Foi há dez anos que vim à ModaLisboa pela primeira vez.

10 anos, dos 11 de trabalho nesta área. Havia assinado o meu primeira contracto um
ano antes e aguardava, com borboletas na barriga, a célebre semana de moda da
capital.

Lembro-me de que, na altura, o meu grupo de amigos era excêntrico por natureza. Eu
era o mais novo – sou sempre o mais novo – e sabia que eles começavam a prepararse
para esta ocasião com meses de antecedência. Não foi o meu caso. Lembro-me
que optei por um biker jacket cinzento, umas calças super skinny e umas botas de
couro da Levi’s.

Ao pé dos meus amigos eu era, claramente, o inexperiente e por sua vez o mais
discreto.

Houve a magia de uma primeira vez. Onde olhamos vidrados para tudo em nosso
redor. E houve a certeza de que voltaria a pisar aquele chão – mesmo que as
localizações do evento tenham vindo a mudar com o tempo. Não me enganei.
Em 10 anos não falhei uma edição. E já fiz tudo aquilo que possam imaginar.
Já fui um mero expectador, já ajudei a fazer uma colecção (mais do que uma, para
dizer a verdade), já criei nomes de colecções bem como redigi as suas respectivas
descrições. Já desfilei – isto nunca me vai parecer real. E já fui, aliás sou, o fiel aliado
de um órgão de comunicação que se tornou, em parte, uma espécie de casa – a
Revista Activa.

Em dez anos mudou muita coisa. As caras já não são as mesmas e eu já não conheço
quase ninguém. Agora é o contrário, as pessoas conhecem-me. Sabem quem eu sou,
o meu nome e o que faço. Pedem-me fotografias, tal e qual como eu fiz nos primeiros
anos. Este é um ciclo bonito, e que, aos meus olhos, é espelho de resiliência.
Dez anos foi o tempo que a moda em Portugal precisou para assumir riscos, e pude
corrobora-los. Eu estava lá. Eu vi manequins cair, cubos de gelo, ramos de flores
lançados, explosões de cores, homens de saia, homens de saltos, mulheres de fato…

Esta foi uma edição “acordada”. Sustentável. Não fazia sentido que assim não fosse
uma vez que a ausência de sustentabilidade é um problema major na sociedade. E
isso só mostra que a ModaLisboa está alerta. Que é consciente deste organismo vivo
que vive por e para as pessoas.

Ressalvo o que me chega ao coração – a ausência de género em tantas colecções, ou
pelo menos a liberdade de escolha apresentada pelos designers aos futuros
consumidores.
É gratificante para quem faz desta a sua bandeira, ver as questões de género cada
vez menos como barreiras, e mais como pontes.

Os cortes prevêem-se exacerbados, de forma a que um menino ou menina caibam na
mesma peça de roupa, em alguns dos casos, ambos, ao mesmo tempo.

A cor! Que imensidão de cor! É impossível dizer quais são as cores da próxima
estação pois todas elas são válidas. Talvez peneirando bem, nos fique o verde em
maioria, nos seus infinitos tons… Mas está camuflado. Pronto para o que vem a
seguir. Seja lá o que for!

Palavras-chave

Relacionados

Moda

Os estilos que marcaram o terceiro dia da ModaLisboa

As Oficinas Gerais de Fardamento e Equipamento do Exército, no Campo de Santa Clara, em Lisboa, receberam mais uma edição da ModaLIsboa, sob o mote ‘AWAKE’.

Beleza e Saúde

Maquilhagem de olhos com flor de sal? Veja como tudo se passou no desfile da Duarte na ModaLisboa

Começou esta quinta-feira a ModaLIsboa, quatro dias inteiramente dedicados à moda nacional.

Mais no portal

Moda

10 artigos da Zara que vão arrasar em qualquer destino de férias

Estes visuais prontos a usar prometem fazer furor nos seus dias de descanso.

Comportamento

Como lidar com a frustração sexual?

Existem várias causas para a insatisfação com a vida íntima, que pode afetar a qualidade de vida em geral.

Moda

Saiba como fazer uma mala de férias sem complicações

No episódio de hoje da rubrica Imagem de Sucesso, deixo algumas dicas para escolher os derradeiros essenciais de viagem.

Moda

Encontrámos as Havaianas perfeitas para dar brilho ao verão

Se é fã da famosa marca brasileira e gosta de dar um toque de brilho a tudo o que faz, vai delirar com esta novidade.

Lifestyle

6 dicas para viajar de carro tranquilamente com crianças

"Estou com fome! Quanto chegamos? Preciso de fazer xixi!" Viajar com crianças durante um longo período de tempo pode ser um verdadeiro pesadelo.

Beleza e Saúde

Afinal, o que é uma "depressão de baixo grau"?

Recentemente, Michelle Obama fez um desabafo sobre a sua saúde mental. Entenda o que se passa com a antiga Primeira-dama dos Estados Unidos.

Celebridades

Michelle Obama admite que sofre de uma "depressão de baixo grau"

A pandemia aliada a todo o clima de tensão que se vive nos Estados Unidos afetou a saúde mental da antiga Primeira-dama do país.

Celebridades

Daisy Coleman, de documentário da Netflix sobre abuso sexual, morre aos 23 anos

O caso da jovem, que se tornou uma defensora das vítimas de violação, é retratado numa série documental do serviço de streaming.

Lifestyle

Estes podem ser os motivos para continuarmos a ver filmes para adolescentes

Sim, tenho mais de 30 anos e por vezes vejo (e revejo) filmes com histórias para adolescentes. Mas sei que não sou a única!

Celebridades

O interior do frigorífico de Selena Gomez revela muito sobre a cantora

A estrela norte-americana mostrou o que armazena neste eletrodoméstico, bem como no congelador.

Beleza e Saúde

5 produtos de skincare que testei há um ano e agora fazem parte da minha rotina

O mais barato custa menos de 3 euros.

Moda

Criei 5 visuais diferentes com uma peça de roupa que todas temos no roupeiro

Por vezes - e falo por experiência própria -, só precisamos de um pouco de originalidade para não nos cansarmos daquilo que vestimos.

€2,95 por edição 20% desconto  

Assine já!

Papel