O exercício físico, no geral, tende a exigir que consumamos um maior número de calorias. Se gastamos mais energia, o nosso organismo também nos pede mais “combustível”. Contudo, parece que há um desporto em particular que tem o “dom” de nos deixar com mais fome, em comparação com outros.

Durante 15 anos, um grupo de investigadores analisou a relação entre o exercício físico e o apetite, surgindo uma questão frequente: “por que motivo nadar nos deixa com mais fome?”. Tendo isto em mente, decidiram comparar o impacto desta atividade no consumo calórico diário, em comparação com o ciclismo.

32 adultos saudáveis – 17 homens e 15 mulheres -, com menos de 40 anos, que soubessem nadar e andar de bicicleta constituíram o grupo de estudo. Tendo em conta que o ciclo menstrual pode afetar o apetite, as mulheres só participavam na investigação em determinadas alturas do mês. Todos participaram em atividades de natação, ciclismo e descanso.

Foram dadas as devidas refeições a cada participante e, 30 minutos após o exercício, poderiam comer quanta massa quisessem até se sentirem “confortavelmente cheios e satisfeitos“. Descobriu-se, depois, que aqueles que tinham participado em exercícios de natação comiam cerca de 142 calorias a mais do que aqueles que tinham acabado de ter um período de descanso.

No que toca ao ciclismo, também houve um aumento do apetite, em comparação com o grupo de descanso, embora este não tenha sido tão significativo como o relativo à natação. Apesar dos animadores resultados, os responsáveis pelo estudo ainda não identificaram a causa para estas diferenças e garantem que são necessários mais dados.

Ou seja, se utiliza o exercício físico como forma de perder peso, talvez a natação não seja o desporto mais adequado. Ainda assim, vale a pena lembrar as inúmeras vantagens desta atividade: melhoria na pressão arterial, colesterol e controlo da glucose, redução do risco de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Relacionados

Comportamento

Sabia que existem 3 tipos de fome?

Aprenda a identificá-los e a driblar a vontade de comer fora de horas.

Saúde

Fome a meio da noite? 5 snacks que não lhe vão pesar na consciência

Ou em mais nenhum lado.

Beleza

4 alimentos que nos ajudam a ficar sem fome durante mais tempo

Existem alimentos que lhe transmitem uma sensação de saciedade rapidamente, mas que cinco depois a deixam cheia de fome, enquanto que outros são seus ‘amigos’. Além de serem igualmente deliciosos, permitem com que a sensação de ‘buraquinho no estômago’ não seja uma constante.

Mais no portal

Comportamento

3 motivos para o sexo (por vezes) causar apego emocional

Eis a explicação de uma especialista, mestre em Sexologia.

Saúde

Os testes de ovulação valem mesmo a pena quando se tenta engravidar?

Esta é uma das formas de identificar o período fértil.

Beleza

O que há de novo na maquilhagem que vale a pena descobrir

Para os olhos, lábios e uma pele imaculada.

Celebridades

Ryan Reynolds afasta-se dos ecrãs

O ator anunciou uma pausa na carreira.

Beleza

Saiba como combater e prevenir a queda de cabelo sazonal

Um problema que é muito comum nesta altura do ano.

Beleza

7 passos para cuidar da pele antes de dormir

Uma rotina tão importante quanto a matinal.

Moda

4 peças em cabedal que são must-haves para o outono

E como usá-las.

Saúde

iMM-Laço Hub nasce como uma nova esperança na luta contra o cancro da mama

Com um laboratório focado na investigação em cancro da mama metastático e uma equipa especializada.

Moda

The Bra Stories: uma campanha pela luta contra o cancro da mama

Assinada pela C&A.

Moda

Andreia Dinis lança marca de roupa

Sugar n’Spice Concept é o novo projeto online da ariz.

Lifestyle

Neste hotel, a reserva de duas noites equivale à oferta da terceira

Aproveite uns dias relaxantes no campo.

Moda

À conversa com Diego Sebastian, criador da campanha 'Family Portraits' da Mango

Uma campanha não são apenas fotos bonitas dos produtos de uma marca. A mensagem é muito mais importante porque a forma como nos relacionamos com o mundo é essencialmente emocional. Daí ser curioso conversar com o homem que se esconde por detrás de uma das mais bem sucedidas campanhas da marca espanhola.