, aplicado em todos os tipos de peça. A contrastar com os padrões fortes, Alexandra Moura escolheu tons mais neutros como o preto, o bege e o azul claro, para confeccionar desde os vestidos mais leves, a calças, camisas e casacos.

Uma com um enorme cuidado nos detalhes: as pregas para fora, as aberturas nas costas, os detalhes em cabedal… os pequenos pormenores que fazem um colecção destacar-se.




Cia. Marítima









A marca de fatos de banho apresentou este ano uma colecção com padrões muito diversos e pouco coerentes, sendo que eu pessoalmente não gostei de nenhum. Os biquinis voltaram à sua forma mais tradicional, mas os fatos de banhos revelaram-se menos decotados à frente e mais abertos nas costas. Adorei o fato de banho preto que aparece na imagem tinha umas costas lindas, das restantes peças não encontrei nada que se destaca-se.







Luís Buchinho











Uma colecção muito invernosa onde apenas os materiais faziam lembrar o verão. Os tons brancos, pretos, cinza, castanho e tijolo que dominaram a passerelle de Luís Buchinho, em tecidos texturados, finos e alguns estampados. Mais uma vez voltou a trabalhar os pequenos detalhes drapeados, as assimetrias e as sobreposições, no entanto nesta colecção fê-lo de uma forma mais clean do que o habitual.




Ana Salazar






Mais uma vez Ana Salazar apresenta uma colecção maioritariamente preta, onde os fechos, os atilhos, o cabedal e a renda ( cabedal cortado a laser) tiveram um lugar de destaque. A colecção trabalhou muito as assimetrias e a mistura de materiais. Apresentou dois tipos de estampados abstractos, o primeiro um pouco riscado ( a fazer lembrar canas de bambo) em duas cores diferentes, verde e vermelho; e um outro estampado mais esfumado em tons de rosa e cinza. Pessoalmente não costumo gostar do trabalho desta designer e este ano mais uma vez não gostei, talvez seja problema meu, não sei… só sei que não gosto de todo…



http://cronicasdebaunilha.blogspot.com






Palavras-chave

Relacionados

Moda

Crónicas de Baunilha: Modalisboa, 1º dia

O melhor da moda Portuguesa ...

Moda

Crónicas de Baunilha: Malhas, minhas queridas malhas...

Não existe nada mais aconchegante que uma camisola de malha quentinha e uma chávena de chá num dia chuvoso...

Moda

Moda Lisboa: White Tent

A dupla de criadores White Tent, Eugenia Tabakova e Pedro Noronha-Feio, inspiraram-se nas texturas e entrecruzamento de planos nas peças para a sua nova coleção

Moda

Moda Lisboa: Pedro Pedro

O tema da coleção de Pedro Pedro é "Wallpaper", uma inspiração vinda de William Morris, um artista pré-rafaelita, poeta e pintor de papéis de parede

Moda

Moda Lisboa: Nuno Baltazar

Sob o mote "Dido & Aeneas" Nuno Baltazar trasporta-nos para a ópera de Purcell

Moda

Moda Lisboa: Ricardo Dourado

O deserto e os rebeldes Tuaregue são a inspiração de Ricardo Dourado para a nova coleção apresentada na Moda Lisboa

Moda

Moda Lisboa: Maria Gambina

Inspirada em Inês de Castro, Maria Gambina apresentou uma coleção primavera-verão 2011 muito jovem, rebelde e romântica

Moda

Moda Lisboa: Katty Xiomara

Numa coleção que Katty Xiomara batizou “Cubic Landscape", a criadora inspirou-se na vida citadina e na sua evolução constante, como explica: "Cada vez mais as edificações procuram através da forma, da cor ou da introdução de elementos realmente naturais evocar o “green concept”. Isto reflecte-se em leves assimetrias com efeitos construtivos, em cores que tentam renovar o cinzentismo citadino e em padrões geométricos e florais".

Moda

Moda Lisboa: Alexandra Moura

Sobre esta coleção, Alexandra confessa que "tem como tema / conceito "MICROlhar”. Fala-nos da observação ao microscópio óptico de artefactos metálicos com milhares de anos, revelando-nos imagens de microestruturas com corrosão deslumbrantes, transportando a nossa imaginação para pequenos (grandes!) mundos que parecem existir nestas superfícies de tamanho microscópico."

