iStock_000057969100_Large.jpg

Existe uma fase que se inicia cerca de 2 a 5 dias após o parto denominada por Baby Blues. É uma fase perfeitamente natural decorrente de um pós-parto, mas se os sintomas não desaparecem após algumas semanas ou se se intensificam, poderá estar presente uma depressão pós-parto. Este tipo de depressão pode interferir com a capacidade para cuidar do bebé, por isso é extremamente importante que se tenha ajuda imediata.

Com apoio familiar e profissional adequado, a mãe, poderá voltar com confiança ao seu papel maternal.

Baby Blues

Acabamos de ter o nosso filho e de acordo com o que nos transmitem verbal e não verbalmente, é suposto que estejamos a celebrar a chegada deste novo membro da família com os nossos amigos e família. Mas ao contrário de grandes festejos, só nos apetece chorar. Estávamos preparadas para a alegria e celebração, e não exaustão, ansiedade e choro. Certo? Estávamos preparadas para a construção de um novo amor isento de significativas problemáticas subjacentes, mas em vez disso, iniciamos essa construção quebradas numa realidade hostil e nulamente confortável.

Embora possamos não estar preparadas, estas repentinas e frequentes mudanças de humor são comuns nas mães que o foram recentemente.

O Baby blues não tem ainda uma tradução consensual. Trata-se de uma condição benigna que se inicia nos primeiros dias após o parto, com duração de alguns dias a poucas semanas. É de leve intensidade e não requer, normalmente, o uso de medicação.

A grande maioria das mães numa fase recente da maternidade experimenta pelo menos alguns sintomas decorrentes deste, nomeadamente, tristeza, dificuldade em dormir, irritabilidade, alterações do apetite e problemas de concentração.

Para terem uma noção, entre as mulheres que acabam de ser mães, aproximadamente de 50 a 85%, experienciam esta condição após o parto (Mehta e Sheth, 2006).

Desta forma, tenham a noção de que, se passarem por esta fase não é caso para alarme, pois é provável que virão a sentir-se melhores assim que as hormonas equilibrarem, sendo que, o apoio dos que a rodeiam, especialmente do seu companheiro, é essencial e suficiente para ultrapassar esta fase.

Contudo, convém estar atenta ao tempo que este período predomina na sua vida. Pois se demorar mais do que 2-4 semanas, então convém procurar apoio especializado (Psicólogo/ Médico de Família/Psiquiatra). Poderá estar perante uma Depressão pós-parto.

Depressão Pós-Parto

A Depressão pós-parto é um problema sério que não deverá ser ignorado. Contudo nem sempre é fácil distinguir entre Baby Blues e Depressão pós-parto.

No início, uma depressão pós-parto pode ser semelhante ao Baby Blues. Afinal ambas as situações partilham muitos sinais e sintomas, incluindo as alterações do humor, choro frequente, ansiedade, tristeza, insónia e irritabilidade. A diferença está na severidade e maior duração da sintomatologia no caso da depressão pós-parto.

Exemplo de alguns sinais e sintomas típicos da depressão pós-parto são:

• Falta de interesse no bebé;
• Sentimentos negativos para com o bebé;
• Grande preocupação relativamente à incapacidade de cuidar do bebé;
• Falta de interesse em si própria;
• Falta de energia e motivação;
• Sentimentos de inutilidade e culpa;
• Alterações no apetite ou peso;
• Dormir mais ou menos do que o habitual;
• Pensamentos recorrentes de morte ou suicídio.

A depressão pós-parto surge normalmente pouco depois do nascimento do bebé e desenvolve-se num período de vários meses. Mas também pode surgir repentinamente, e em algumas mulheres os primeiros sinais só aparecem após vários meses de terem sido mães. Para além disso, as causas da depressão pós-parto ainda permanecem pouco claras, no entanto, são apontadas vários tipos de alterações a nível físico, psicológico e social.

Ana Vale

Enfermeira | Autora do blog “Mulher, Filha e Mãe”

Site do blog:

http://mulherfilhamae.blogs.sapo.pt/

Movimento Depressão Pós-Parto: http://mulherfilhamae.blogs.sapo.pt/movimento-o-que-e-que-tu-sabes-sobre-76842

Baby blues e Depressão Pós-parto: Duas realidades (muito) diferentes.

Como temos vindo a falar consecutivamente, existe um momento após o parto que pode vir a ser muito stressante não só para a mãe, como para o pai e toda a família envolvente e presente.

