Já falei algumas vezes da relação que tenho vindo a desenvolver com a atividade física. Se sempre foi algo presente na minha vida, a verdade é que só se tornou uma “rotina essencial” este ano, aproximadamente desde o início da quarentena.

Além de gostar de manter uma aparência saudável e de estar em forma, tenho prazer em fazer exercício porque é uma verdadeira terapia. Sendo uma pessoa ansiosa, descobri que dedicar partes do meu dia para mexer o corpo me liberta de algumas preocupações e me deixa “leve”.

Ora, qualquer pessoa – atleta ou amador, como eu – que tenha uma rotina de atividade física, sabe o quão complicado pode ser estar parado. Não por opção, mas por obrigação. E foi por isso mesmo que, esta semana, decidi escrever sobre aquilo que foi um real “desafio”.

Como já devem ter percebido, deram-me #cartabranca para não fazer exercício físico. Na verdade, não só nesta semana, mas na anterior também. Devido a alguns contratempos, nos últimos dias, vi-me obrigada a estar no sofá quando queria estar no ginásio.

Ora, isto não é nenhum drama, claro. Porém, pode ser complicado gerir os nossos pensamentos e momentos de maior ansiedade quando não podemos fazer algo que nos ajuda, precisamente, a atingir tal fim. E foi disso que aqui vim falar.

Neste caso, o que mais notei foi que a falta de exercício físico teve um impacto algo negativo nos meus dias. Senti-me mais desconcentrada, desmotivada (no geral), com momentos de ansiedade mais frequentes e, curiosamente, mais cansada, física e mentalmente. Até me fartei de ver um filme e tive de o parar duas vezes (ainda não o terminei)!

Por outro lado, tento pensar nos prós – porque qualquer situação pode ter o lado menos mau. Gosto de pensar que, assim que tiver #cartabranca para regressar aos treinos, fá-lo-ei com muito mais vontade e consciente de que nem esse pequeno prazer está garantido. Ah, e decidi não me pesar (não vá ficar nervosa com o veredito da sra. balança)!

Dizem-nos que devemos valorizar as pequenas coisas mas raramente nos dão mecanismos para tal. Os ritmos de vida cada vez mais frenéticos fazem-nos viver no presente, mas a pensar no futuro, e só quando somos obrigados a carregar no botão de pausa nos apercebemos do quão afortunados somos.

Posto isto, o que retiro do “desafio forçado” desta semana é um verdadeiro cliché: devemos mesmo fazer um esforço para viver cada momento no presente, tentar “desligar” em determinados momentos do nosso dia e estar conscientes de que, mesmo nas maiores tempestades, a chuva acaba por cessar.

Contem-nos, nas redes sociais, a forma como superaram algum desafio na vossa vida, por mais pequeno que possa parecer aos olhos de outros. Identifiquem a ACTIVA e utilizem a hashtag #cartabranca. Até para a semana!

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Em “Quero é Viver”: casamento de Matias e Tomás acaba em polémica

Em “Quero é Viver”: casamento de Matias e Tomás acaba em polémica

Portugal faz bem: matéria natural

Portugal faz bem: matéria natural

Congresso mundial debate em Lisboa

Congresso mundial debate em Lisboa "pandemia" de diabetes que afeta um em cada 10 adultos

Mais um “caso Ronaldo”: Não havia necessidade...

Mais um “caso Ronaldo”: Não havia necessidade...

Universidade de Évora e Cruz Vermelha testa com sucesso baterias de segunda vida em cenário de catástrofe

Universidade de Évora e Cruz Vermelha testa com sucesso baterias de segunda vida em cenário de catástrofe

Decskill chega aos 500 consultores

Decskill chega aos 500 consultores

Exame Informática TV 791: auriculares sem fios, o impressionante Odyssey Ark e smartphones recondicionados

Exame Informática TV 791: auriculares sem fios, o impressionante Odyssey Ark e smartphones recondicionados

Dyson quer desenvolver máquinas que usam software e conectividade para se autoaperfeiçoarem

Dyson quer desenvolver máquinas que usam software e conectividade para se autoaperfeiçoarem

Agenda pais e filhos para dezembro

Agenda pais e filhos para dezembro

Como um clube português quer tornar o futebol mais

Como um clube português quer tornar o futebol mais "verde"

Harry e Meghan de mãos dadas contra tudo e contra todos

Harry e Meghan de mãos dadas contra tudo e contra todos

5 momentos a não perder neste Natal em Lisboa

5 momentos a não perder neste Natal em Lisboa

Livros: Os melhores de 2022

Livros: Os melhores de 2022

JL 1359

JL 1359

Conheça a história por detrás do beijo de Harry e Meghan, com o qual 'anunciam' a sua nova série

Conheça a história por detrás do beijo de Harry e Meghan, com o qual 'anunciam' a sua nova série

VISÃO Se7e: Os dias em modo Natal

VISÃO Se7e: Os dias em modo Natal

Ela já fez antivírus, dissecou malware e agora avisa: “Para deixar um país de joelhos basta um cibercriminoso”

Ela já fez antivírus, dissecou malware e agora avisa: “Para deixar um país de joelhos basta um cibercriminoso”

Máxima da Holanda surpreende com visual em tons de cinzento e preto em entrega de prémio em Amesterdão

Máxima da Holanda surpreende com visual em tons de cinzento e preto em entrega de prémio em Amesterdão

Porque é que numa maratona se correm exatamente 42,195 quilómetros?

Porque é que numa maratona se correm exatamente 42,195 quilómetros?

O centenário de José-Augusto França

O centenário de José-Augusto França

VISÃO Júnior de dezembro de 2022

VISÃO Júnior de dezembro de 2022

JL 1360

JL 1360

Está com Covid-19? Saiba o que fazer de acordo com as novas regras

Está com Covid-19? Saiba o que fazer de acordo com as novas regras

Sara Matos apresenta Júlia, a trigémea de “Sangue Oculto”

Sara Matos apresenta Júlia, a trigémea de “Sangue Oculto”

PR dá posse a seis secretários de Estado incluindo novo adjunto do PM

PR dá posse a seis secretários de Estado incluindo novo adjunto do PM

Lancia ‘renasce’ como marca 100% elétrica

Lancia ‘renasce’ como marca 100% elétrica

Ligações felizes em Barcelona

Ligações felizes em Barcelona

As maiores fortunas de Portugal na capa da EXAME de Dezembro

As maiores fortunas de Portugal na capa da EXAME de Dezembro

Diretores do Hospital de Ponta Delgada voltam atrás e vão tentar

Diretores do Hospital de Ponta Delgada voltam atrás e vão tentar "reconstruir" as escalas

Porque não se pode comer nem beber antes de uma anestesia? Uma especialista responde

Porque não se pode comer nem beber antes de uma anestesia? Uma especialista responde

Manifestação no Campus de Justiça em solidariedade com ativistas em julgamento

Manifestação no Campus de Justiça em solidariedade com ativistas em julgamento

Clara de Sousa confeciona deliciosos bolos de azeite. Veja a receita!

Clara de Sousa confeciona deliciosos bolos de azeite. Veja a receita!

A reorganização do enoturismo

A reorganização do enoturismo

Atitude, arrojo e inovação: Recorde os

Atitude, arrojo e inovação: Recorde os "looks" de Letizia na entrega dos prémios Francisco Cerecedo

Catarina Furtado recebe prémio e conta como vai ser o seu Natal

Catarina Furtado recebe prémio e conta como vai ser o seu Natal

Volta a Portugal em design nos dois apartamentos da Santo Infante

Volta a Portugal em design nos dois apartamentos da Santo Infante

Tutankhamon, Nefertiti e Cleópatra: Do Antigo Egito a faraós superstars, na Fundação Gulbenkian

Tutankhamon, Nefertiti e Cleópatra: Do Antigo Egito a faraós superstars, na Fundação Gulbenkian

VOLT Live: Reparação de baterias em carros elétricos

VOLT Live: Reparação de baterias em carros elétricos

Abra as portas ao Natal e vista a casa a rigor

Abra as portas ao Natal e vista a casa a rigor

Ofereça beleza este Natal

Ofereça beleza este Natal

Eco-Rally de Lisboa: os elétricos passaram pela capital

Eco-Rally de Lisboa: os elétricos passaram pela capital

Mesa com tecnologia inovadora foi premiada

Mesa com tecnologia inovadora foi premiada