“Ainda acho que quando se tem uma vida difícil como a minha se deve usar essa experiência para ficarmos melhores pessoas.”

Manuela Roque, 74 anos, é a #mulherreal que celebramos este mês. Uma mulher extraordinária. Trabalhou desde os sete anos, perdeu uma filha, criou um neto, reencontrou o amor, tornou-se atleta depois dos 60, mas acima de tudo é um exemplo de como as adversidades nos podem tornar uma pessoa melhor. Não deixem de ler a sua história na ACTIVA de fevereiro (já nas bancas).

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Mais no portal