Outra vez moda. Na #cartabranca desta semana, voltei ao meu roupeiro e dei asas à imaginação. A ideia foi pegar numa única peça e utilizá-la em cinco visuais diferentes, para ocasiões distintas – desde o mais casual ao um-bocadinho-mais-formal (mas nunca muito).

Queria selecionar algo básico e que todas as mulheres tivessem nos respetivos armários e, por isso, a escolha não foi muito difícil. Achei que a clássica camisa branca (no caso, amarrotada, porque até não desgosto e, claro, porque não quis passar a ferro) poderia ficar bem com todos os conjuntos que já tinha rabiscado na cabeça.

Pensei em conjuntos versáteis que pudessem ganhar uma nova vida consoante os acessórios escolhidos. Mantive o mesmo colar em todos, por opção, e porque acho que cada uma deve dar o seu próprio “toque” através dos complementos.

Volto a dizer: não entendo nada de moda (ou entendo muito pouco). Procuro inspiração através de dois principais truques – que vos contei aqui – e construo os meus visuais com base no meu humor e, obviamente, gosto pessoal. Fiquem com as minhas sugestões:

# LOOK 1

Para este visual, pensei numa “vibe” de praia e decidi dar um nó na camisa, já que achei ter mais a ver com o conjunto. Combinei-a com uns calções leves de padrão floral – embora, aqui, o padrão possa ser o que quiserem – e umas alpercatas brancas.

# LOOK 2

Amo jeans. E apaixonei-me por estas no momento em que as vi. A combinação preto e branco é um clássico e dá para usar em qualquer ocasião. Decidi completar este look com uns sapatos de salto para aquele toque casual chic.

# LOOK 3

A única saia lápis que tenho – e que apenas uso meia dúzia de vezes ao ano. Para mim, este já é um visual formal e para o qual não estou sempre “inclinada”. Porém, creio que é uma combinação vencedora, sobretudo para quem tenha de seguir determinadas diretrizes de vestuário no trabalho ou para algum evento mais “importante”.

# LOOK 4

Outros jeans. Gosto muito do azul destas calças e não há cor com que goste mais de combiná-las do que o branco. Baixei a camisa para deixar os ombros à mostra e tentar dar uma outra vida a uma peça de corte normal – porém, admito que não foi a escolha mais confortável. Só seria capaz de usá-la assim em alguma ocasião que não exigisse andar muito, para não estar sempre a puxá-la para cima. O ideal é deixá-la o mais perto dos ombros possível.

# LOOK 5

Por último, mas não menos importante: o look “tenista”. Esta saia era da minha mãe. Ela encontrou-a há pouco tempo e, sorte a minha, serve-me na perfeição. Quis combinar com uns ténis porque nunca gostei de conjuntos demasiado românticos. Seria muito, muito improvável eu combinar uma minissaia e camisa com umas sabrinas, por exemplo.

E chegámos ao fim. Espero que tenham gostado e, como sempre, esperamos ver as vossas recriações ou sugestões, pelas redes sociais. Identifiquem a ACTIVA e utilizem a hashtag #cartabranca. Voltamos a conversar na próxima semana. Até quinta!

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba uma fabulosa OFERTA da LIERAC. ASSINE AQUI

Relacionados

Mais no portal