Moda

Moda Lisboa: CIA.Marítima

A CIA.Marítima apresentou uma coleção com total sabor a Verão, onde imperam os estampados tribais e o tie die.

Moda

Moda Lisboa: Aleksander Protic

Linho, sedas e peles mostraram uma colecção sóbria, com cortes arrojados.

Moda

Moda Lisboa: Ricardo Preto

Segundo Ricardo Preto, "a procura duma nova silhueta feminina, retrato duma mulher segura e sexy, joga com diferentes alturas e comprimentos, com cinturas descaídas contrabalançadas com cinturas muito subidas, casacos curtos contrastados com casacos longos, criando uma silhueta esguia e fluída, onde as formas clássicas são desconstruídas por apontamentos inesperados."

Moda

Moda Lisboa: Ana Salazar

O preto dá o mote num conjunto de propostas de Ana Salazar com vestidos de cortes originais e calças largas. Como explicou a criadora, estão presentes "muitos elementos desconstruídos, com recurso ao draping e ao "assembling" de partes de peças estruturadas, e uma grande variedade de formas, matérias, texturas e contrastes."

Moda

Moda Lisboa: Alves/Gonçalves

Muita cor, com destaque para os tons pastel, em vestidos leves, por vezes muito diferentes entre si, mas onde as transparências, rendas e drapeados marcam presença, desfilaram na passarela da Moda Lisboa quando foi apresentada a coleção da dupla de criadores.

Moda

Moda Lisboa: Luís Buchinho

O preto, o branco e os tons terra definiram as propostas do criador Luís Buchinho para a próxima estação, em modelos que se divertem a jogar com constrastes, como o próprio criador explica, "combinando então elementos antagónicos como o masculino/feminino, casual/glamouroso ou o estruturado com elementos fluidos e suaves."

Moda

Moda Lisboa: Filipe Faísca

Filipe Faísca apresenta propostas não para uma. mas para vários tipos de mulheres, na coleção apresentada na Moda Lisboa para a próxima Primavera. Nas suas palavras: "são silhuetas muito simples, básicas e por isso mesmo associadas à versatilidade. No Verão há sempre uma parte da colecção que nos transporta para um imaginário de férias e de evasão, mas ao mesmo tempo essa mesma imagem e silhueta responde a determinados compromissos sociais inerentes à vida da mulher portuguesa."

Mais no portal

Imagem de Sucesso

As regras de estilo para escolher "looks" mais frescos sem descurar a elegância

Este é o tema do novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso.

Diz Quem Sabe

Ervilha amarela: uma nova alternativa aos alimentos de origem animal?

Um artigo de opinião assinado pela nutricionista Ana Leonor Perdigão.

Diz Quem Sabe

Tudo o que precisa de saber sobre a reabilitação oncológica

Um artigo de opinião assinado pelo médico Énio Pestana, do Hospital CUF Cascais, sobre este tipo de cuidados.

Saúde

Podcast: Sandra Gomes Silva responde às nossas questões sobre vegetarianismo

Os prós e os contras de um tipo de alimentação que leva em conta preocupações éticas e ambientais. Afinal, precisamos mesmo da carne para sermos saudáveis?

Saúde

O vegetarianismo melhora a vida sexual? Eis o que diz a Ciência

Não podemos subestimar o poder de uma dieta à base de plantas.

Mulheres Inspiradoras

Tem mesmo de conhecer estas ambientalistas portuguesas

Aqui ficam alguns exemplos de mulheres que renovam diariamente o compromisso de conservação e preservação ambiental.

Beleza

Conheça as grandes vantagens dos champôs sólidos

Preparámos também uma lista de produtos que pode incluir na sua rotina de cuidados capilares.

Nas Bancas

Como salvar as suas plantas

Na ACTIVA Verde, já em banca, os conselhos para escolher e cuidar das suas plantas.

Nas Bancas

Este casal mostra-nos como é viver "fora da rede"

Uma casa de madeira foi o início da mudança.

Nas Bancas

Receitas (de chef): desperdício zero

Sabia que está a deitar fora uma das melhores partes dos seus legumes?

Comportamento

A sustentabilidade chegou ao sexo

Conheça quatro formas de ajudar a salvar o planeta entre quatro paredes.