Sandra Brasil, investigadora da CDG & Allies Professionals and Patient Associations International Research Network, lidera uma investigação mundial, cujo objetivo é realizar uma revisão de literatura e compilar informação relacionada com a utilização de ferramentas de inteligência artificial no diagnóstico, caracterização de doentes, classificação de doenças e procura de novas terapias em doenças raras.

“Este trabalho reuniu informação que já existia na literatura, mas que se encontrava dispersa por vários artigos. Assim, conseguimos ter acesso num único documento a toda a informação relacionada com as terapias existentes ou em desenvolvimento para as CDG”, afirma Sandra Brasil, num comunicado enviado às redações.

A investigação, que está a decorrer neste momento, é um passo muito importante para toda a comunidade científica por diversos motivos: vai permitir que os doentes tenham acesso a toda a informação num único documento que podem utilizar como referência junto da comunidade médica.

Os investigadores na área das CDG vão ter acesso a todos os diferentes modelos de doença e à pesquisa que está a ser realizada na área das terapias, permitindo, assim, o desenvolvimento de novas parcerias e diminuindo o tempo de procura da informação.

A investigadora refere ainda que foi publicado um artigo na revista científica “Genes” com toda a informação reunida até ao momento sobre o estudo que está a liderar: “Inteligência artificial em doenças raras: será o futuro mais brilhante?”

Sandra Brasil tem vindo a realizar diversas investigações que contribuem para o futuro das CDG como, por exemplo, o projeto pioneiro “Terapias em CDG: da bancada para o doente” (CDG therapies: from bench to beadside)”, cuja metodologia passou por reunir informação sobre todas as terapias existentes. O mesmo artigo foi publicado na revista científica “International Journal of Molecular Sciences”.

A cientista concluiu o seu Pós-Doutoramento, no Laboratório do Professor Belén Pérez, em Madrid, onde participou na procura e validação de chaperones farmacológicos – terapia que consiste na utilização de pequenas moléculas que ajudam as proteínas mutantes a adotar a forma adequada à realização da sua função – para duas doenças raras, sendo uma delas a PMM2-CDG, que corresponde à forma mais comum de CDG.

Regressou a Portugal em 2017, tendo surgido a oportunidade de continuar a trabalhar com a Associação Portuguesa CDG e Outras Doenças Metabólicas Raras não só como investigadora, mas também como patient advocate, ouvindo e dando voz aos doentes.

“Neste momento o meu objetivo é continuar a trabalhar em prol do desenvolvimento da investigação e de terapias para as CDG, bem como contribuir para a educação e empoderamento da comunidade CDG e da consciencialização da sociedade em geral em relação a estas doenças”, conclui.

As CDG são um grupo de 150 doenças hereditárias que afetam a glicosilação, um processo pelo qual todas as células humanas acumulam açúcares de cadeia longa que estão ligados a proteínas ou lípidos (gorduras), essenciais para muitas funções biológicas. Estas doenças são altamente incapacitantes, com uma elevada taxa de mortalidade pediátrica e com significativo impacto negativo na qualidade de vida dos doentes e das famílias. As CDG são uma família de doenças muito raras, estimando-se que a forma mais comum (PMM2-CDG) tenha uma incidência de 1 em cada 20 mil pessoas.

Palavras-chave

Relacionados

Mulheres Inspiradoras

Prémios Mulheres Inspiradoras 2020: conheça melhor as quatro nomeadas na categoria Ciência

Este ano, o júri do Prémio ACTIVA Mulheres Inspiradoras escolheu quatro nomeadas em Artes, Ciência, Desporto, Solidariedade e Sustentabilidade (categoria nova e que conta com o apoio especial da Endesa). Em breve saberá quem são as vencedoras.

Mulheres Inspiradoras

Docente da Católica é uma das cientistas mais citadas do mundo

Célia Manaia destaca-se pela investigação na área da microbiologia e ainda pelo trabalho no campo da resistência de bactérias aos antibióticos.

Mulheres Inspiradoras

Armandina Fernandes: uma mulher na liderança do processo de transformação digital

A consultora dedica-se a "Desmaterializar" os processos das empresas . E nós fomos saber o que isso significa na prática.

Mais no portal

Comportamento

Cansada de deixar as coisas pelo meio? Estas dicas podem ajudar

Aqui ficam cinco conselhos de uma especialista para levar tarefas e objetivos até ao fim.

Finanças de A a Z

Como planear a poupança das crianças em apenas três passos

Este é o tema do novo episódio da rubrica Finanças de A a Z.

Deep Talk

Li Furtado: "A melhor influenciadora é a cliente que surge naturalmente"

A paixão pelo e-commerce e pelas compras online levaram Li Furtado a deixar uma carreira tradicional para lançar um negócio digital. O resultado é a super bem-sucedida marca de moda CINCO.

Moda

Hailey Bieber usa a próxima cor do momento em viagem a Paris

Inspirámo-nos no estilo da modelo e reunimos várias peças que são a cara dao verão.

Diz Quem Sabe

Neste verão, medite: a sua saúde mental agradece

Um artigo de opinião assinado por Joana Freitas, mental coach e CEO da empresa especializada em serviços de Gestão de Stress Up Your Mind.

Beleza

Batom para fazer o contorno do rosto? Este truque de maquilhagem prova que é possível

Sim, é inacreditável, mas leu bem.

Saúde

6 alimentos que ajudam a controlar a ansiedade no dia a dia

Recomendados por um especialista.

Comportamento

O que não fazer quando alguém tem um comportamento hostil

De acordo com um especialista, este é o caminho para uma conversa construtiva.

Moda

Esta é bem capaz de ser a tendência mais confortável da nova estação

É perfeita para usar nos dias quentes de verão, em idas à praia ou à piscina.

Moda

Precisamos de uns ténis iguais a estes, de Kate

São cheios de estilo e ficam bem com tudo.