@queenofjetlags

Cada peça de roupa que adquirimos é um reflexo do nosso estilo pessoal. Do nosso casaco de ganga favorito àquele conjunto de loungewear que adoramos usar em casa, tendemos a investir em artigos que estão alinhados com as nossas preferências.

Contudo, ao mesmo tempo, existem básicos essenciais que fazem parte de qualquer guarda-roupa, como os tops de alças, as T-shirts e, claro, a roupa interior. Existem diferentes tipos de cuecas para cada ocasião e estado de espírito, e, de acordo com Jamie Mizrahi e Simone Harouche, estilistas e diretoras criativas da marca Kit Undergarments, existem oito modelos que todas as mulheres devem ter.

Conheça-as, abaixo.

Sem costuras

Assemelham-se ao par clássico que provavelmente usava na infância, mas sem os padrões com bonecos ou forros grossos (graças a Deus). Este é o tipo de cuecas que procuramos na gaveta todas as manhãs e compramos em todas as cores e mais algumas sem problemas, porque são extremamente confortáveis e garantem uma cobertura total.

Estilo biquíni

São como aqueles pares clássicos que tinha na infância, mas sem os padrões com bonecos e forros grossos. Este é o tipo de roupa interior que procuramos todas as manhãs na gaveta e compramos em todas as cores em problemas, porque é extremamente confortável e garante alta cobertura.

De cintura subida

Estas cuecas foram concebidas para mulheres que procuram uma abordagem de ‘mais é mais’ à roupa interior e não têm de ser necessariamente ‘sacos de pão’, como são comummente conhecidas. Já existem vários modelos com recortes a laser e que fornecem um pouco de cobertura extra na zona da cintura, com tecidos macios e elásticos.

Boxers de cintura alta

Os boxers tradicionais podem ser um pouco largos, mas os de cintura são a alternativa perfeita. Isto porque a cintura alta tem a capacidade de acentuar a silhueta. Para além disso, ficam tão bem com calças de gangas ou vestidos como sozinhas, para andar por casa.

Shorts em tecido

Com este modelo como aliado, nunca terá medo de que as suas saias ou vestidos curtos a traiam. Também conhecidos como ‘calções de dança’, são essencialmente calções de ciclismo: são justos, leves e oferecem muita cobertura. E mais, porque pode vir a dar jeito: passam por calções de pijama.

Tanga clássica

Sente-se um pouco mais ousada? As tangas são a escolha ideal. Umas são sem costuras e outras, não — tudo depende do material de que são feitas. À semelhança das cuecas clássicas, este tipo de roupa interior é ótimo para usar no dia a dia e naquelas ocasiões em que quer sentir-se sensual.

Tanga sem costuras

As tangas sem costuras são o sonho de qualquer mulher que é viciada no ginásio porque são invisíveis sob as leggings justas e 100% à prova de agachamentos. E mesmo que treinar não seja a sua paixão, este modelo de interior vai ser. Ele ganha pontos por não ter costuras e por oferecer a quantidade certa de cobertura, para que possa usá-lo com tudo, desde um vestido de ganga a calças de tecido e tudo pelo meio.

Tanga modeladora

Quem disse que a roupa interior modeladora não pode ser sexy? Este modelo é híbrido e conta com um corte subido na anca e cobertura mínima na parte traseira. Ao mesmo tempo, garante apoio na parte superior, trabalhando para definir melhor a silhueta e criar um efeito liso.

Palavras-chave

Relacionados

Fora da Caixa

8 factos curiosos sobre mamas que provavelmente não sabia

Elas podem estar connosco desde a puberdade, mas há muito que ainda não sabemos sobre esta parte da anatomia feminina.

Lifestyle

Cinco sinais de que está a usar o sutiã do tamanho errado

Saiba como escolher o tamanho correto!

Comportamento

A maneira como veste o sutiã revela muito sobre a sua personalidade

Quer acredite ou não, não existe uma forma 'certa' de o fazer.

Mais no portal

Beauty Spot

As melhores técnicas e produtos para fazer sardas falsas

A rubrica Beauty Spot desta semana é dedicada a esta tendência divertida, que combina na perfeição com visuais mais naturais de maquilhagem.

É só uma sugestão

Falar de Livros: "D.A.D. - Desempregado, Artista, Dona de Casa" é um retrato humorista da vida de um pai

Um livro de Alexandre Esgaio publicado pela Suma de Letras.

Moda

Olivia Wilde elege sobretudo acessível para se proteger do frio em Londres

Não sabíamos que precisávamos de um sobretudo azul... até vermos um dos visuais mais recentes da atriz.

Comportamento

3 formas de manter a conta bancária emocional do seu relacionamento com saldo positivo

Este conceito está diretamente relacionado com a forma como os casais gerem discussões de conflito.

#ActivaEmCasa

Braços e pernas: cinco exercícios para maior definição muscular

Aqui fica mais um circuito de treino completamente gratuito, preparado e exemplificado por Susana Carromeu, coach do CrossFit Cais.

Beleza

Cabelo: Os produtos que temos de experimentar

Conhece as novidades mais recentes? Para fortalecer, dar brilhou ou obter o styling perfeito.

Moda

Inspire-se no que há de novo nestas marcas de moda populares

A nova estação traz muitas novidades e estas marcas dão o mote para o que vamos querer usar nos dias quentes.

Exclusivo
Beleza

Bárbara Corby: "Considero que a beleza vem de dentro"

A influencer é o novo rosto da Vichy em Portugal, depois de ter sido embaixadora digita da marca durante algum tempo. Em conversa com a ACTIVA falou sobre o novo papel e a a relação que tem com o mundo da beleza.

Imagem de Sucesso

Como usar o cinto para modernizar looks e valorizar a silhueta

Quer seja fino, grosso, de metal ou de couro, o cinto pode ser um grande aliado para no que toca ao styling.

Mulheres Inspiradoras

Joana Pessoa: um novo fado

É fadista desde os 15 anos, mas isso está longe de resumir a sua vida. Estivemos à conversa sobre escolhas, caminhos, filhos, divórcio, destino, amor, velhice, para voltarmos ao fado e fecharmos o círculo. Levei-lhe quase quatro horas de vida. É o que dá conversar com uma das mulheres mais interessantes que já entrevistei.

Comportamento

Existem quatro tipos de vinculação num relacionamento - saiba qual é o seu

Este tipo de apego é construído na infância e pode acabar por ter repercussões na vida adulta.