A amamentação é muito importante para todos os recém-nascidos. Desde 1991, a Organização Mundial de Saúde, em associação com a UNICEF, tem vindo a empreender um esforço mundial no sentido de proteger, promover e apoiar o aleitamento materno. As recomendações são as seguintes: início do aleitamento materno dentro da primeira hora após o nascimento; aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses; amamentação continuada por dois anos ou mais, juntamente com outros alimentos, nutricionalmente adequados e apropriados para a idade, a partir do sexto mês.

A amamentação tem particular importância para os bebés que nasceram antes do tempo: os prematuros têm aumento do risco de várias complicações de saúde, e portanto os componentes bioactivos do leite materno podem ter um papel absolutamente crucial.

Os prematuros têm compromisso da resposta imunitária, órgãos imaturos (pequenos e pouco desenvolvidos), incluindo o cérebro, e são susceptíveis à lesão inflamatória e a stress oxidativo (potencial de lesão de todos os componentes celulares). Como exemplo podemos enumerar a diminuição do risco de infeções graves, retinopatia da prematuridade (que pode provocar a perda de visão) e displasia broncopulmonar (uma doença pulmonar crónica). Para além disto, os bebés prematuros alimentados com o leite das suas mães tendem a ter alta mais cedo do que os que são alimentados com leite de fórmula e, também, têm menos probabilidade de serem readmitidos no hospital no primeiro ano de vida. A longo prazo melhora o desenvolvimento mental e físico.

Só em Portugal a prematuridade corresponde a cerca de 8% de todos os nascimentos, sendo que a maioria destes prematuros são os chamados “prematuros tardios”, ou seja bebés que nascem entre as 34 e as 36 semanas e seis dias de idade gestacional.

Embora estejam bem documentados os benefícios do leite materno nesta população vulnerável, os estudos mostram que a amamentação – o seu início, duração e de ocorrer de modo exclusivo são significativamente menores que em bebés de termo.

Porque é que isto acontece?

Existem muitos mitos em relação à amamentação neste grupo etário que dificultam o sucesso. Por exemplo, muitas pessoas pensam que todos os bebés prematuros precisam de leite de fórmula, ou que os bebés prematuros não podem ser colocados à mama, ou ainda que necessitam de aprender a mamar em tetinas/biberão.

Na realidade a amamentação direta na mama deve ser a primeira alimentação oral oferecida ao bebé prematuro, sempre que a situação clínica assim o permita.

As mães podem necessitar de extrair leite para suplementar as necessidades nutricionais do seu filho prematuro, pois o bebé pode não ter ainda a maturidade suficiente para transferir a quantidade de leite necessária ao seu crescimento, por outro lado a mãe assim pode manter a adequada produção de leite.

Para além dos mitos, existem também dificuldades inerentes à prematuridade: por causa da sua imaturidade, os prematuros podem adormecer com mais facilidade antes de terem terminado uma mamada (o que muitas vezes é erradamente interpretado com estando saciados) e terem menos energia e mais dificuldade com a pega, sução e deglutição do que um bebé de termo. Para além disto, têm maior dificuldade em manter a temperatura corporal, aumento da vulnerabilidade à infeção, aumento do atraso da excreção da bilirrubina (podendo resultar em icterícia patológica) e maior instabilidade respiratória que o recém-nascido de termo. Maior risco de hipoglicemia, perda de peso excessiva, desidratação, má progressão ponderal, desidratação, rehospitalização e falência da amamentação.

No serviço de Neonatologia do Hospital CUF Descobertas estão, com frequência, internados recém-nascidos prematuros. A equipa está muito sensibilizada para a promoção do aleitamento materno neste grupo, e tem a formação e competência para ajudar os pais. Os bebés prematuros ficam junto das mães sempre que possível, as mães são incentivadas a extrair leite precocemente quando afastadas dos seus filhos (por motivos clínicos), a amamentação direta na mama iniciada o mais breve possível, assim como o contacto pele-a-pele.

É dado apoio durante o internamento e, não menos importante, após a alta, pois sabemos que este acompanhamento é fundamental para o sucesso do aleitamento materno neste grupo em particular.

A abordagem da amamentação nos prematuros é desafiante, quer para pais, quer para profissionais de saúde, pois estes têm maiores dificuldades quando comparados com recém nascidos de termo. Só quando este conceito está presente, é possível fazer resultar a amamentação neste grupo etário.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

More News

O arroz preferido de Georgina que pode fazer para jantar

O arroz preferido de Georgina que pode fazer para jantar

Lockheed Martin está a desenvolver rede de comunicações para ligar a Lua à Terra

Lockheed Martin está a desenvolver rede de comunicações para ligar a Lua à Terra

Utentes do distrito de Lisboa protestam junto ao Ministério da Saúde no sábado

Utentes do distrito de Lisboa protestam junto ao Ministério da Saúde no sábado

55 Mulheres Portuguesas na VISÃO História

55 Mulheres Portuguesas na VISÃO História

ATLS para a Páscoa no Porto

ATLS para a Páscoa no Porto

Ucrânia usa drones de cartão para combater russos

Ucrânia usa drones de cartão para combater russos

Afastada de “O Triângulo” Susana Dias Ramos vai trabalhar para a Austrália

Afastada de “O Triângulo” Susana Dias Ramos vai trabalhar para a Austrália

Ver a Lua, com Lisboa aos pés. Sessão de observação do céu leva telescópios aos 174 metros de altitude

Ver a Lua, com Lisboa aos pés. Sessão de observação do céu leva telescópios aos 174 metros de altitude

Atriz norte-americana ajudou crianças a fugirem de atiradora que matou 6 pessoas numa escola em Nashville

Atriz norte-americana ajudou crianças a fugirem de atiradora que matou 6 pessoas numa escola em Nashville

Truques para comprar os jeans perfeitos que vai usar durante anos

Truques para comprar os jeans perfeitos que vai usar durante anos

O sonho português do Óscar americano

O sonho português do Óscar americano

Quem matou Amílcar Cabral?

