@jlbabe

A pandemia alternou rotinas pessoais e profissionais, sendo que os hábitos alimentares estão entre os mais afetados pela nova realidade. Nos tempos que correm, encomendar fast food em aplicações de entrega de comida é cada vez mais comum, tal como apostar em preparados congelados e instantâneos. 

A contribuir para esta lista surgem a diminuição ou a suspensão da atividade física e as muitas horas passadas ao computador. Ou seja, estamos a comer mal, a mexer-nos pouco e a adquirir maus hábitos que sugam a energia do corpo. Veja, ao pormenor, quais são e como corrigi-los. 

Não se hidratar adequadamente

Quer acredite ou não, a desidratação pode ser a razão por trás da sua quebra de energia. Por isso mesmo, mantenha sempre uma garrafa de água por perto, como uma espécie de lembrete para se hidratar ao longo do dia.

Beber muito café e/ou bebidas energéticas

A cafeína e as bebidas energéticas podem dar um “boost” no humor, na energia e no estado de alerta por várias horas. Porém, o consumo exagerado pode ter o efeito oposto, causando uma fadiga extrema. Limite a ingestão diária de ambos, opte por chás, mantenha-se hidratada e ativa.

Comer muitos alimentos processados

A maioria dos alimentos processados deita uma verdadeira bomba de açúcar no sangue e pode fazer com que se sinta extremamente cansada com todos esses altos e baixos. Assim sendo, consumir muito açúcar e hidratos de carbono simples pode causar confusão mental e fadiga. Uma má alimentação também pode fazer com que o corpo não receba as vitaminas, minerais e nutrientes essenciais para o seu funcionamento, por isso aposte em opções mais saudáveis e equilibradas.

Muito tempo ao ecrã

Em tempos, as recomendações em relação ao tempo de exposição a ecrãs eram bem rigorosas. Agora, estamos num eterno limbo entre o “fique em casa” e o “não passe demasiado tempo em frente a ecrãs”. Nesta tentativa de encontrar equilíbrio, fique atenta aos sinais de fadiga: stress, irritabilidade, cansaço, dores de cabeça, tonturas e enjoos. E tenha em mente que a luz azul emitida pelos computadores, smartphones e tablets pode prejudicar o metabolismo, a qualidade do sono e até mesmo a condição da pele.

Falta ou excesso de exercício

Aqui, também é preciso encontrar um equilíbrio. Ou seja, não se deixe cair no sedentarismo e não compense o tempo passado em casa com treinos exagerados, sem dar ao corpo a oportunidade de ele recuperar. Tudo isto prejudica o organismo, causando fadiga, oscilações no humor e suscetibilidade a desenvolver problemas de saúde. Faça exercício pelo menos três vezes por semana, beba água, siga uma alimentação rica em nutrientes, tenha dias de descanso e mantenha uma rotina ativa.

Dormir mal

Todos os fatores acima mencionados podem afetar a qualidade do sono, o que pode afetar o humor, o apetite, a memória, o estado de estado de alerta, o nível de energia, os níveis de ansiedade, o sistema imunitário e até mesmo o desejo sexual.

Palavras-chave

Relacionados

Saúde

Entenda a relação entre o stress e a queda de cabelo

Um estudo recente da Universidade de Harvard debruçou-se sobre o tema e, para além disso, encontrou uma substância que poderá estimular o crescimento dos fios.

Saúde

Não consegue dormir? Estes hábitos podem estar a atrapalhar o seu sono

Aprenda a ter um sono com mais qualidade

Comportamento

Procrastinação na hora de dormir é um ciclo vicioso que sabota a qualidade do sono

Um hábito que está a tornar-se cada vez mais comum em tempos de pandemia.

Mais no portal

Moda

Estas saias prometem fazer furor nas estações quentes

Apresentamos-lhe seis modelos que são ótimos investimentos tanto para a primavera como para o verão de 2021.

Lifestyle

Vamos falar sobre os deliciosos tacos japoneses do FishFish Sushi?

Às quartas-feiras, na compra de três tacos, o restaurante oferece um quarto. Uma oferta literalmente irresistível!

Body Shaper

O derradeiro plano para declarar guerra à celulite e à retenção de líquidos

O novo episódio da rubrica Body Shaper traz-lhe um plano de ataque, sublinhe-se, só com dicas caseiras.

Diz Quem Sabe

Questões a ponderar antes de avançar com uma mudança na vida profissional

A coach Lúcia Palma deixa alguns pontos a ter em conta antes de efetuar qualquer mudança neste campo.

Saúde

Os reajustes necessários para perder peso depois dos 40

Aconselhados por uma especialista.

Beleza

Base demasiado clara? Este truque do TikTok ajuda a resolver o problema

É bastante simples e económico.

Moda

Duvidamos que haja um vestido mais prático do que este

É só vestir e sair porta fora, sem pensar muito no styling.

Comportamento

Os 10 pilares de relacionamentos saudáveis

De acordo com um perito em relações amorosas, existem 10 alicerces de uma parceria que tendem a ser subestimados.

Celebridades

Ex-mulher de Travis Barker alega que o músico teve um caso com Kim Kardashian

Barker é o novo namorado de Kourtney Kardashian.

Diz Quem Sabe

O guia para criar uma selva urbana em casa

Um artigo de opinião assinado por José Luís Velasco, product manager da Gardenia, sobre os novos hábitos que se cultivaram e enraizaram em tempos de confinamento.

Comportamento

Como ser mais vulnerável num relacionamento (mesmo que isso a assuste)

O medo da rejeição faz-nos levantar a guarda e, por conseguinte, perdemos coisas boas como a intimidade e a conexão.

Diz Quem Sabe

O couro cabeludo também precisa de proteção solar

O Dr. Carlos Portinha, coordenador Clínico do Grupo Inspary, explica que o cancro da pele pode ser uma das consequências da exposição do couro cabeludo aos raios solares.