iStock_000086474989_Large.jpg

Photographer:Marjan Apostolovic

Sim, eu sei que não é fácil.

Para as mulheres e homens que passam ou passaram na primeira pessoa por esta realidade, não é fácil. Para os filhos que presenciaram e sentiram, independentemente da fase de desenvolvimento em que se encontravam, esta realidade, não é fácil. Para os pais, tios, primos, amigos e as demais pessoas significativas que rodeiam e/ou rodearam pessoalmente estas personagens principais, não é, igualmente, de todo, fácil.

Não é fácil, mas é necessário.

Não é fácil porque parece que sentimos que nos estão a tocar, e por vezes a invadir, feridas muito profundas. Muitas delas, ainda não saradas. Feridas que derivaram da sensação de penetrante ansiedade, irritabilidade e/ou tristeza que assolou inúmeros momentos que se expectavam de grande felicidade e leveza e se tornaram em momentos densos – pequenos pesadelos – que preferimos maioritariamente esconder. Dos quais pretendemos fugir, ou ultrapassar o mais rapidamente possível, para viver, finalmente, os tais momentos ímpetos de doces e confortáveis sensações associadas à tal maternidade e paternidade, esperada por nós, e por todos, ao longo de tantos meses, e por vezes, anos.

E atenção, que fugir, tentar ultrapassar, não falar, esconder ou até mesmo fingir que não aconteceu, ou não está a acontecer, é de alguma forma, condenável. Não estou aqui para julgar. Estou simplesmente a escrever, para tentar sensibilizar todas as personagens que já fizeram parte do enredo do filme denominado por Depressão Pós-Parto, para a partilha. Estou simplesmente a escrever, porque acredito que falar sobre Depressão Pós-Parto, seja quem passou na primeira ou na segunda pessoa, seja quem viu de longe, ou nunca viu, seja muito melhor do que ficar calado. Se pensarmos bem, é exatamente por andarmos calados durante tantos anos (e continuarmos) que temas como este, temas como a Depressão Pós-Parto, ainda são motivo de ligação a sentimentos de culpa, vergonha e autojulgamento por parte de muitos homens, mulheres e respetivas famílias que passam ou já passaram por situações como esta.

Ficarmos calados perante esta realidade, é o mesmo que gritar silenciosamente uma dor que não passará por si só. Para mim, é o mesmo que sermos cúmplices das passagens que farão parte da nossa história como consequência da vivência desta realidade, desta patologia que é, e que precisa de acompanhamento especializado. Deste universo de informação que estudo, interpreto e falo todos os dias, acreditando que desta forma, outros se juntarão a mim para falar também sobre o tema. Falar, para também aliviar o que for possível dessa realidade que se instala, muitas vezes de fininho sem nos apercebermos, e outras de forma tão abrupta, nas pessoas que com ela lidam ou já lidaram. Deste apelo que é, a Depressão Pós-Parto.

Por isso, eu desafio-vos a falar, ou pelo menos, a refletirem sobre o tema e compreenderem se vos faz algum sentido.E então, vamos falar sobre Depressão Pós-Parto?

Ana Vale, autora do blog Mulher Filha Mãe

Movimento Depressão Pós-Parto

Palavras-chave

Mais no portal

Nas Bancas

Como podemos proteger os adolescentes da pandemia do narcisismo?

Vivemos numa 'cultura de superfície'. A expressão é do pedopsiquiatra Pedro Strecht, um dos especialistas que estão preocupados com esta realidade.

Beleza

Aprenda a fazer esta maquilhagem primaveril em apenas quatro passos

Juntámo-nos à Perfumes & Companhia para mostrar a nova coleção da marca exclusiva ARTDECO de uma forma original, com este tutorial de makeup bastante prático.

Saúde

Mifarma evolui para Atida Plus e quer liderar o setor das farmácias online na Europa

"A nossa missão é oferecer uma resposta global e profissional às necessidades de saúde e bem-estar na sociedade", diz-nos Ernesto Martín, Managing Director Southern Europe.

Vejo-me Grega

Aqui jaz um peixe e uma juba anos 80

Uma crónica da editora-executiva da revista ACTIVA.

Saúde

OMS estima que o número de crianças obesas no mundo chegará a 75 milhões em 2025

O Dia Mundial da Obesidade assinala-se nesta quinta-feira, 4 de março. A Ordem dos Nutricionistas alerta para a gravidade do problema.

Mulheres Inspiradoras

Prémio Mulheres Inspiradoras 2020: as palavras inspiradora de Ana Rocha de Sousa e Cuca Roseta

Pedimos às nossas nomeadas aos Prémios Mulheres Inspiradoras 2020 que nos falassem sobre o que as inspira e as mantém motivadas numa altura desafiante como esta que vivemos. Aqui ficam as respostas que obtivemos de duas das nossas nomeadas na categoria Arte.

Fashion Tips

O denim está na moda. Veja como adotar a tendência na nova temporada

Aqui ficam três sugestões de looks simples e elegantes para incorporar peças em denim nos seus visuais.

Lifestyle

Já tem a Activa no carrinho?

Levar para casa a ACTIVA nunca foi tão fácil. Enquanto faz as suas compras no Continente online, escolha também o melhor da informação e do entretenimento.

Comportamento

Como prever o divórcio? Pessoas contam as histórias de casamentos mais insólitas

Algumas são mesmo difíceis de acreditar.

Moda

Isabel Silva lança duas novas peças da coleção com a Aly John

Caracterizadas por uma grande versatilidade.

Finanças de A a Z

Saiba como poupar nos seguros dos animais domésticos

O novo episódio da rubrica Finanças de A a Z diz-lhe tudo o que precisa saber para escolher as soluções mais vantajosas.

Saúde

Aqui ficam vários programas para dar um 'boost' à sua saúde

Propostas de alimentação saudável que pode encomendar e receber em casa.