5ab3b5462000003800eb2aab.jpeg

Justin Sullivan

Será que o ano de 2018 vai marcar a extinção da pele animal? Todos os sinais apontam para essa direção.

De acordo com o The Hollywood Reporter’, São Francisco tornou-se a terceira cidade na Califórnia e a maior dos Estados Unidos a banir a venda de peles, seguindo os passados de West Hollywood e de Berkeley.

A proibição entra em vigor no dia 1 de janeiro de 2019 e não engloba lojas de artigos em segunda mão ou de caridade. Contudo, abrange compras online e negócios locais, aplicando-se a todo o tipo de itens, incluindo os de pequenas dimensões como, por exemplo, porta-chaves e luvas.

Se as lojas tiverem peças neste momento no seu inventário, existe uma emenda que lhes permite vendê-las até 1 de janeiro de 2020. Qualquer pessoa que seja apanhada a violar a lei, pagará uma multa de 500 dólares (cerca de 405 euros) por peça, por dia.

As vendas de peles em São Francisco chegam aos 40 milhões de dólares por ano, o que significa que esta proibição vai, certamente, afetar a economia. Ainda assim, Katy Tang, supervisora de São Francisco e uma das líderes por detrás da iniciativa, sublinhou a importância deste avanço em declarações ao THR.

“Espero que inspire outras cidades e o país a agir. Certamente precisamos de regulamentos federais melhores no que diz respeito à criação de peles. Não há uma forma humana de criar um animal para arrancar-lhe a pele”, disse.

29495820_1853608967996499_402792637293133824_o.jpg

Katy Tang celebra a aprovação unânime por parte do Conselho de Supervisores de São Francisco

Reprodução/Facebook

A indústria da moda parece estar, finalmente, a começar a dar ouvidos aos defensores dos direitos dos animais. Em dezembro passado, a Michael Kors anunciou que ia deixar de usar peles nos seus produtos, e que todas as peças feitas em couro seriam eliminadas até ao final 2018. Em outubro, a Gucci fez um anúncio semelhante e deixou oficialmente de usar a matéria com a apresentação da sua coleção para a primavera de 2018. Outros gigantes do setor que deram o passo nesse sentido incluem nomes como Calvin Klein, Ralph Lauren, Tommy Hilfiger e Armani. Isto para não falar de Stella McCartney, cuja ideologia se baseia na sustentabilidade.

Contudo, como salienta o The Hollywood Reporter’, casas como a Fendi, Louis Vuitton, Saint Laurent, Chanel, Christian Dior e Tory Burch ainda continuam com a prática. Em janeiro de 2017, a PETA tornou-se acionista da LVMH Moët Hennessy, e empresa-mãe de marcas de luxo como, por exemplo, a Louis Vuitton, Fendi e Marc Jacobs, para pressionar o grupo a reconhecer o uso das peles de animais, especificamente de crocodilos exóticos. No entanto, segundo a organização não governamental, foi-lhes negada a entrada na reunião anual de executivos da LVMH, em abril de 2017, apesar da sua participação na empresa.

Relacionados

Mais no portal

Beleza e Saúde

Este óleo promete proteger a pele do rosto do frio

Com a chegada do outono, começamos a ter preocupações diferentes com a nossa pele.

Moda

Não vai acreditar no preço deste casaco

Uma solução cheia de estilo para acrescentar aos seus visuais de outono.

Lifestyle

O novo manifesto da Sport Zone é verdadeiramente inspirador

A marca partilha 5 histórias tocantes, nas quais o desporto é uma fonte de motivação diária.

Beleza e Saúde

Nem imagina o que a canábis pode fazer pela sua pele

Uma nova linha a descobrir.

Moda

Conheça os principais motivos para as mulheres não tirarem partido da imagem

No novo episódio da rubrica Imagem de Sucesso, identifico as razões pelas quais muitas mulheres não se sentem felizes com a aparência e como ultrapassá-las com a ajuda da moda.

Beleza e Saúde

Diz quem sabe: é possível distinguir uma gripe de Covid-19?

Entenda a explicação, segundo um médico virologista.

Beleza e Saúde

Com esta solução, acabaram-se as idas ao cabeleireiro

Testei dois produtos cujos resultados são dignos de profissional. E quem não quer ter um "cabeleireiro" na própria casa?

Beleza e Saúde

10 formas de fortalecer a nossa saúde em menos de um minuto

Confira estas dicas eficazes (e rápidas) que devem fazer parte da sua rotina.

Lifestyle

Falafels de espinafres no forno: de comer e chorar por mais

A nutricionista Rita Pereira partilha esta receita, passo a passo, para uma refeição (ou um snack) vegetariano, saboroso e que só faz bem à saúde.

Celebridades

Emily Ratajkowski acusa fotógrafo de a assediar quando tinha 20 anos

Desde que a modelo revelou a história ao mundo, uma outra celebridade diz ter vivido um episódio semelhante com a mesma pessoa.

Lifestyle

Clube do Livro Finanças de A a Z: "A Poupança no Feminino"

No novo episódio da rubrica Finanças de A a Z estreio um espaço mensal onde vou deixar algumas sugestões de livros úteis para a educação financeira de miúdos e graúdos.

Lifestyle

Livro da semana: "A Quinta" inspira-se nos sacrifícios que mulheres fazem pelos que mais amam

Um livro de Joanne Ramos, publicado pelas Edições Saída de Emergência.