Queridos pais,

Onde estamos? Para onde caminhamos? Já parámos para pensar nas consequências dos nossos atos? Já paramos para refletir sobre isto? Já percebemos que estamos prestes a criar um Mundo novo, nunca antes visto? Nunca nenhuma civilização passou por isto de colocar crianças em frente a ecrãs viciados em jogos virtuais, onde brincar na rua é uma seca e fazer amigos para a vida é coisa de antigamente, crianças sem toque, sem emoção, sem coração. Isto vai transformar toda a humanidade, forçosamente. Para melhor? Acha? Sinceramente, acha?

Partilho convosco uma história da vida real: há uns dias fui almoçar fora com a família. Estava um dia lindo, num esplanada à beira rio, mais relaxante era impossível; não fora o casal sentado a uma mesa de distância de nós. Garanto que a escolha da mesa não foi, nem um bocadinho minha e que não fiz de propósito para me sentar ali para estar a analisar a situação (como confesso que adoro fazer: aprende-se muito a analisar o comportamento alheio). Vocês perguntarão o que é que o tema tem a ver com o casal. TUDO!

Porque imaginem que este casal vinha acompanhado do seu “rebento”. Um rapaz, com os seus 3 aninhos. Diante dele tinha o pai. No meio deles um cesto de pão com azeitonas, um copo, mas a única coisa que ele via era só mesmo o famoso tablet! Ai da mãe que tirasse o TABLET da frente dele nem que fosse para mudar o vídeo que ELE estava a ver, ou para o sentar direito na cadeira, ou desviar dali alguma coisa que estivesse por perto.

A reação da criança tão querida era, das duas, uma: ou gritava e esperneava, ou atirava com o que apanhava para a cara da mãe. Claro que isto só aconteceu umas 4 ou 5 vezes durante o tempo toda da refeição, porque a mãe com medo do escândalo já pouco se atrevia a dizer, fazer ou mexer fosse no que fosse.

A criança comeu pouco, mesmo a comida sendo levada à boca, não conversou, não riu, imagino que nem tenha dado conta que ali também estavam mais pessoas, árvores, o rio; com sorte reparou que a mãe esteve para lhe dar comida. E o pai… o pai não tenho bem a certeza, pois se se lhe perguntar se o pai foi ontem almoçar com ele, ele não se lembrará.

A mãe perdeu a cabeça. Não foi uma mãe tipo “sangue de barata”. Ela levantou-se da mesa, pelo menos, 2 vezes e dessas 2 vezes o filho foi atrás, não me perguntem porquê, porque acreditem não tive o tempo todo a reparar. O que é certo é que teve de ser ela sempre a sentá-lo de volta na cadeira. Posto isso, enervou-se e em voz bem alta ralhou ao pai: “quer dizer, ele sai daqui, faz o que quer e tu não fazes nada, não é? Assim sou sempre eu a má da fita”, sentando o filhote de volta na cadeira. 

A segunda vez que ela perdeu a cabeça foi quando desviou o TABLET, e o filho irritadíssimo lhe atirou com um guardanapo e uma tampa da garrafa do sumo para a cara. Aí sim… ela acabou por dar uma chapada na cara do pequeno, meia dúzia de palavras tipo “não se grita, não se bate” e “toma lá o TABLET”.

Na mesa do lado sentia o meu coração a ficar cada vez mais pequeno, apertado, do tamanho de uma pequena ervilha. Um serão em família, diluído numa situação constrangedora, triste.

Quem me dera que esta história fosse singular e extraordinária, mas digam-me vocês? Não é o que assistem diariamente nos cafés, nos carros e autocarros, restaurantes, centros comerciais, parques?

Ouço imensos pais a dizer o difícil que é educar nos dias de hoje? Será assim tão mais difícil, ou é só uma frase que se diz para justificar tudo? Sempre existiram as crianças que usavam sapatos e os outros não; outros usavam roupas de marca, enquanto que as outras não. Houve sempre competição, os que gozam com os que não têm, os que pedem aos pais para ter o que não podem e então?

