@ellegramm

A ansiedade é uma condição caracterizada pela preocupação excessiva diante de situações consideradas preocupantes ou stressantes. Quem sofre com este distúrbio psicológico, que apresenta uma variedade de sintomas, enfrenta muitas dificuldades no dia a dia, mesmo em situações que não aparentam ser ‘gatilhos’.

Por ser um problema crónico, que dura muitos anos ou até mesmo a vida toda, o acompanhamento médico é importante para controlar os sintomas. Contudo, além dos tratamentos convencionais, alguns especialistas recomendam ajustes na alimentação para combater o problema. É o caso do Dr. Paulo Lessa, nutricionista e fundador do Instituto Lessa.

“Tenho recebido muitas queixas de ansiedade”, explica à revista brasileira Boa Forma. “O stress provoca o caos nas emoções e ainda se reflete na saúde em geral. Ele acaba por impedir que o paciente viva a vida com mais leveza“.

O especialista defende que a alimentação pode ser uma grande aliada da saúde mental. Nesse sentido, partilha 6 alimentos que ajudam a controlar a ansiedade no dia a dia e explica os principais benefícios de cada um deles. Conheça-os:

  1. Chocolate preto: é rico em flavonoides, antioxidantes que promovem a produção de seratonina. É por isso que é tão popular e eficaz na missão de reduzir o stress;

  2. Banana: é ótima para atenuar os sinais de depressão e ansiedade. Além disso, proporciona saciedade graças ao teor de triptofano, que estimula a produção de serotonina;

  3. Ovos: uma vez no cérebro, o triptofano aumenta a serotonina. De acordo com um estudo da revista científica American Journal of Clinical Nutrition, os ovos também melhoram o desempenho do cérebro por conta de um nutriente conhecido como colina. Presente na gema, ele é essencial para desenvolver a área relacionada com a memória;

  4. Hidratos de carbono complexos: os hidratos de carbono provenientes dos cereais também podem atenuar o stress, assim como as frutas mais adocicadas. Eles elevam o nível de açúcar no sangue, dando energia, bem-estar e boa disposição;

  5. Carnes e peixes: são fontes naturais de triptofano, um aminoácido que, em conjunto com a vitamina B3 e o magnésio, produzem a serotonina. Além disso, contam com outro aminoácido chamado taurina, que aumenta a disponibilidade do neurotransmissor GABA, usado pelo organismo para controlar fisiologicamente a ansiedade;

  6. Chás: o chá de erva-doce é ótimo para acalmar dores de cabeça, palpitações e stress. Já o de camomila é conhecido por ser calmante. A eficiência deste último provém da substância apigenina, que tem propriedades ansiolíticas e sedativas. 

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Relacionados

Comportamento

6 padrões de pensamento que pioram a ansiedade (e como combatê-los)

Aqui ficam as recomendações de um especialista.

Saúde

5 mitos acerca de pessoas ansiosas

Entenda algumas das características associadas à ansiedade e que não são verdade.

Comportamento

Experimente estas sugestões para afastar pensamentos ansiosos

Conheça as dicas de uma especialista para não se deixar consumir pela autocrítica.

Mais no portal

Moda

Mafalda Carvalho mostra os desfiles (e as emoções) do último dia de Portugal Fashion

Veja tudo o que aconteceu na Alfândega do Porto.

Lifestyle

A Pizzaria Luzzo é uma das pérolas da Graça

Da comida ao ambiente, tudo é pensado para proporcionar refeições (e momentos) super agradáveis.

Lifestyle

Esta câmara trendy foi concebida para tirar selfies

Ela permite tirar, imprimir e partilhar fotografias em movimento. Um sonho para a Geração Z.

Beleza

5 cortes de cabelo clássicos que nunca saem de moda

Em equipa que ganha não se mexe.

Moda

Bailarinas: como usar estes sapatos clássicos de formas contemporâneas

Inspire-se nestas estrelas das redes sociais para adicionar estes sapatos versáteis e elegantes aos seus próximos visuais de outono.

Saúde

Cuidados a ter com a saúde íntima feminina quando as temperaturas descem

Eis as dicas de um ginecologista e obstetra dos hábitos a adotar nesta altura do ano.

Comportamento

Advogada elege as 5 razões mais comuns para o divórcio

Curiosamente, a traição não é uma delas.

Moda

Be The Change: tecidos reciclados e produção responsável com o selo de qualidade Tezenis

Uma coleção de ‘underwear’ bonita, sustentável e mais amiga do ambiente.

Diz Quem Sabe

Pele sensível e pele sensibilizada: entenda as diferenças

E saiba quais os cuidados a ter.

Saúde

Como os cuidados para bebés podem aliar-se à sustentabilidade

Opções para os pais que procuram produtos que causem o menor impacto possível no meio ambiente.

Saúde

A dor crónica não é um problema individual – é um problema de saúde pública

Um artigo de opinião assinado por um grupo de especialistas da Escola de Medicina da Universidade do Minho, a propósito do Dia Nacional da Luta Contra a Dor (15 de outubro).