activa

Perfil

Saúde e Beleza

4 consequências de (quase) eliminar os hidratos de carbono

Importa não exagerar, mas também não evitar de todo.

Activa.pt

alexat25

Em várias dietas, os hidratos de carbono surgem com o papel de "vilões". E esta ideia, que se tem vindo a acentuar ao longo dos anos, faz com que muitos sigam dietas pobres, sem aconselhamento médico, e que podem, na verdade, trazer graves consequências. Até porque, como em tudo, no que toca à alimentação, o equilíbrio será sempre a chave. Conheça, em seguida, quatro dos perigos de eliminar (ou quase) os hidratos de carbono da sua dieta.

Pode levar à fraca absorção de nutrientes importantes

Desde vitaminas, minerais, antioxidantes, fibras, prebióticos ou mesmo gorduras saudáveis, vários são os nutrientes essenciais que podemos "perder" ao não ingerir hidratos de carbono suficientes. E isto afeta, claro, a nossa imunidade, saúde cognitiva e aumenta o risco de doenças crónicas. Basta ter em mente o facto de, nas zonas em que as pessoas vivem mais (e saudáveis) anos, as dietas serem à base de plantas e hidratos de carbono.

Problemas de digestão

Pelo menos, 25 gramas de fibra por dia: esta é recomendação mais comum. E quais os alimentos que contêm fibra? Pois claro, aqueles ricos em hidratos de carbono. A ingestão adequada de fibra diminui o risco de doença cardíaca, pressão arterial alta, diabetes, obesidade, bem como problemas digestivos. Alguns tipos de fibra atuam mesmo como prebióticos, nutrientes que, por sua vez, beneficiam o sistema gastrointestinal, melhorando a imunidade, saúde mental e prevenindo a inflamação.

Gripe

Dores de cabeça, visão turva, irritabilidade, tonturas, náuseas , dores musculares - estes são apenas alguns dos sintomas que surgem quando diminuímos drasticamente a ingestão de hidratos de carbono. Surgem como consequência da adaptação do nosso cérebro a uma fonte de energia diferente, já que, por norma, a vai buscar em cerca de 60% aos hidratos de carbono.

Podem verificar-se efeitos secundários a nível psicológico e social

Tal como qualquer dieta extrema, a eliminação dos hidratos pode tornar as saídas, jantares, festas com amigos um verdadeiro pesadelo. Por isso, muitos começam a evitar momentos sociais, de modo a não "sair" da dieta. Pelo contrário, aqueles que não resistem a uma boa reunião de amigos e que acabam por cair em tentações, sofrem, frequentemente, de sentimentos de culpa e até depressão.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!