Mais uma quinta-feira, mais um desafio #cartabranca. Desta vez, envolve comida – o que me deixa muito feliz. Decidi experimentar uma receita saudável que estava na minha lista mental de desejos (talvez deva passá-la para o papel) há bastante tempo. Na verdade, não sei porque ainda não a tinha feito, já que é tão simples.

Falo-vos do Pudim de Chia, do qual tanto ouvimos falar nos últimos tempos. Saudável, de fácil preparação e muito saciante, diz-se. Mas coloquemos os pontos nos i’s. Segundo a nutricionista Tatiana Zanin, a chia é considerada um superalimento, com propriedades como “a melhora do trânsito intestinal, melhora do colesterol e até diminuição do apetite“.

Será mesmo assim? Foi isso que tentei perceber. Quanto ao colesterol, não vos sei dizer, mas relatarei a minha experiência, no que toca aos dois outros tópicos. Primeiro, escolher a receita revelou-se “O” desafio. Com tantas opções na internet, fiquei sem saber qual a melhor. E, na dúvida, decidi ficar-me pela mais simples.

Ora, em contacto com líquidos, a chia cria uma espécie de gel – daí o nome pudim. Por isso, bastou-me juntar 3 colheres de sopa mal cheias da semente com cerca de 200 ml de bebida vegetal de amêndoa. Como não sabia como ficaria o sabor, adicionei ainda um pouco de canela. Misturei tudo e deixei no frigorífico antes de ir dormir.

Primeira impressão ao acordar: “algo correu terrivelmente mal!“. Assim que coloquei a colher no “pudim”, ele estava meio líquido. Fui à internet e percebi que, afinal, é normal. O nome desta receita só serve para nos enganar – fica o aviso. A consistência é meio gelatinosa, após mexer, mas não se parece à do pudim (a menos que a receita envolva outros ingredientes).

Bom, quanto ao sabor, fiquei surpreendida. A canela acabou por dar um gosto interessante, mas sem anular de todo a bebida de amêndoa – todos os sabores se misturaram na perfeição. Quanto à textura, embora diferente do que estou habituada, também não me desagradou. Daria, ao conjunto destes fatores, um 7/10.

Mas vamos ao essencial: é assim tão saciante? Admito que as minhas expectativas estavam altas e queria dizer-vos que fiquei, no mínimo, 3 horas sem fome. Mas não. Acabei de comer às 10h45 e, cerca de uma hora depois, deu-me aquela vontade de “trincar alguma coisa”. Ignorei-a, porque queria perceber se era, de facto, fome, ou somente gula. Aguentei-me até às 13h.

Ou seja, acabei por conseguir ficar mais de duas horas sem comer nada, depois de um pequeno-almoço com apenas dois ingredientes. Diria que até foi uma missão sucedida. Contudo, creio que, se não fosse este desafio, teria ido comer mais qualquer coisa antes do almoço. Talvez o truque seja optar por uma receita ainda mais completa, que envolva iogurte ou fruta, como esta.

Quanto à melhora do trânsito intestinal, digo que sim, funciona. E não preciso de entrar em detalhes, certo? Já experimentaram esta (ou uma semelhante) receita? Contem-nos, nas redes sociais, identfiquem a ACTIVA e utilizem a hashtag #cartabranca. Até para a semana!

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

EXAME 464 - Dezembro de 2022

EXAME 464 - Dezembro de 2022

Eco-Rally de Lisboa: os elétricos passaram pela capital

Eco-Rally de Lisboa: os elétricos passaram pela capital

Eduardo Carpinteiro Albino e José Carlos Figueiredo vencem Campeonato de Portugal de Novas Energias

Eduardo Carpinteiro Albino e José Carlos Figueiredo vencem Campeonato de Portugal de Novas Energias

Em “Sangue Oculto”: Beni pede perdão a Teresa

Em “Sangue Oculto”: Beni pede perdão a Teresa

Cientistas de Coimbra criam ferramentas inteligentes para prevenir erros informáticos

Cientistas de Coimbra criam ferramentas inteligentes para prevenir erros informáticos

Musk: implantes de chips no cérebro estão a 6 meses de distância. E ele quer um

Musk: implantes de chips no cérebro estão a 6 meses de distância. E ele quer um

PR dá posse a seis secretários de Estado incluindo novo adjunto do PM

PR dá posse a seis secretários de Estado incluindo novo adjunto do PM

6 podcasts de true crime para detetives de bancada

6 podcasts de true crime para detetives de bancada

Máxima da Holanda surpreende com visual em tons de cinzento e preto em entrega de prémio em Amesterdão

