É dia de #cartabranca. Ou melhor, os últimos três dias foram dedicados a isso mesmo: um novo desafio. Esta semana, decidi experimentar algo que não tenho como hábito. Antes de me deitar, bebi uma chávena de chá – mas não um qualquer. Segundo dizem, este ajuda a aliviar o stress e melhora a digestão.

Recuando uns anos no tempo, eu odiava chá. Sempre que estava doente, a minha mãe dava-me colheres desta bebida maravilha à boca e eu fazia um drama. Que sacrifício! Hoje, ela “goza” comigo porque me tornei quase viciada. Crescendo e aprendendo, não é?

Mas tudo tem um motivo. Sempre me interessei por temas de saúde e estilo de vida saudável. Aliás, podem confirmar que já experimentei vários sumos verdes e a quarentena trouxe-me uma nova rotina de exercício físico. Isto para dizer que comecei a beber chá, não necessariamente por me saber bem, mas porque li que fazia bem. E ganhei o gosto.

Nos últimos dias, um pouco antes de me deitar, fiz chá de camomila. Segundo mil e um sites de nutrição e bem-estar, esta é uma bebida capaz de aliviar o stress, ajudar na digestão, bem como em crises de ansiedade. O meu receio? Beber algo quente e não conseguir dormir – afinal, com o calor que se tem feito sentir, esta parecia uma combinação pouco promissora.

Ora, o que tenho para contar é que, na verdade, demorei menos a adormecer, em comparação com os dias em que não tinha bebido nada. E adormecer mais facilmente também é sinónimo de menor ansiedade, já que, normalmente, é quando me deito que me lembro de todas as preocupações que tenho ou que (ainda) não tenho.

No que toca à digestão, também posso dizer que ajudou. Tenho tendência a ter azia algumas vezes e, nestes dias, não senti. Tendo em conta que, numa das noites, o jantar foi sushi (numa quantidade da qual não me orgulho propriamente), sinto-me confortável em afirmar que esta foi uma missão bem-sucedida.

Posto isto, a bebida parece fazer jus aos benefícios que lhe são associados. Não recomendo que bebam uma chávena grande, para evitar acordar a meio da noite para ir à casa de banho. Fora isso – mesmo que os resultados não sejam significativos para todos -, a verdade é que mal não faz, portant, nada como experimentar.

Quais os hábitos que vos ajudam a dormir melhor? Contem-nos, pelas redes sociais, identifiquem a ACTIVA e utilizem a hashtag #cartabranca. Para a semana há mais! Bom fim-de-semana (ou férias, se for o caso). Até lá!

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Relacionados

Mais no portal