Faz parte ouvir que “NÃO, NÃO É POSSÍVEL!” – SEM CULPAS! Sem remorsos. Sem outras complicações. Façam-lhes esse favor para bem deles, para o vosso bem, para o bem do Mundo que é (ainda) de todos.

Creio que educar será sempre o maior desafio do ser humano durante a vida, mas o que tenho aprendido e partilhado com tantas famílias é que pode ser um desafio bem mais simples. Vivemos na era de complicar muito tudo, até as nossas refeições, com a sensação aparente de que estamos a “resolver problemas” e não é verdade.

Educar com consciência é o caminho, pais!

Com muito Amor, para que as crianças não esqueçam, pelas horas que passam a “falar” com o ecrã, que o coração, a emoção e o toque existem, – que são saudáveis e essenciais à vida em sociedade e para o seu próprio equilíbrio emocional. Com muitos Limites, também eles essenciais à vida. Ensinando, desta forma, a lidar com a frustração, com os obstáculos, com o desenvolvimento da força interior, da empatia pelos outros, do amor próprio.

Fico tão preocupada. Quem mais se preocupa? Temos estudos e mais estudos. Até o Steve Jobs, diz que as crianças só deviam ter acesso as tecnologias a partir dos 12 anos. E que até então o uso deve ser muito limitado e controlado.

Então pais? O que se passa com vocês? Falta de paciência? Têm dificuldade em dizer “NÃO”? É isso? Adorava poder ouvir-vos. Por favor, contem-me. Digam-me as vossas razões. Sem julgamentos!

Adorava poder ajudar-vos. Adorava que dessem a vocês mesmos a oportunidade de reverter a situação. Que conseguissem desfrutar dos vossos filhos, com menos culpa, com mais amor. Que fossem orgulhosos daquilo que estão a criar. Como querem que ele seja? Que valores pretendem vocês passar, com este alheamento do Mundo Real, substituído pela conexão desmedida e exagerada ao Mundo Virtual.

 Obrigada por este bocadinho, é sempre um prazer.

Vemo-nos em breve.

Sejam incrivelmente felizes em família.

Carolina Vale Quaresma

Palavras-chave

Assine a ACTIVA e receba mais 6 meses grátis. Garanta uma boa leitura durante as suas férias e relaxe. Conheça todas as opções e não perca esta oportunidade. ASSINE AQUI

Mais no portal

Mais Notícias

Eduardo Carpinteiro e João Serôdio vencem terceira etapa do Campeonato de Portugal de Novas Energias

Eduardo Carpinteiro e João Serôdio vencem terceira etapa do Campeonato de Portugal de Novas Energias

De malas feitas

De malas feitas

Cristina Ferreira e Rita Pereira apostam no mesmo estilo de vestido para as férias

Cristina Ferreira e Rita Pereira apostam no mesmo estilo de vestido para as férias

Restaurantes a sul: 17 mesas para petiscar, de Sines a Vila Real de Santo António

Restaurantes a sul: 17 mesas para petiscar, de Sines a Vila Real de Santo António

Turista nacional é o primeiro caso de Monkeypox nos Açores

Turista nacional é o primeiro caso de Monkeypox nos Açores

Cata Vassalo e Rita Patrocínio juntas em coleção de joalharia sobre a amizade

Cata Vassalo e Rita Patrocínio juntas em coleção de joalharia sobre a amizade

Seca: Câmara de Tondela suspende regas em

Seca: Câmara de Tondela suspende regas em "pequenos espaços" públicos

Terapia do Humor

Terapia do Humor

Mais perto da estagflação? Economia contrai, inflação acelera

Mais perto da estagflação? Economia contrai, inflação acelera

Quando a comida que nos salva também pode ser aquela que nos mata

Quando a comida que nos salva também pode ser aquela que nos mata

Princesa Charlotte com 'look' marinheiro

Princesa Charlotte com 'look' marinheiro

Vendas de smartphone na Europa recuam 11%

Vendas de smartphone na Europa recuam 11%

Jaciara Dias atacada em direto:

