@bonitadepele

Alguma vez pensou no destino das embalagens dos seus produtos de beleza depois de eles acabarem? É possível que não e, muito provavelmente, os deite no lixo ‘normal’. Mas a verdade é que pode otimizar certos aspetos da sua rotina de cuidados para ajudar o meio ambiente, a começar por aquilo que compra.

Nos tempos que correm é importante avaliarmos os nossos hábitos e o impacto ambiental que causamos. Nesse sentido, devemos rever e tentar controlar o nível de consumo. Eu sei que é difícil, uma vez que as marcas estão sempre a lançar novos produtos e nós queremos estar a par de todas as tendências e últimas novidades, mas não há necessidade de comprar coisas semelhantes às que já tem em casa. 

Além disso, recomendo apostar em práticas sustentáveis como reduzir o consumo de plástico, usar embalagens com menos resíduos ou de origem reciclada e fazer escolhas mais ecologicamente corretas no dia a dia. Por fim, é essencial fazer a reciclagem corretamente. Como? A rubrica Beauty Spot traz algumas dicas para ajudá-la a identificar o que pode ou não reciclar.

Produtos recicláveis

Desde que tenham um dos símbolos de plástico reciclável na parte de trás, as embalagens de plástico podem ser colocadas num ecoponto. Mas lembre-se de remover os resíduos do produto e deixe-as secar completamente.  Os produtos feitos de aço ou alumínio também são recicláveis e as empresas estão a apostar cada vez mais neste tipo de materiais. Na hora de comprar, dê-lhes preferência. 

Parcialmente recicláveis

Como o nome indica, esta categoria diz respeito a produtos que não podem ser reciclados a 100 por cento. Aqui ficam alguns exemplos:

  • Máscara de pestanas: enquanto os tubos de rímel costumam ser feitos de material reciclável, as escovas normalmente não são recicláveis;
  • Frascos de base: os pumps não são recicláveis. Se a garrafa for de vidro, pode reciclá-la, mas certifique-se de que a lava e seca bem primeiro.
  • Paletas de maquiagem: a maioria delas contém imãs e espelhos que não são recicláveis. Isto significa que essas peças devem ser  descartadas separadamente.

Não recicláveis

As toalhitas desmaquilhantes, a não ser que estejam rotuladas como biodegradáveis, não são recicláveis. Se quiser uma opção mais ecológica, aposte nos discos de algodão que podem ser lavados e reutilizados. Os frascos de verniz, por mais que sejam bem lavados e secos, também não podem ser reciclados, por causa das toxinas perigosas encontradas neste popular produto para unhas. O mesmo acontece com os pincéis de maquilhagem, uma vez que os pelos de animais e os sintéticos não são recicláveis.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Mais no portal