activa

Perfil

Saúde e Beleza

Investigadores podem ter descoberto cura para a calvície por engano

Esta condição poderá estar prestes a ter um fim.

Activa.pt

D-Keine

Um grupo de cientistas da University of Texas Southwestern Medical Center, que explorava o modo como certo tipo de tumores se formavam, pode ter descoberto, por acidente, a cura para a calvície.

Foram identificadas pelos investigadores as células que fazem o cabelo crescer e lhes dão cor, pelo que pode estar prestes a chegar um creme que, tanto cura a inexistência de cabelo, como pode prevenir que este se torne branco, com o envelhecimento.

"Embora este projeto tenha começado como um esforço para entender como certos tumores de formam, acabámos por entender porque é que os cabelos ficam brancos e descobrimos a identidade das células que fazem o cabelo crescer", revelou Lu Le, professor assistente de dermatologia.

O estudo, publicado no jornal Genes and Development, poderá ser a luz ao fundo do túnel para várias pessoas. "Com este resultado, esperamos, no futuro, criar uma mistura tropical para conceder o gene necessário para corrigir estes problemas cosméticos", finalizou.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!