Jaciara Dias atacada em direto: "Passa o dia na cozinha, mas não lava a roupa interior"

Cerca de 33% de 106 artigos analisados por projeto europeu contêm substâncias tóxicas

Cerca de 33% de 106 artigos analisados por projeto europeu contêm substâncias tóxicas

Distinguir o certo do errado, as dores de crescimento, a imunidade de mexer na terra... 16 mitos e verdades sobre crianças desvendados

Distinguir o certo do errado, as dores de crescimento, a imunidade de mexer na terra... 16 mitos e verdades sobre crianças desvendados

O 'look' colorido e impactante de Letizia

O 'look' colorido e impactante de Letizia

Helene Svedin mostra-se em excelente forma física

Helene Svedin mostra-se em excelente forma física

Vítimas de raio na ilha Terceira estáveis e outros com alta hospitalar

Vítimas de raio na ilha Terceira estáveis e outros com alta hospitalar

A história do Ballett Gulbenkian

A história do Ballett Gulbenkian

6 ideias para fazer este fim de semana, em Lisboa

6 ideias para fazer este fim de semana, em Lisboa

Solar Car Charging Palm, estações de carregamento alimentadas a energia solar

Solar Car Charging Palm, estações de carregamento alimentadas a energia solar

Zero apela à participação em consulta pública sobre voos noturnos em Lisboa

Zero apela à participação em consulta pública sobre voos noturnos em Lisboa

A Smiley faz 50 anos e está por todo o lado

A Smiley faz 50 anos e está por todo o lado

Guerra na Ucrânia: os pontos mais polémicos do relatório da Amnistia Internacional

Guerra na Ucrânia: os pontos mais polémicos do relatório da Amnistia Internacional

Vencedores do passatempo 'DC Liga dos Super Pets'

Vencedores do passatempo 'DC Liga dos Super Pets'

Ikea: novidades de outono

Ikea: novidades de outono

VOLT Live: o mercado de elétricos usados

VOLT Live: o mercado de elétricos usados

O 'look' de Letizia no festival de cinema de Maiorca

O 'look' de Letizia no festival de cinema de Maiorca

Festival Sudoeste regressa no próximo ano de 09 a 12 de agosto

Festival Sudoeste regressa no próximo ano de 09 a 12 de agosto

Tatiana Valério está grávida pela segunda vez - Veja o vídeo da barriguinha!

Tatiana Valério está grávida pela segunda vez - Veja o vídeo da barriguinha!

O

O "tubarão do imobiliário" na capa de Agosto da EXAME

JL 1349

JL 1349

Se acha que esta crise é igual às outras, não está a prestar atenção

Se acha que esta crise é igual às outras, não está a prestar atenção

A diversidade importa

A diversidade importa

VISÃO Júnior de agosto de 2022

VISÃO Júnior de agosto de 2022

Huawei Watch GT3 Pro: relógio inteligente com estilo clássico

Huawei Watch GT3 Pro: relógio inteligente com estilo clássico

Livros para te divertires (ainda mais) nas férias

Livros para te divertires (ainda mais) nas férias

JL 1350

JL 1350

O visual de Letizia no primeiro dia de férias em Palma de Maiorca

O visual de Letizia no primeiro dia de férias em Palma de Maiorca

VISÃO Se7e: Restaurantes a sul, bons filmes e o melhor tomate do mundo

VISÃO Se7e: Restaurantes a sul, bons filmes e o melhor tomate do mundo

Rita Pereira emocionada com o nascimento da filha de Marta Melro e Paulo Vintém

Rita Pereira emocionada com o nascimento da filha de Marta Melro e Paulo Vintém

Aposta em tecnologia para potenciar a inovação

Aposta em tecnologia para potenciar a inovação