@jlbabe

A pandemia alternou rotinas pessoais e profissionais, sendo que os hábitos alimentares estão entre os mais afetados pela nova realidade. Nos tempos que correm, encomendar fast food em aplicações de entrega de comida é cada vez mais comum, tal como apostar em preparados congelados e instantâneos. 

A contribuir para esta lista surgem a diminuição ou a suspensão da atividade física e as muitas horas passadas ao computador. Ou seja, estamos a comer mal, a mexer-nos pouco e a adquirir maus hábitos que sugam a energia do corpo. Veja, ao pormenor, quais são e como corrigi-los. 

Não se hidratar adequadamente

Quer acredite ou não, a desidratação pode ser a razão por trás da sua quebra de energia. Por isso mesmo, mantenha sempre uma garrafa de água por perto, como uma espécie de lembrete para se hidratar ao longo do dia.

Beber muito café e/ou bebidas energéticas

A cafeína e as bebidas energéticas podem dar um “boost” no humor, na energia e no estado de alerta por várias horas. Porém, o consumo exagerado pode ter o efeito oposto, causando uma fadiga extrema. Limite a ingestão diária de ambos, opte por chás, mantenha-se hidratada e ativa.

Comer muitos alimentos processados

A maioria dos alimentos processados deita uma verdadeira bomba de açúcar no sangue e pode fazer com que se sinta extremamente cansada com todos esses altos e baixos. Assim sendo, consumir muito açúcar e hidratos de carbono simples pode causar confusão mental e fadiga. Uma má alimentação também pode fazer com que o corpo não receba as vitaminas, minerais e nutrientes essenciais para o seu funcionamento, por isso aposte em opções mais saudáveis e equilibradas.

Muito tempo ao ecrã

Em tempos, as recomendações em relação ao tempo de exposição a ecrãs eram bem rigorosas. Agora, estamos num eterno limbo entre o “fique em casa” e o “não passe demasiado tempo em frente a ecrãs”. Nesta tentativa de encontrar equilíbrio, fique atenta aos sinais de fadiga: stress, irritabilidade, cansaço, dores de cabeça, tonturas e enjoos. E tenha em mente que a luz azul emitida pelos computadores, smartphones e tablets pode prejudicar o metabolismo, a qualidade do sono e até mesmo a condição da pele.

Falta ou excesso de exercício

Aqui, também é preciso encontrar um equilíbrio. Ou seja, não se deixe cair no sedentarismo e não compense o tempo passado em casa com treinos exagerados, sem dar ao corpo a oportunidade de ele recuperar. Tudo isto prejudica o organismo, causando fadiga, oscilações no humor e suscetibilidade a desenvolver problemas de saúde. Faça exercício pelo menos três vezes por semana, beba água, siga uma alimentação rica em nutrientes, tenha dias de descanso e mantenha uma rotina ativa.

Dormir mal

Todos os fatores acima mencionados podem afetar a qualidade do sono, o que pode afetar o humor, o apetite, a memória, o estado de estado de alerta, o nível de energia, os níveis de ansiedade, o sistema imunitário e até mesmo o desejo sexual.

Palavras-chave

Relacionados

Saúde

Entenda a relação entre o stress e a queda de cabelo

Um estudo recente da Universidade de Harvard debruçou-se sobre o tema e, para além disso, encontrou uma substância que poderá estimular o crescimento dos fios.

Saúde

Não consegue dormir? Estes hábitos podem estar a atrapalhar o seu sono

Aprenda a ter um sono com mais qualidade

Comportamento

Procrastinação na hora de dormir é um ciclo vicioso que sabota a qualidade do sono

Um hábito que está a tornar-se cada vez mais comum em tempos de pandemia.

Mais no portal

Moda

Precisamos de uns ténis iguais a estes, de Kate

São cheios de estilo e ficam bem com tudo.

Comportamento

Brinquedos sexuais: revelados os hábitos dos portugueses entre quatro paredes

A grande maioria dos inquiridos num estudo recente admitem que o uso de brinquedos teve um impacto positivo na satisfação com a vida sexual.

Beleza

Saiba como conseguir pestanas de boneca sem usar extensões

Estes três truques vão deixá-las longas e volumosas.

Saúde

Os motivos para os vinhos naturais não causarem ressacas tão severas

Saiba se esta é a opção que faz mais sentido para si.

Comportamento

6 padrões de pensamento que pioram a ansiedade (e como combatê-los)

Aqui ficam as recomendações de um especialista.

Moda

20 vestidos de verão abaixo dos 50 euros que seguem as últimas tendências

Não há como falhar com estes modelos no seu armário cápsula de verão.

Saúde

É normal perder o apetite durante a menstruação? A resposta de uma especialista

A explicação resume-se a três pontos.

Comportamento

5 sinais de que está num relacionamento com potencial para dar certo

De acordo com um psicólogo, estas são as características de casais com relações bem-sucedidas a longo prazo.

Body Shaper

Os tratamentos caseiros indispensáveis em qualquer 'operação biquíni'

O novo episódio da rubrica Body Shaper conta com três sugestões muito simples e eficazes.

Moda

É possível recriar o estilo de Katie Holmes por menos de 30 euros

A atriz usou um top em crochê que tem um preço bastante acessível e ainda está disponível na loja online da marca.

Beleza

"Pre-poo": os grandes benefícios deste tratamento para cabelos crespos

E para todos os tipos de caracóis, que estão sempre sedentos de hidratação.

#VozActiva

Isabela Valadeiro: "Se não salvarmos os oceanos, não há futuro"

A nossa protagonista de julho fala sobre a relação com o mar e da necessidade de preservarmosos oceanos no #VozActiva deste mês.