Um recente artigo, desenvolvido por cientistas e ecologistas, publicado no The Intergovernmental Science-Policy Platform on Biodiversity and Ecosystem Services (IPBES), defende que é provável que futuras pandemias surjam com mais frequência, se espalhem mais rápido e matem mais pessoas do que a COVID-19. A solução? Mudar radicalmente o modo como nos relacionamos com o ambiente e a vida selvagem.

No texto, lê-se que vários fatores com impacto no ambiente – a desflorestação desenfreada, a expansão da agricultura, a construção de infraestruturas, a exploração de espécies selvagens – criaram uma “‘tempestade perfeita’ para a transmissão de doenças da vida selvagem para as pessoas“.

E continuaram: “Acredita-se que existem cerca de 1,7 milhões de vírus não identificados em mamíferos e aves aquáticas, capazes de infetar pessoas. Qualquer um destes pode ser a próxima ‘Doença X’, potencialmente ainda mais disruptiva e letal que a COVID-19“.

Ora, basta recuar até abril, para perceber que este estudo não está só. A Universidade de Stanford publicou um artigo no qual afirmava que os vírus capazes de passar de animais para pessoas, com graves consequências, “tornar-se-ão mais comuns, enquanto as pessoas continuarem a transformar habitats naturais em terrenos agrícolas“.

Mas como é que isto sucede? De acordo com Manuela Gonzalez-Suarez, professora universitária de ecologia, a alteração dos habitats faz com que espécies diferentes entrem em contacto umas com as outras, podendo transmitir agentes patogénicos que depois sofrem mutações, desenvolvendo-se doenças novas às quais podemos ficar expostos.


Apesar de tudo, Manuela avisa: “Temos de ser cuidadosos [no que toca a afirmar a ocorrência de novas pandemias num futuro breve]. Há um risco de deixar as pessoas receosas de uma forma que não é produtiva. As pandemias sempre existiram, ao longo da história da humanidade. O que alguns especialistas querem destacar é que uma nova pandemia poderia ocorrer de novo e que devemos fazer os possíveis para a prevenir“.

Chris D. Thomas, professor de biologia na Universidade de York, diz que, para tal, “a regulamentação do comércio animal, incluindo o fornecimento, a higiene durante a produção e consumo – bem como a aplicação desta, garantindo que medidas eficazes são postas em prática – são a chave“.

Além destes tópicos, também as viagens podem representar um problema, já que permitem que, em menos de 24 horas, o vírus chegue a novas partes do mundo. Aliás, foi assim que o novo coronavírus se espalhou tão rápido por todo o mundo.

O que podemos fazer?

De acordo com os especialistas, o ideal é, além dos pontos já referidos, tentar ser o mais sustentáveis possível, evitar uma dieta cheia de carne, privilegiando uma alimentação vegan, preferencialmente, com produtos locais. E tudo isto deveria ser incentivado pelo governo. Também devemos repensar a forma como viajamos – quão longe vamos e com quanta frequência.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Os desafios da sustentabilidade ambiental

Os desafios da sustentabilidade ambiental

Um robô do exército americano foi treinado para detetar fuzileiros. Foi derrotado com uma simples caixa de cartão

Um robô do exército americano foi treinado para detetar fuzileiros. Foi derrotado com uma simples caixa de cartão

Aethos Ericeira: mar à vista

Aethos Ericeira: mar à vista

Maior avião elétrico e a hidrogénio voa durante dez minutos no Reino Unido

Maior avião elétrico e a hidrogénio voa durante dez minutos no Reino Unido

Liliana Aguiar sexy e arrasadora, desfila ao lado do filho, Miguel

Liliana Aguiar sexy e arrasadora, desfila ao lado do filho, Miguel

Portugueses culpam as alterações climáticas pelo aumento do preço dos alimentos

Portugueses culpam as alterações climáticas pelo aumento do preço dos alimentos

Crianças: Já sabe o que vão fazer este fim de semana?

Crianças: Já sabe o que vão fazer este fim de semana?