A verdade é que ter um bebé é por si só stressante! Não interessa o quanto se desejou este momento ou o quanto se ama esse filho.

Existe uma fase que se inicia cerca de 2 a 5 dias após o parto denominada por Baby Blues. É uma fase perfeitamente natural decorrente de um pós-parto, mas se os sintomas não desaparecem após algumas semanas ou se se intensificam, poderá estar presente uma depressão pós-parto. Este tipo de depressão pode interferir com a capacidade para cuidar do bebé, por isso é extremamente importante que se tenha ajuda imediata.

Com apoio familiar e profissional adequado, a mãe, poderá voltar com confiança ao seu papel maternal.

Baby Blues

Já falámos muito por aqui sobre este tema e iremos continuar a falar muito mais!

Acabamos de ter o nosso filho e de acordo com o que nos transmitem verbal e não verbalmente, é suposto que estejamos a celebrar a chegada deste novo membro da família com os nossos amigos e família. Mas ao contrário de grandes festejos, só nos apetece chorar. Estávamos preparadas para a alegria e celebração, e não exaustão, ansiedade e choro. Certo? Estávamos preparadas para a construção de um novo amor isento de significativas problemáticas subjacentes, mas em vez disso, iniciamos essa construção quebradas numa realidade hostil e nulamente confortável.

Embora possamos não estar preparadas, estas repentinas e frequentes mudanças de humor são comuns nas mães que o foram recentemente.

O Baby blues não tem ainda uma tradução consensual. Trata-se de uma condição benigna que se inicia nos primeiros dias após o parto, com duração de alguns dias a poucas semanas. É de leve intensidade e não requer, normalmente, o uso de medicação.

A grande maioria das mães numa fase recente da maternidade experimenta pelo menos alguns sintomas decorrentes deste, nomeadamente, tristeza, dificuldade em dormir, irritabilidade, alterações do apetite e problemas de concentração.

Para terem uma noção, entre as mulheres que acabam de ser mães, aproximadamente de 50 a 85%, experienciam esta condição após o parto (Mehta e Sheth, 2006).

Desta forma, tenham a noção de que, se passarem por esta fase não é caso para alarme, pois é provável que virão a sentir-se melhores assim que as hormonas equilibrarem, sendo que, o apoio dos que a rodeiam, especialmente do seu companheiro, é essencial e suficiente para ultrapassar esta fase.

Contudo, convém estar atenta ao tempo que este período predomina na sua vida. Pois se demorar mais do que 2-4 semanas, então convém procurar apoio especializado (Psicólogo/ Médico de Família/Psiquiatra). Poderá estar perante uma Depressão pós-parto.

Depressão Pós-Parto

A Depressão pós-parto é um problema sério que não deverá ser ignorado. Contudo nem sempre é fácil distinguir entre Baby Blues e Depressão pós-parto.

No início, uma depressão pós-parto pode ser semelhante ao Baby Blues. Afinal ambas as situações partilham muitos sinais e sintomas, incluindo as alterações do humor, choro frequente, ansiedade, tristeza, insónia e irritabilidade. A diferença está na severidade e maior duração da sintomatologia no caso da depressão pós-parto.

Exemplo de alguns sinais e sintomas típicos da depressão pós-parto são:

• Falta de interesse no bebé;
• Sentimentos negativos para com o bebé;
• Grande preocupação relativamente à incapacidade de cuidar do bebé;
• Falta de interesse em si própria;
• Falta de energia e motivação;
• Sentimentos de inutilidade e culpa;
• Alterações no apetite ou peso;
• Dormir mais ou menos do que o habitual;
• Pensamentos recorrentes de morte ou suicídio.

A depressão pós-parto surge normalmente pouco depois do nascimento do bebé e desenvolve-se num período de vários meses. Mas também pode surgir repentinamente, e em algumas mulheres os primeiros sinais só aparecem após vários meses de terem sido mães. Para além disso, as causas da depressão pós-parto ainda permanecem pouco claras, no entanto, são apontadas vários tipos de alterações a nível físico, psicológico e social.

Ana Vale

Enfermeira | Autora do blog “Mulher, Filha e Mãe”

Movimento Depressão Pós-Parto

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Na primeira pessoa:

Na primeira pessoa: "Diziam-me: ‘Se não emagreceres, nunca vais encontrar alguém que goste de ti.’ Durante muito tempo acreditei nisso"

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

Ano Novo chinês: vêm aí o Coelho!

Ano Novo chinês: vêm aí o Coelho!

Não contem comigo!

Não contem comigo!

