Como surgiu a ideia de uma linha de swimwear? E quais foram as principais inspirações durante o processo criativo?

Há uns anos comecei o meu canal de youtube que começou a crescer e depois dediquei-me mais ao Instagram que me deu uma base para poder pensar em, um dia, criar uma marca minha, o que sempre foi algo com que sonhei: criar algo com o meu nome. Nunca pensei que fosse tão cedo, mas a ideia surgiu numa manhã, em maio de 2020, minha e da minha mãe. Na altura, até achei que a ideia era meio descabida porque sou tão nova e provavelmente não ia passar de uma ideia. Mas com a pandemia todos tivemos demasiado tempo “parados” e decidi avançar. Comecei a pensar no que queria e a ter ideias tanto para os produtos como para a imagem que queria transmitir. A ideia sempre foi ter uma marca 100% portuguesa e, nesse sentido, começamos a procurar fábricas para produzir. Foram longos meses de pesquisa, os prazos foram todos atrasados devido à pandemia, porém, consegui e no passado dia 19 de março lancei finalmente a Jorita Collection.

Em relação à inspiração, sempre quis criar algo com a qual me identificasse e que compraria. As palavras que levei sempre comigo desde o início foram: qualidade, elegância e simplicidade, e acho que no final do primeiro lançamento a marca representa esses três ideais. Queria peças coloridas e apostar nos tons neutros, para servir todos os gostos. Quis também ter um biquíni para cada tipo de pessoa, corpo e idade, mais maduros, mais elaborados, mais sexys e mais elegantes e temos tudo isso na coleção.

Pretende alargar a coleção para além do swimwear?

Começámos pelos biquínis por ser algo que adoro e, apesar do mercado ter muita oferta, também tem muita procura e acho que a Jorita Collection se destaca de alguma maneira no meio das marcas de swimwear. A ideia é expandir também para uma coleção de homem, acessórios de praia e o que surgir… Não estou presa ao tema de verão, se quiser fazer roupa casual farei, o que também é um grande sonho meu.

Esta aventura pelo mundo da moda foi um caminho de muitos obstáculos?

Acho que o maior obstáculo no mundo da moda é ter criatividade e criar algo que nos diferencie das restantes marcas, mas eu fiz o que gostava, tem a minha identidade e foi criado tudo com muita dedicação e amor e acho que, quando é assim, natural, só pode correr bem.

O que a motivou, com apenas 22 anos, a criar a sua própria marca de biquínis?

Sempre gostei de moda, sempre fui vaidosa e está dentro de mim, tenho seguidores incríveis, pessoas na minha vida pessoal que me fizeram acreditar que também posso criar e que devo acreditar em mim. Se com 22 anos tive a oportunidade de fazer algo que sempre quis, achei que não a devia deitar fora e arrisquei.

Qual é a sua área de estudo? E como é que, enquanto jovem estudante, concilia isso com o seu trabalho de influencer?

Estou, atualmente, a tirar a Licenciatura em Gestão em Leiria, e quero acabar o curso porque acho que me pode ser útil no futuro. Contudo, neste momento não pretendo exercer quando terminar. Ser criadora de conteúdos e ter a minha marca deixa-me mais realizada e enquanto tiver sucesso é isso que vou continuar a fazer, mas pretendo acabar a licenciatura no próximo ano e talvez fazer um mestrado em Marketing. Este ano de 2021, começou muito bem para mim, com muito trabalho, na área que gosto, nas redes socias e, agora, com a marca tenho uma agenda cheia e a faculdade acaba por ficar um pouco de parte.

Enquanto jovem empreendedora, que conselhos daria a alguém que está a pensar começar a sua própria marca?

Arriscar! Acreditar em nós mesmos. Prefiro sempre tentar e não dar, do que nunca tentar e nunca vir a saber se daria certo ou não. Decidi arriscar mais porque, ao longo de quatro anos fui criando uma presença nas redes sociais, e por isso dei à marca o meu nome de Instagram, para ficar associada e ser reconhecida por isso logo numa fase inicial. Nada começa com o maior sucesso do mundo, temos que ter paciência e nunca desistir do que acreditamos.

Como tem sido o feedback?

Tem sido incrível, sempre acreditei no meu trabalho, mas ser reconhecida por pessoas que não me conhecem é muito gratificante e estou muito feliz por todas as mensagens que me mandam. Só me dá mais vontade de continuar e criar mais coisas novas.

Quais são os planos para o futuro?

