@stef_fit 

Alguma vez reparou que tem áreas desbotadas na sua roupa interior? É muito provável que a resposta seja “sim” – e não está sozinha. 

Em primeiro lugar, sublinhamos que não há motivos para entrar em pânico. Isto não é sinal de que sofre de uma doença horrível. Muito pelo contrário: significa que tudo está a funcionar como devia. Quem o diz são os especialistas do Museu da Vagina, o primeiro do género, localizado em Londres, que explicaram tudo detalhadamente no Twitter.

“A vagina é ácida e tem um pH de 3.8-4.5. Um nível de acidez capaz de descolorar tecido, e é isso que está a acontecer”, começam por dizer.

O esclarecimento surgiu por causa de uns pares de cuecas desbotadas que estão em exibição na exposição Muff Busters. Os administradores da página aperceberam-se de que muitas pessoas não sabiam que isto acontecia, ou por que motivo acontecia, sendo que algumas mulheres se sentiram aliviadas por descobrirem que não eram as únicas a ter esta experiência.

“Já nos perguntaram várias vezes como é que ‘fazemos’ as cuecas desbotadas para a nossa exibição. Não as fazemos. São pares de cuecas reais, de pessoas reais. As áreas desbotadas não são manchas de período ou de corrimento; estão descoloradas”, diz a publicação.

O Museu da Vagina enfatiza que a descoloração não é um sinal de maus hábitos de higiene, mas sim “uma coisa que acontece quando a acidez de uma vagina perfeitamente saudável passa algum tempo em contacto com o tecido”. Algo que se torna particularmente visível em cuecas de cor escura. 

Palavras-chave

Relacionados

Fora da Caixa

Tudo o que precisa de saber sobre higiene e cuidados íntimos

A saúde íntima feminina exige cuidados específicos durante o ano todo.

Fora da Caixa

8 factos curiosos sobre mamas que provavelmente não sabia

Elas podem estar connosco desde a puberdade, mas há muito que ainda não sabemos sobre esta parte da anatomia feminina.

Fora da Caixa

Porque é que muitas mulheres têm uma mama maior do que a outra?

Se tem um peito assimétrico, saiba que não está sozinha. Esta é uma característica bem mais comum do que imagina.

Mais no portal

Beauty Spot

As melhores técnicas e produtos para fazer sardas falsas

A rubrica Beauty Spot desta semana é dedicada a esta tendência divertida, que combina na perfeição com visuais mais naturais de maquilhagem.

É só uma sugestão

Falar de Livros: "D.A.D. - Desempregado, Artista, Dona de Casa" é um retrato humorista da vida de um pai

Um livro de Alexandre Esgaio publicado pela Suma de Letras.

Moda

Olivia Wilde elege sobretudo acessível para se proteger do frio em Londres

Não sabíamos que precisávamos de um sobretudo azul... até vermos um dos visuais mais recentes da atriz.

Comportamento

3 formas de manter a conta bancária emocional do seu relacionamento com saldo positivo

Este conceito está diretamente relacionado com a forma como os casais gerem discussões de conflito.

#ActivaEmCasa

Braços e pernas: cinco exercícios para maior definição muscular

Aqui fica mais um circuito de treino completamente gratuito, preparado e exemplificado por Susana Carromeu, coach do CrossFit Cais.

Beleza

Cabelo: Os produtos que temos de experimentar

Conhece as novidades mais recentes? Para fortalecer, dar brilhou ou obter o styling perfeito.

Moda

Inspire-se no que há de novo nestas marcas de moda populares

A nova estação traz muitas novidades e estas marcas dão o mote para o que vamos querer usar nos dias quentes.

Exclusivo
Beleza

Bárbara Corby: "Considero que a beleza vem de dentro"

A influencer é o novo rosto da Vichy em Portugal, depois de ter sido embaixadora digita da marca durante algum tempo. Em conversa com a ACTIVA falou sobre o novo papel e a a relação que tem com o mundo da beleza.

Imagem de Sucesso

Como usar o cinto para modernizar looks e valorizar a silhueta

Quer seja fino, grosso, de metal ou de couro, o cinto pode ser um grande aliado para no que toca ao styling.

Mulheres Inspiradoras

Joana Pessoa: um novo fado

É fadista desde os 15 anos, mas isso está longe de resumir a sua vida. Estivemos à conversa sobre escolhas, caminhos, filhos, divórcio, destino, amor, velhice, para voltarmos ao fado e fecharmos o círculo. Levei-lhe quase quatro horas de vida. É o que dá conversar com uma das mulheres mais interessantes que já entrevistei.

Comportamento

Existem quatro tipos de vinculação num relacionamento - saiba qual é o seu

Este tipo de apego é construído na infância e pode acabar por ter repercussões na vida adulta.