Máxima da Holanda surpreende com visual em tons de cinzento e preto em entrega de prémio em Amesterdão

Percursos pedestres da Madeira encerrados devido a estado do tempo

Percursos pedestres da Madeira encerrados devido a estado do tempo

Tutankhamon, Nefertiti e Cleópatra: Do Antigo Egito a faraós superstars, na Fundação Gulbenkian

Tutankhamon, Nefertiti e Cleópatra: Do Antigo Egito a faraós superstars, na Fundação Gulbenkian

O que as unhas revelam sobre a nossa saúde

O que as unhas revelam sobre a nossa saúde

JL 1361

JL 1361

A megafraude em carrossel por detrás da vida de luxo exibida nas redes sociais

A megafraude em carrossel por detrás da vida de luxo exibida nas redes sociais

Decskill chega aos 500 consultores

Decskill chega aos 500 consultores

Esta Iguana move-se no universo das novelas gráficas

Esta Iguana move-se no universo das novelas gráficas

Manifestação no Campus de Justiça em solidariedade com ativistas em julgamento

Manifestação no Campus de Justiça em solidariedade com ativistas em julgamento

Criado primeiro centro integrado de Esclerose Múltipla no país

Criado primeiro centro integrado de Esclerose Múltipla no país

Exame Informática TV 791: auriculares sem fios, o impressionante Odyssey Ark e smartphones recondicionados

Exame Informática TV 791: auriculares sem fios, o impressionante Odyssey Ark e smartphones recondicionados

Primeiro contacto: Toyota bZ4X, o elétrico com garantia de um milhão de quilómetros para a bateria

Primeiro contacto: Toyota bZ4X, o elétrico com garantia de um milhão de quilómetros para a bateria

Girl Talk: este País não é para nós

Girl Talk: este País não é para nós

Está com Covid-19? Saiba o que fazer de acordo com as novas regras

Está com Covid-19? Saiba o que fazer de acordo com as novas regras

Eleições para Conselho Geral e Supervisão da ADSE com abstenção de 96%

Eleições para Conselho Geral e Supervisão da ADSE com abstenção de 96%

Charlene e Charlotte, acompanhadas dos gémeos Gabriella e Jacques, dão início às celebrações de Natal no Mónaco

Charlene e Charlotte, acompanhadas dos gémeos Gabriella e Jacques, dão início às celebrações de Natal no Mónaco

"Sangue Oculto": Carolina assume a identidade de Beni

Natal: Presentes essenciais

Natal: Presentes essenciais

Saiba como escolher a máquina de secar roupa

Saiba como escolher a máquina de secar roupa

O centenário de Saramago

O centenário de Saramago

VISÃO Se7e: Os dias em modo Natal

VISÃO Se7e: Os dias em modo Natal

Catarina Furtado recebe prémio e conta como vai ser o seu Natal

Catarina Furtado recebe prémio e conta como vai ser o seu Natal

O centenário de José-Augusto França

O centenário de José-Augusto França

Moda: Fundo preto

Moda: Fundo preto

Clara de Sousa comemora aniversário:

Clara de Sousa comemora aniversário: "Tenho mais um motivo para sorrir com a família a crescer"

O momento alto da visita de William e Kate aos EUA

O momento alto da visita de William e Kate aos EUA

VISÃO Júnior de dezembro de 2022

VISÃO Júnior de dezembro de 2022

Fátima Lopes inaugura nova loja na Avenida da Liberdade, em Lisboa

Fátima Lopes inaugura nova loja na Avenida da Liberdade, em Lisboa

Como a Covid afeta o cérebro, mesmo com doença ligeira

Como a Covid afeta o cérebro, mesmo com doença ligeira

Passatempos: vê o que podes ganhar este mês!

Passatempos: vê o que podes ganhar este mês!

Mesa com tecnologia inovadora foi premiada

Mesa com tecnologia inovadora foi premiada

Livros: Os melhores de 2022

Livros: Os melhores de 2022

Porque é que numa maratona se correm exatamente 42,195 quilómetros?

Porque é que numa maratona se correm exatamente 42,195 quilómetros?

Pastelaria Versailles: 100 anos de histórias, sabores e algumas novidades

Pastelaria Versailles: 100 anos de histórias, sabores e algumas novidades