As autoridades globais de saúde pública alertam para o facto de que o coronavírus pode levar anos para ficar sob controlo.

“Eu diria que num período de quatro a cinco anos”, afirmou Soumya Swaminathan, cientista chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS) num webinar organizado pelo “Financial Times”, que teve lugar no passado dia 13 de maio. A especialista também advertiu que a pandemia poderia “potencialmente piorar” antes de mostrar qualquer sinal de melhora.

Estas afirmações chegam numa altura em que os cientistas trabalham arduamente para desenvolver uma vacina. Contudo, a vacina ainda exigirá tempo de desenvolvimento e distribuição dos ensaios em larga escala, de modo a conhecer sua eficácia. Como se verificou nos casos de outras doenças como, por exemplo, a gripe sazonal e o sarampo, uma vacina não é sinónimo de cura, mas sim de medida preventiva. 

Depois de desenvolvida e aprovada nos ensaios clínicos, o próximo passo é fornecê-la com segurança e eficácia em grande quantidade, o que também levará meses. Quando confrontado com os comentários feitos pela sua cientista chefe, o diretor de programas de emergência da OMS, Mike Ryan, sublinhou que é importante ser realista. “Este vírus pode tornar-se outro vírus endémico nas nossas comunidades. Este vírus pode nunca desaparecer. O VIH nunca desapareceu”, disse.

Até ao momento da publicação deste artigo, os dados mais recentes davam conta de que há 4.4 milhões de casos confirmados de COVID-19 em todo o mundo e 302 mil mortes. 

Palavras-chave

Assine uma destas revistas e escolha um presente grátis. Estadas em hotéis, produtos de beleza e muitos outros. Aproveite. Assine aqui

Relacionados

Saúde

Esclareça as suas dúvidas sobre o parto durante a pandemia, amamentação ou o choro do bebé

Estes e outros temas serão abordados em workshops gratuitos. Saiba como participar!

Saúde

Se estiver a usar máscara assim, pode estar a propagar o coronavírus

Evite cometer estes erros!

Saúde

Afinal, o que distingue as máscaras comunitárias das cirúrgicas?

Três especialistas da área da saúde explicam quem deve usar cada uma delas, como e em que situações.

Mais no portal

Beleza

Meio bob, meio pixie: eis o corte que promete fazer furor em 2022

Podemos estar num novo ano, mas o corte do momento veio direitinho da década de 1990.

Saúde

A importância deste suplemento para quem está grávida ou a tentar engravidar

Algo nem sempre receitado pelos médicos, mas que pode trazer inúmeros benefícios!

Moda

Truques de styling para usar calças largas com confiança

Uma tendência que, além de prática, é confortável e elegante.

Comportamento

Namoro online: 5 dicas para melhorar a experiência

Recomendados por uma terapeuta familiar.

BeYoga

BeYoga: Força e Determinação de Guerreiro

Desperte a guerreira que há em si, de uma forma vigorosa, activando toda a energia orgânica que flui em direção aos seus objetivos. Seja uma guerreira da paz e irradie firmeza para vencer todas as limitações. Sinta-se pronta para ultrapassar todos os obstáculos.

Lifestyle

Agora não é só loja: há brunch na Brigadeirando, no Lx Factory

E a marca tem algumas novidades à nossa espera.

Saúde

Vacina contra o cancro de pele testada com sucesso em ratos

Uma notícia que nos enche de esperança.

Comportamento

Esta é, provavelmente, a melhor dica para encontrar "o tal"

Um truque bastante simples e que é defendido por vários especialistas. Saiba do que se trata e mude a forma como olha para os relacionamentos.

Lifestyle

Estas duas dicas podem revolucionar a sua gestão financeira

E são bastante simples.

Saúde

Covid-19: Estudo explica a importância da terceira dose da vacina

Bem como das vacinas de mRNA.

Comportamento

3 motivos para o sexo (por vezes) causar apego emocional

Eis a explicação de uma especialista, mestre em Sexologia.

Beleza

4 hábitos aparentemente inofensivos que causam pontas espigadas

Saiba quais são e como pode proteger os fios.