Segundo palco da polémica: conheça o projeto para altar da JMJ no Parque Eduardo VII

Segundo palco da polémica: conheça o projeto para altar da JMJ no Parque Eduardo VII

O elegante body da Princesa de Gales

O elegante body da Princesa de Gales

Ucrânia, a arte da resiliência

Ucrânia, a arte da resiliência

Fairly Normal: um pé no surf e outro na sala de reuniões

Fairly Normal: um pé no surf e outro na sala de reuniões

Dezenas de empresas nacionais marcam presença na feira Ambiente em Frankfurt

Dezenas de empresas nacionais marcam presença na feira Ambiente em Frankfurt

Mais de metade dos portugueses pessimistas em relação a 2023

Mais de metade dos portugueses pessimistas em relação a 2023

VicBooth Gaming: A cabine feita em Portugal para quem gosta de jogar com o volume máximo

VicBooth Gaming: A cabine feita em Portugal para quem gosta de jogar com o volume máximo

Associação quer obrigatoriedade de médicos em permanência nos lares

Associação quer obrigatoriedade de médicos em permanência nos lares

Ano Novo chinês: vêm aí o Coelho!

Ano Novo chinês: vêm aí o Coelho!

Expansão do metro de Lisboa evita 29 mil toneladas de dióxido carbono -- Duarte Cordeiro

Expansão do metro de Lisboa evita 29 mil toneladas de dióxido carbono -- Duarte Cordeiro

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

Um passeio na floresta de W. B. Yeats

VISÃO Se7e: Guia para os Oscars – Onde ver os filmes nomeados nas principais categorias

VISÃO Se7e: Guia para os Oscars – Onde ver os filmes nomeados nas principais categorias

Carolina Carvalho quase a dar à luz - António é um dos nomes da lista para o bebé

Carolina Carvalho quase a dar à luz - António é um dos nomes da lista para o bebé

Schiaparelli leva

Schiaparelli leva "O Inferno" de Dante à Semana da Alta Costura de Paris

Oscars: Onde ver os filmes nomeados nas principais categorias

Oscars: Onde ver os filmes nomeados nas principais categorias

Quando a arte desaparece

Quando a arte desaparece

Bruxelas leva Portugal a tribunal por falta de medidas para combater espécies invasoras

Bruxelas leva Portugal a tribunal por falta de medidas para combater espécies invasoras

A economia portuguesa na encruzilhada da incerteza global

A economia portuguesa na encruzilhada da incerteza global

Grávida do terceiro filho, Charlotte Casiraghi marca presença no desfile da Chanel

Grávida do terceiro filho, Charlotte Casiraghi marca presença no desfile da Chanel

DGS estabelece prazos máximos para consultas pré-concecional e de gravidez

DGS estabelece prazos máximos para consultas pré-concecional e de gravidez

Usando máscara de proteção facial, príncipe Alberto do Mónaco junta-se à família na varanda do Palácio

Usando máscara de proteção facial, príncipe Alberto do Mónaco junta-se à família na varanda do Palácio

Paulo Caiado:

Paulo Caiado: "70% dos portugueses são proprietários e as suas casas valorizaram-se brutalmente"

"Shrinking": No sofá com Harrison Ford

Iva Domingues e Ângelo Rodrigues partilham fotografia juntos

Iva Domingues e Ângelo Rodrigues partilham fotografia juntos

Não contem comigo!

Não contem comigo!

Amazon pede aos funcionários para terem cuidado com o ChatGPT

Amazon pede aos funcionários para terem cuidado com o ChatGPT

Velcro, uma ideia que colou

Velcro, uma ideia que colou

Shell compra operador de carregamentos elétricos Volta

Shell compra operador de carregamentos elétricos Volta

Reuniões remotas facilitadas com a Koibox-100W

Reuniões remotas facilitadas com a Koibox-100W

Cartaz de preparação da campanha eleitoral

Cartaz de preparação da campanha eleitoral

Mostramos tudo com estas 20 peças transparentes

Mostramos tudo com estas 20 peças transparentes

Leão (da Peugeot) cada vez mais verde

Leão (da Peugeot) cada vez mais verde

Visuais monocromáticos e tons escuros marcam o desfile da Dior na Semana da Alta Costura de Paris

Visuais monocromáticos e tons escuros marcam o desfile da Dior na Semana da Alta Costura de Paris

EXAME de fevereiro: A Delta quer chegar ao topo do mundo

EXAME de fevereiro: A Delta quer chegar ao topo do mundo

Em “Sangue Oculto”: Mário descobre que Maria é sua prima e declara-se

Em “Sangue Oculto”: Mário descobre que Maria é sua prima e declara-se