Máscara caseira

A pandemia tem-nos confrontado com um cenário atipicamente complexo e exigente a vários níveis: isolamento e distanciamento social, teletrabalho, uso de máscaras e luvas na rua. Consequentemente, tivemos de adaptar-nos a um conjunto de procedimentos que mudaram as nossas rotinas profissionais e familiares.

Estamos agora a iniciar uma nova fase, o “levantamento” do estado de emergência, com muitas incertezas e dúvidas sobre como será a nova normalidade. Porém, também com a consciência, enquanto cidadão, da importância de mantermos algumas recomendações, como a lavagem das mãos, a etiqueta respiratória, a manutenção da distância social, e a utilização de barreiras físicas. Estas medidas de prevenção e proteção são indispensáveis para minimizar o risco de transmissão comunitária.

Numa altura em que os equipamentos de proteção pessoal ainda levantam muitas questões, falámos com três especialistas: Maria do Carmo Cordeiro, enfermeira, Cátia Rodrigues e Eva Miriam Rasteiro, técnicas de saúde ambiental, da Unidade de Saúde Pública (USP) Loures-Odivelas. Em conjunto, esclareceram as principais dúvidas sobre o que distingue as máscaras comunitárias das cirúrgicas, bem como quem deve usar cada uma delas, como e em que situações.

O que é uma máscara cirúrgica?

Este tipo de máscara é considerado um dispositivo médico, de uso clínico, que previne a transmissão de agentes infeciosos das pessoas que utilizam a máscara para as restantes.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda especificamente o seu uso a todos os profissionais de saúde, pessoas com sintomas respiratórios e pessoas que entrem/circulem em instituições de saúde.

A autoridade de saúde do governo português recomenda ainda que as pessoas mais vulneráveis, nomeadamente idosos (mais de 65 anos de idade), com doenças crónicas e estados de imunossupressão, devem usar máscaras cirúrgicas sempre que saiam de casa.

E a máscara comunitária?

As máscaras comunitárias (ou de uso social) não são dispositivos médicos, mas sim dispositivos de diferentes materiais têxteis, que podem ser de uso único ou reutilizáveis, destinados à população geral: todos os indivíduos que permaneçam em espaços interiores fechados com múltiplas pessoas como, por exemplo, farmácias, transportes públicos, lojas, hipermercados e estabelecimentos comerciais.

Têm por função a promoção da proteção de grupo, portanto servir como uma “barreira” complementar às medidas de prevenção e regras de distanciamento social, e nunca substituir ou sobrepor-se às medidas de confinamento, à higiene das mãos, à organização e procedimentos a serem adotados, nomeadamente em escolas e entidades empregadoras que possibilitem melhorar a proteção dos funcionários.

Estas máscaras não se destinam nem a profissionais de saúde, nem a doentes. Contudo, os fabricantes devem cumprir critérios e requisitos em termos de conceção, desempenho e usabilidade, nomeadamente no que diz respeito à filtração, respirabilidade, dimensionamento e resistência. Nesse sentido, as máscaras comunitárias devem ser acompanhadas das especificações técnicas: a quem se destina a sua utilização, materiais usados, indicações de lavagem e secagem, número possível de reutilização. 

É fundamental assegurar por parte do seu utilizador, que sabe colocar e remover corretamente a máscara, cumprindo todas as etapas de forma segura.

Os 3 passos para colocar a máscara comunitária corretamente

Imagens: JAMA Network® | ©2020 American Medical Association

As regras de ouro durante a utilização

Imagens: ©JenniferMaker

Como retirar a máscara?

Imagens: JAMA Network® | ©2020 American Medical Association

Em resumo e face à informação existente até à data, as máscaras comunitárias são destinadas à promoção da proteção de grupo, nomeadamente, utilização por indivíduos no contexto da sua atividade profissional, utilização por indivíduos que contactam com outros indivíduos portadores de qualquer tipo de máscara e utilização nas saídas autorizadas em contexto de confinamento, nomeadamente, em espaços interiores com múltiplas pessoas. O uso destas máscaras não implica qualquer alteração às medidas de confinamento, à higiene das mãos e etiqueta respiratória e à organização e procedimentos a serem adotados, nomeadamente, por escolas e entidades empregadoras que possibilitem melhorar a proteção dos funcionários, como já referido.

Palavras-chave

Assine uma destas revistas e escolha um presente grátis. Estadas em hotéis, produtos de beleza e muitos outros. Aproveite. Assine aqui

Relacionados

Saúde

Como e com que frequência devemos lavar as máscaras de pano?

Lavar as máscaras é tão importante quanto usá-las. 

Saúde

Máscaras de pano: protegem-nos ou não?

Perante a falta de material médico, várias pessoas têm recorrido a opções "caseiras". Saiba se são seguras.

Moda

Máscaras: o acessório que era tendência fashion é agora essencial para enfrentar a pandemia

Marcas de luxo associaram-se à produção de máscaras para ajudar na luta contra a Covid-19.

Mais no portal

Beleza

Meio bob, meio pixie: eis o corte que promete fazer furor em 2022

Podemos estar num novo ano, mas o corte do momento veio direitinho da década de 1990.

Saúde

A importância deste suplemento para quem está grávida ou a tentar engravidar

Algo nem sempre receitado pelos médicos, mas que pode trazer inúmeros benefícios!

Moda

Truques de styling para usar calças largas com confiança

Uma tendência que, além de prática, é confortável e elegante.

Comportamento

Namoro online: 5 dicas para melhorar a experiência

Recomendados por uma terapeuta familiar.

BeYoga

BeYoga: Força e Determinação de Guerreiro

Desperte a guerreira que há em si, de uma forma vigorosa, activando toda a energia orgânica que flui em direção aos seus objetivos. Seja uma guerreira da paz e irradie firmeza para vencer todas as limitações. Sinta-se pronta para ultrapassar todos os obstáculos.

Lifestyle

Agora não é só loja: há brunch na Brigadeirando, no Lx Factory

E a marca tem algumas novidades à nossa espera.

Saúde

Vacina contra o cancro de pele testada com sucesso em ratos

Uma notícia que nos enche de esperança.

Comportamento

Esta é, provavelmente, a melhor dica para encontrar "o tal"

Um truque bastante simples e que é defendido por vários especialistas. Saiba do que se trata e mude a forma como olha para os relacionamentos.

Lifestyle

Estas duas dicas podem revolucionar a sua gestão financeira

E são bastante simples.

Saúde

Covid-19: Estudo explica a importância da terceira dose da vacina

Bem como das vacinas de mRNA.

Comportamento

3 motivos para o sexo (por vezes) causar apego emocional

Eis a explicação de uma especialista, mestre em Sexologia.

Beleza

4 hábitos aparentemente inofensivos que causam pontas espigadas

Saiba quais são e como pode proteger os fios.