No futuro, quero terminar a minha licenciatura e depois explorar o que tenho vindo a fazer. Depois gostava de me dedicar a 100% à minha marca e às redes sociais e, claro, tenho objetivos pessoais que quero concretizar quando estiver estável a nível profissional. O meu grande objetivo é conseguir que as pessoas acreditem mais nelas, fazê-las arriscar, que se valorizem e quero ser uma inspiração para todas as pessoas que me seguem, seja enquanto criadora de conteúdos, seja agora como criadora da Jorita Collection.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

CARAS Decoração de fevereiro: conforto é o novo luxo

CARAS Decoração de fevereiro: conforto é o novo luxo

Escritórios: Quando trabalhar em casa é um prazer

Escritórios: Quando trabalhar em casa é um prazer

Downloads cósmicos

Downloads cósmicos

Testagem à covid-19 a passageiros oriundos da China mantém-se até final de fevereiro

Testagem à covid-19 a passageiros oriundos da China mantém-se até final de fevereiro

Vencedores dos passatempos da edição n.º 223

Vencedores dos passatempos da edição n.º 223

Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina de lítio em Montalegre

Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina de lítio em Montalegre

A renúncia de Marie Kondo. Crónica de Joana Marques

A renúncia de Marie Kondo. Crónica de Joana Marques

Cartazes de apelo ao voto

Cartazes de apelo ao voto

Georgina vai às compras

Georgina vai às compras

Agenda para pais e filhos: o que fazer em fevereiro com os seus filhos

Agenda para pais e filhos: o que fazer em fevereiro com os seus filhos

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

A coleção vibrante primavera-verão 2023 de Alexis Mabille desfila em Paris

A coleção vibrante primavera-verão 2023 de Alexis Mabille desfila em Paris

Em “Flor Sem Tempo”: Catarina e os irmãos choram a morte da mãe

Em “Flor Sem Tempo”: Catarina e os irmãos choram a morte da mãe

Consumo de eletricidade cresce 4,1% em janeiro e renováveis abastecem 88%

Consumo de eletricidade cresce 4,1% em janeiro e renováveis abastecem 88%

Mamma mia! 12 novos restaurantes italianos de Lisboa e Porto

Mamma mia! 12 novos restaurantes italianos de Lisboa e Porto

Projeto Serra: Estas camisolas nasceram do amor à montanha

Projeto Serra: Estas camisolas nasceram do amor à montanha

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

Vender online e com pagamentos facilitados? É para já!

Vender online e com pagamentos facilitados? É para já!

Schiaparelli leva

Schiaparelli leva "O Inferno" de Dante à Semana da Alta Costura de Paris

Vasco Palmeirim afasta-se da televisão

Vasco Palmeirim afasta-se da televisão

Homem do Leme: Anna

Homem do Leme: Anna

Paixão pela tauromaquia leva Victoria Federica de Marichalar a receber prémio:

Paixão pela tauromaquia leva Victoria Federica de Marichalar a receber prémio: "É uma bonita herança que recebi da minha família"

Leão (da Peugeot) cada vez mais verde

Leão (da Peugeot) cada vez mais verde

Únicos os cocktails, única a sua criadora. Bem-vindos ao Uni, o novo bar de Constança Cordeiro

Únicos os cocktails, única a sua criadora. Bem-vindos ao Uni, o novo bar de Constança Cordeiro

Letizia dá uma nova vida à sua saia branca plissada (que demorou três anos a estrear!)

Letizia dá uma nova vida à sua saia branca plissada (que demorou três anos a estrear!)

Girl Talk: Temos um problema de lideranças

Girl Talk: Temos um problema de lideranças

Deputados aprovam pedidos de baixas até três dias através do SNS24

Deputados aprovam pedidos de baixas até três dias através do SNS24

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

Teams Premium: Microsoft já integra ChatGPT

Teams Premium: Microsoft já integra ChatGPT

Enfermeiros iniciam no Algarve ciclo de greves parciais que vai abranger o país

Enfermeiros iniciam no Algarve ciclo de greves parciais que vai abranger o país

Arcaico: Estas conservas portuguesas são 100% artesanais

Arcaico: Estas conservas portuguesas são 100% artesanais

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

Nissan mostra protótipo do conceito elétrico Max-Out

Mesa ILtavolo 2.0: design e sustentabilidade

Mesa ILtavolo 2.0: design e sustentabilidade

Bacia do Barlavento algarvio continua com quantidade de água abaixo da média

Bacia do Barlavento algarvio continua com quantidade de água abaixo da média

Velcro, uma ideia que colou

Velcro, uma ideia que colou

O imperativo da liderança para a cibersegurança

O imperativo da liderança para a cibersegurança

Burnout num ambiente laboral incendiário, sem extintores e cheio de pirómanos

Burnout num ambiente laboral incendiário, sem extintores e cheio de pirómanos

Andrew Tate acusado de seduzir e intimidar mulheres para serem suas escravas

Andrew Tate acusado de seduzir e intimidar mulheres para serem suas escravas

Uma vénia ao ovo

Uma vénia ao ovo

Os planos de Harry e Meghan para o futuro

Os planos de Harry e Meghan para o futuro

Quando a arte desaparece

Quando a arte desaparece

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena