@haatichai

Durante muitos anos, fui pessoa de perfume de assinatura. Adorava a ideia de as pessoas associarem um único cheiro à pessoa que sou. De se lembrarem de mim ao senti-lo ou de reconhecerem a minha chegada, ainda antes de me verem. É uma honra ter um “cheiro a Carmo” depois de tantos anos a tentar escolhê-lo.    

Não sei quanto a si, leitora, mas escolher um perfume, para mim, não é tarefa fácil. Acredito que um perfume diz muito sobre quem o usa e, por isso, tomo o meu tempo a analisar o que quero dizer quando passo por alguém ou quando deixo um elevador (sim, eu sou dessas).    

Womanity, de Thierry Mugler. Foi uma relação de amor-ódio, até decidir usá-lo todos os dias, ininterruptamente, durante quase dez anos. Ainda hoje, é “o meu cheiro”. Tenho sempre um frasco – aliás, incumbi um familiar de, na dúvida, me oferecer sempre um no Natal. Mas este artigo não é sobre isso – um próximo poderá ser.   

Frasco de memórias   

Este artigo é sobre perfumes carregados de boas memórias. Das horas ao sol, dos últimos mergulhos do dia, das bebidas frescas na mão e dos jantares em esplanadas – com o pôr do sol tardio no horizonte – que se estendem para noites felizes em que os fios de cabelo se colam nas costas e os pés doem de tanto dançar.   

Os perfumes têm este poder, não é? De encapsular bons momentos, guardar histórias e roubar sorrisos. De nos fazer viajar para tudo isso, quando abrimos a tampa e respiramos fundo. Confesso: em dias cinzentos de inverno, às vezes, uso um “perfume de verão”, quase como um talismã, para que as recordações de um dia quente e feliz me deem energia para uma lista de afazeres com demasiadas caixinhas sem um certo.   

O que é um perfume de verão?    

Em última análise, um perfume de verão é um perfume que já usou ou escolhe usar no verão. Não tem de haver regras no mundo da perfumaria. Tipicamente, deixam-se os cheiros mais densos, pesados ou quentes, para dias mais frios e escuros. Muito como na roupa, há uma tendência quase natural em preferir aromas mais leves e frescos para dias de calor. Perfumes com notas tropicais ou frutadas, cítricas ou florais, têm o seu momento nos dias mais quentes.   

Descrever perfumes é uma tarefa ingrata, já que – a menos que seja perfumista – é extremamente difícil chegar a um cheiro, somando todas as notas que apenas descrevemos com letras que pouco nos dizem. Se nem a provar um cozinhado eu consigo perceber o que lhe falta, como é que sinto um perfume só a ler a sua composição?    

Um perfume é as histórias que ele guarda, o sítio e o momento para onde vamos quando o cheiramos. E uma viagem muito pessoal. Mas, vá! Se uma pessoa quer escrever sobre beleza, tem de conseguir descrever um perfume. Darei o meu melhor.   

O eterno cheiro a coco   

Haverá uma nota que grite “verão” mais alto do que o cheiro a coco? 

De uma marca portuguesa, o (1) Olhar Trancoso da Comporta Perfumes (€160; 100 ml) faz a magia de conseguir um perfume de coco nada óbvio e superfresco. Imagine-se a caminhar na praia, no final do dia, com uma bebida fresca de coco na mão: é este perfume. Mais quente, tem o (2) Soleil Blanc da Tom Ford (€105,58; 30 ml). Sol e luxo são as palavras de ordem para este aroma âmbar floral que combina notas quentes e doces.

Um meio-termo será o (3) Bronze Goddess da Estée Lauder (€74,90; 100 ml). Mantém o coco e o âmbar na base, mas com o fresco dos cítricos de topo e a suavidade floral das notas de coração. Muito semelhante, mas por uma fração do preço: (4) Sun da Nuxe (€32,34; 100 ml). Por ser uma água perfumada, não terá uma fixação tão forte, mas tem a vantagem de – por não ser fotossensibilizante – a poder usar entre banhos de sol. Experimente também umas borrifadelas nos lençóis, antes de se deitar.  

A brisa fresca do mar    

Não podia falar de perfumes de verão, sem falar no (5) Light Blue da Dolce&Gabbana (€64,45; 50 ml). Um clássico! É fresco, cítrico e amadeirado, a lembrar o nascer do sol numa “praia ensolarada siciliana com areia quente e brisa fresca a soprar”. Ainda sobre clássicos, como não referir o (6) Cool Water da Davidoff (€66,05; 50 ml)? É mais floral, mas mantém as notas frescas e aquáticas.    

A colónia (7) Wood Sage & Sea Salt da Jo Malone (€129; 100 ml) é uma viagem ao longo de uma costa ventosa. Elegante e subtil, tem um aroma fresco, amadeirado com um toque cítrico. Junta o salgado da maresia com o seco da madeira, numa viagem incrível com a brisa no rosto.   

O outro lado do verão   

Acredito que, para a grande maioria, um bom perfume seja aquele que arranca mais elogios. Aquele que as pessoas reconhecem, já cheiraram ou facilmente comprariam. Pessoalmente, não gosto de perfumes fáceis. Para mim, o perfume ideal é aquele que me deixa curiosa e me faz querer inspirar fundo mais vezes para o conseguir entender.   

(8) Escentric 02 da Escentric Molecules (€88,90; 100 ml) foi uma agradável surpresa. Encomendei-o por engano – cuidado com esta marca, os nomes são todos muito semelhantes -, mas não o devolvi. É um perfume muito discreto, em linha com a nova tendência “Skin Scents”, emergente num pós-pandemia em que todos tínhamos saudades do contacto humano. Tem notas de âmbar, mas é principalmente um perfume fresco e ligeiramente aquático. Para o descrever, a marca fala de um “toque cintilante de gin tónico”… Consigo identificá-lo.   

Os perfumes de verão não têm de ser óbvios. O verão não é só calor e areia. Também pode ser humidade e florestas densas. Não tem de ser sol e alegria, pode ser noite e mistério. Prova disso é o (9) Blue Sandalwood da Next Memory (€110, 100 ml). Uma das minhas marcas de eleição, portuguesa, inspirada em sítios e memórias que apaixonam. Este Blue Sandalwood fala-nos dos jardins de Sintra: “Fuja para uma escada em espiral até um poço profundo, descubra espécies de árvores raras e exóticas de todo o mundo, plantadas séculos atrás pela realeza”.   

Numa associação talvez demasiado pessoal, entendo o (10) Philosykos da Diptyque (€118; 100 ml) como um perfume de verão. Lembra-me os finais de tarde da minha infância, já no início de setembro, quando colhia figos com o meu pai, no jardim de casa dos meus avós. Começa muito verde, com as folhas da figueira, mas também tem o doce da seiva do figo acabado de colher e o seco dos galhos que abanam ao vento. Muito específico, bem sei, mas é impossível não fechar os olhos e viajar nas memórias que um frasco de perfume consegue encapsular. 

*Os preços e pontos de venda dos artigos anunciados são representativos. Os preços podem variar e os produtos podem ser adquiridos em diferentes lojas (físicas ou online). 

#emBeleza Carmo Lico

#emBeleza

Tudo o que precisa de saber em Beleza, pela jornalista Carmo Lico. Pele, perfumes, maquilhagem e cabelo: as novidades, os indispensáveis e os que o vão passar a ser, assim que os conhecer.

Palavras-chave

Na ACTIVA apresentamos-lhe mulheres e ideias inspiradoras nas mais diversas áreas. Acompanhe-nos, deixe-se inspirar e leia já esta revista. ASSINE AQUI

Mais no portal

Mais Notícias

Dez vestidos em malha que vai querer comprar nos saldos

Dez vestidos em malha que vai querer comprar nos saldos

Oeiras EcoRally: vitória para a dupla espanhola Eneko Conde e Lukas Sergnese

Oeiras EcoRally: vitória para a dupla espanhola Eneko Conde e Lukas Sergnese

Alexa vai ser capaz de imitar vozes de pessoas falecidas

Alexa vai ser capaz de imitar vozes de pessoas falecidas

JL 1348

JL 1348

Vamos todos de férias adoecer para Espanha, de carro

Vamos todos de férias adoecer para Espanha, de carro

Sente-se mais excitada à noite? Pode haver um motivo

Sente-se mais excitada à noite? Pode haver um motivo

Putin quer Minsk

Putin quer Minsk

Glamour no Baile da Flor

Glamour no Baile da Flor

Serra de Sintra com acesso interdito ao trânsito devido ao elevado risco de incêndio

Serra de Sintra com acesso interdito ao trânsito devido ao elevado risco de incêndio

Inspirações para relaxar

Inspirações para relaxar

Guia prático para preparar o seu jardim (ou varanda!) para o verão

Guia prático para preparar o seu jardim (ou varanda!) para o verão

Quatro meses após ser pai, Jason Derulo separa-se da namorada

Quatro meses após ser pai, Jason Derulo separa-se da namorada

Charlene do Mónaco deslumbra em vestido assimétrico verde

Charlene do Mónaco deslumbra em vestido assimétrico verde

A PRIMA gosta das cores de verão da Parfois, dos sabores frescos da Brigadeirando e da nova coleção da Joana Mota Capitão

A PRIMA gosta das cores de verão da Parfois, dos sabores frescos da Brigadeirando e da nova coleção da Joana Mota Capitão

Marcelo apela à comunicação social que chame a atenção do mundo para os Oceanos

Marcelo apela à comunicação social que chame a atenção do mundo para os Oceanos

Kate volta a impressionar num fato rosa com assinatura Alexander McQueen

Kate volta a impressionar num fato rosa com assinatura Alexander McQueen

H.amo: uma nova forma de decoração da sua mesa inspirada nos padrões portugueses

H.amo: uma nova forma de decoração da sua mesa inspirada nos padrões portugueses

Fotografe o Peugeot e-208 no Oeiras EcoRally e ganhe prémios

Fotografe o Peugeot e-208 no Oeiras EcoRally e ganhe prémios

As figuras da PRIMA 16

As figuras da PRIMA 16

Dor de costas: O desesperante dia a dia dos doentes

Dor de costas: O desesperante dia a dia dos doentes

Bloco de partos do Hospital de Portimão retomou hoje o funcionamento normal

Bloco de partos do Hospital de Portimão retomou hoje o funcionamento normal

Oeiras EcoRally arranca sexta-feira com a participação da Exame Informática

Oeiras EcoRally arranca sexta-feira com a participação da Exame Informática

Máxima da Holanda deslumbra em vestido que estreou há 13 anos e joias do século XIX

Máxima da Holanda deslumbra em vestido que estreou há 13 anos e joias do século XIX

Rainha Isabel II usa vestido perfeito para a chegada do verão

Rainha Isabel II usa vestido perfeito para a chegada do verão

Nova edição de

Nova edição de "Big Brother" anónimos regressa em breve à TVI

De férias, Cristina Ferreira falha estreia

De férias, Cristina Ferreira falha estreia

“A inovação pode ser o motor da recuperação pós-pandemia”, defende António Campinos, Presidente do Instituto Europeu de Patentes

“A inovação pode ser o motor da recuperação pós-pandemia”, defende António Campinos, Presidente do Instituto Europeu de Patentes

Tendência: este verão as saias querem-se mini

Tendência: este verão as saias querem-se mini

Daniel Blaufuks na série PH

Daniel Blaufuks na série PH

Não podemos parar de envelhecer, mas podemos fazê-lo da melhor forma: o médico Rui Ribas explica-nos como

Não podemos parar de envelhecer, mas podemos fazê-lo da melhor forma: o médico Rui Ribas explica-nos como

BMW i7: fomos conhecer o novo topo de gama a Munique

BMW i7: fomos conhecer o novo topo de gama a Munique

Helena Isabel mudou de visual:

Helena Isabel mudou de visual: "O resultado não poderia ter sido melhor!"

Espreitar o futuro

Espreitar o futuro