Uma vénia ao ovo

Uma vénia ao ovo

Mostramos tudo com estas 20 peças transparentes

Mostramos tudo com estas 20 peças transparentes

Da Natureza para a casa: futuro sustentável

Da Natureza para a casa: futuro sustentável

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

Massandra 1949: uma viagem pela História das Guerras

Massandra 1949: uma viagem pela História das Guerras

Em “Sangue Oculto”: João impede que Benedita fuja do hospício

Em “Sangue Oculto”: João impede que Benedita fuja do hospício

José Milhazes:

José Milhazes: "Estaline e Hitler são irmãos gémeos"

Priscilla Presley impugna o testamento da filha, Lisa Marie

Priscilla Presley impugna o testamento da filha, Lisa Marie

Girl Talk: Temos um problema de lideranças

Girl Talk: Temos um problema de lideranças

Polícia Marítima apreendeu meixão avaliado em mais de 1 ME em Famalicão

Polícia Marítima apreendeu meixão avaliado em mais de 1 ME em Famalicão

Quiz VISÃO Se7e: 10 perguntas para testar a sua cultura geral

Quiz VISÃO Se7e: 10 perguntas para testar a sua cultura geral

Shakespeare musical no Trindade

Shakespeare musical no Trindade

Crianças: Já sabe o que vão fazer este fim de semana?

Crianças: Já sabe o que vão fazer este fim de semana?

A emoção da princesa Martha Louise da Noruega após nova conquista da segunda filha, Leah Isadora

A emoção da princesa Martha Louise da Noruega após nova conquista da segunda filha, Leah Isadora

Vinte e um municípios com 6,9ME para recuperar áreas ardidas

Vinte e um municípios com 6,9ME para recuperar áreas ardidas

Giambattista Valli apresenta estilo exuberante para a próxima estação na Semana da Alta Costura de Paris

Giambattista Valli apresenta estilo exuberante para a próxima estação na Semana da Alta Costura de Paris

AR debate hoje apreciações parlamentares sobre novo estatuto do SNS

AR debate hoje apreciações parlamentares sobre novo estatuto do SNS

Alunos e professores recriam ambiente do Holocausto

Alunos e professores recriam ambiente do Holocausto

O Gosto dos Outros: Cesário Costa

O Gosto dos Outros: Cesário Costa

Municípios preocupados com

Municípios preocupados com "maus odores" do aterro sanitário de Barcelos

A “escuridão brilhante” de Jon Fosse

A “escuridão brilhante” de Jon Fosse

Eutanásia: TC reconhece que direito

Eutanásia: TC reconhece que direito "não é inconstitucional" - Catarina Martins

Crew Dragon da SpaceX pode ser usada para evacuar Estação Espacial Internacional

Crew Dragon da SpaceX pode ser usada para evacuar Estação Espacial Internacional

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

Conheça as empresas distinguidas nas 1000 PME

Conheça as empresas distinguidas nas 1000 PME

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Filhos vieram desarrumar a vida de Marie Kondo

Filhos vieram desarrumar a vida de Marie Kondo

Schiaparelli leva

Schiaparelli leva "O Inferno" de Dante à Semana da Alta Costura de Paris

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

Como andar à moda de John Cleese num sketch dos Monty Python pode ajudar a queimar calorias

Como andar à moda de John Cleese num sketch dos Monty Python pode ajudar a queimar calorias

Apple prepara ecrã dobrável e suporte para iPad

Apple prepara ecrã dobrável e suporte para iPad

Tony Carreira vai ser avô...outra vez!

Tony Carreira vai ser avô...outra vez!

Em “Sangue Oculto”: Vasyl e Júlia conhecem-se e ela manipula-o

Em “Sangue Oculto”: Vasyl e Júlia conhecem-se e ela manipula-o

Dezenas de empresas nacionais marcam presença na feira Ambiente em Frankfurt

Dezenas de empresas nacionais marcam presença na feira Ambiente em Frankfurt

Moda: Esquiar com estilo

Moda: Esquiar com estilo

Únicos os cocktails, única a sua criadora. Bem-vindos ao Uni, o novo bar de Constança Cordeiro

Únicos os cocktails, única a sua criadora. Bem-vindos ao Uni, o novo bar de Constança Cordeiro

Aquecimento: o decorativo e escultórico radiador Milano

Aquecimento: o decorativo e escultórico radiador Milano

Maior motor de busca chinês prepara rival do ChatGPT

Maior motor de busca chinês prepara rival do ChatGPT