@myvisualcurrency

Quer seja faça de corrida ou de qualquer outro tipo de exercício, é muito provável que já tenha sentido uma dor lateral aguda na barriga a meio da sessão.

Conhecida como “dor de burro”, a dor abdominal transitória relacionada com o exercício (ETAP, na sigla em inglês) tem tanto de distratora quanto de desconfortável. O cardiologista e especialista em medicina desportiva Luiz Gustavo Marin Eme explica ao jornal Gazeta do Povo que se trata de um sinal de que “algum órgão no nosso corpo está a responder inadequadamente durante o esforço físico”

Na maioria das vezes, diminuir a intensidade ou fazer uma pequena pausa deve aliviar o desconforto. Caso contrário, talvez seja necessário procurar um especialista para perceber se não há nenhuma condição subjacente.  “Esta é a forma eficaz de evitar que a dor persista e que tenha maiores complicações”, conclui o médico.

O Dr. Eme partilha ainda algumas das causas mais comuns para este problema:

  1. Respiração incorreta. Ao engolirmos ar durante a inspiração pela boca, podemos causar a distensão das alças intestinais – que provocam o desconforto;
  2. Postura inadequada. A desatenção com a postura pode espalhar dor para a parede abdominal, causando as infames pontadas;
  3. Alimentação. O consumo excessivo de líquidos, principalmente gasosos, como refrigerantes, pode ser responsável pela dor. Além disso, comidas pesadas podem distender o abdómen e dificultar a absorção de nutrientes – outros responsáveis pelo desconforto. Caso tenha alguma atividade física planeada, dê preferência a uma alimentação leve; 
  4. Prática inadequada do exercício. Realizar a atividade física em um ritmo inadequado, muito acima da zona de conforto, pode gerar a contração de órgãos e músculos, ocasionando a dor lateral. O ideal é seguir um programa de treino adequado ao seu preparo físico, respeitando a intensidade que o seu corpo pode suportar. Com uma progressão de esforço planejada, as chances de sentirmos desconfortos diminuem

Palavras-chave

Assine a ACTIVA

Deixe-se inspirar, assine a ACTIVA, na sua versão em papel ou digital, a partir de €2,00 a edição. Saiba tudo aqui ASSINAR

Mais no portal

Comportamento

3 motivos para o sexo (por vezes) causar apego emocional

Eis a explicação de uma especialista, mestre em Sexologia.

Saúde

Os testes de ovulação valem mesmo a pena quando se tenta engravidar?

Esta é uma das formas de identificar o período fértil.

Beleza

O que há de novo na maquilhagem que vale a pena descobrir

Para os olhos, lábios e uma pele imaculada.

Celebridades

Ryan Reynolds afasta-se dos ecrãs

O ator anunciou uma pausa na carreira.

Beleza

Saiba como combater e prevenir a queda de cabelo sazonal

Um problema que é muito comum nesta altura do ano.

Beleza

7 passos para cuidar da pele antes de dormir

Uma rotina tão importante quanto a matinal.

Moda

4 peças em cabedal que são must-haves para o outono

E como usá-las.

Saúde

iMM-Laço Hub nasce como uma nova esperança na luta contra o cancro da mama

Com um laboratório focado na investigação em cancro da mama metastático e uma equipa especializada.

Moda

The Bra Stories: uma campanha pela luta contra o cancro da mama

Assinada pela C&A.

Moda

Andreia Dinis lança marca de roupa

Sugar n’Spice Concept é o novo projeto online da ariz.

Lifestyle

Neste hotel, a reserva de duas noites equivale à oferta da terceira

Aproveite uns dias relaxantes no campo.

Moda

À conversa com Diego Sebastian, criador da campanha 'Family Portraits' da Mango

Uma campanha não são apenas fotos bonitas dos produtos de uma marca. A mensagem é muito mais importante porque a forma como nos relacionamos com o mundo é essencialmente emocional. Daí ser curioso conversar com o homem que se esconde por detrás de uma das mais bem sucedidas campanhas da marca espanhola.