Quem matou Amílcar Cabral?

Letizia volta a apostar na elegância em Cádiz

Letizia volta a apostar na elegância em Cádiz

“Ganânciaflação”: O debate sobre o papel das empresas na subida de preços ganha fôlego

“Ganânciaflação”: O debate sobre o papel das empresas na subida de preços ganha fôlego

No Porto, interiores sob medida

No Porto, interiores sob medida

Ao som da música

Ao som da música

Água potável chegará a todas as aldeias de Castro Marim até 2025

Água potável chegará a todas as aldeias de Castro Marim até 2025

Mickael Mezdari: Adoçar a boca na nova pastelaria francesa de Lisboa

Mickael Mezdari: Adoçar a boca na nova pastelaria francesa de Lisboa

Quando a arte desaparece

Quando a arte desaparece

Sumário Portugal e Inglaterra

Sumário Portugal e Inglaterra

A chuva vai voltar, mas pouca e pouco tempo: O que esperar do tempo nos próximos dias

A chuva vai voltar, mas pouca e pouco tempo: O que esperar do tempo nos próximos dias

Transformar 150 empresas médias em grandes faria aumentar 3% as exportações

Transformar 150 empresas médias em grandes faria aumentar 3% as exportações

Ministro do Ambiente diz que intenções de investimento em energias renováveis ascendem a 60.000 ME

Ministro do Ambiente diz que intenções de investimento em energias renováveis ascendem a 60.000 ME

Cabo Verde quer reforço da capacidade técnica no combate à malária

Cabo Verde quer reforço da capacidade técnica no combate à malária

O Frade: Cozinha alentejana, com alma portuguesa

O Frade: Cozinha alentejana, com alma portuguesa

Olá, férias! Decorar a casa com papéis de parede inspiradores

Olá, férias! Decorar a casa com papéis de parede inspiradores

Pestana Douro Riverside, em Gondomar: Com o rio à janela

Pestana Douro Riverside, em Gondomar: Com o rio à janela

Brain snack: a história da camisola às riscas

Brain snack: a história da camisola às riscas

Afinal, o que se passa com o Credit Suisse?

Afinal, o que se passa com o Credit Suisse?

Onde ir com os seus filhos nas férias Páscoa, se ficar em Lisboa

Onde ir com os seus filhos nas férias Páscoa, se ficar em Lisboa

Mercedes reserva milhares de milhões para fábricas de carros elétricos

Mercedes reserva milhares de milhões para fábricas de carros elétricos

Festim de peixe e marisco na porta ao lado do Sea Me

Festim de peixe e marisco na porta ao lado do Sea Me

Bairro Alto: universo de fusão

Bairro Alto: universo de fusão

Sem tempo para ouvir podcasts? 9 programas com menos de 15 minutos

Sem tempo para ouvir podcasts? 9 programas com menos de 15 minutos

Princesa Kate continua à procura da assistente certa

Princesa Kate continua à procura da assistente certa

Kia EV9: chega no final do ano e será ‘muito digital’

Kia EV9: chega no final do ano e será ‘muito digital’

Não contem comigo!

Não contem comigo!

Leonor Seixas e Miguel Oliveira já levaram Júlia para casa

Leonor Seixas e Miguel Oliveira já levaram Júlia para casa

Jennifer Lopez lança coleção de sapatos

Jennifer Lopez lança coleção de sapatos "ousada, poderosa e "sexy"

Crise/Inflação: Empresas têm

Crise/Inflação: Empresas têm "responsabilidade social" na resposta à subida dos preços - Centeno

Portugal vai bater sucessivamente nos próximo anos recordes de investimento

Portugal vai bater sucessivamente nos próximo anos recordes de investimento

O bebé de Cressida Bonas, ex-namorada do príncipe Harry

O bebé de Cressida Bonas, ex-namorada do príncipe Harry

Ford apresenta Explorer 100 elétrico

Ford apresenta Explorer 100 elétrico

Em “Sangue Oculto”: Vanda apanha Teresa na cama com Olavo

Em “Sangue Oculto”: Vanda apanha Teresa na cama com Olavo

A sensualidade de Sónia Araújo num vestido transparente

A sensualidade de Sónia Araújo num vestido transparente

Portugueses são quem mais compra imobiliário de luxo

Portugueses são quem mais compra imobiliário de luxo

A divertida despedida de solteira de Taylor Hill

A divertida despedida de solteira de Taylor Hill

A saia da H&M que é pura primavera

A saia da H&M que é pura primavera