Em Portugal, 8 em cada 10 homens sofrem de Cancro da Próstata aos 80 anos
Em Portugal, a cada ano, são diagnosticados entre 5 mil a 6 mil novos casos de cancro da próstata
Foto Pexels/ Andrea Piacquadio

O mote da campanha de sensibilização acompanha o movimento “Movember”, que desafia todos os homens a deixarem crescer o bigode durante o mês de novembro com o objetivo de consciencializar e sensibilizar a população para os problemas de saúde masculinos como o cancro de próstata.

Em Portugal, a cada ano, são diagnosticados entre 5 mil a 6 mil novos casos de cancro da próstata. Este tipo de cancro tem a particularidade de evoluir de forma silenciosa e a probabilidade de sofrer de um tumor da próstata aumenta com a idade dos indivíduos – aos 80 anos, mais de 80% dos homens sofrem desta neoplasia.

O cancro da próstata é a segunda principal causa de morte por cancro na população masculina, sendo que no nosso país, aproximadamente 1800 homens morrem por ano devido a esta doença.

Para José Graça, Vice-Presidente da APDP, “os dados que temos sobre a incidência do cancro da próstata em Portugal são preocupantes, mas o que nos deixa ainda mais alarmados é este ser um cancro com muito tabu associado, que por vezes acaba por levar a um rastreio tardio da doença.”
Na maior parte dos casos, durante a progressão do tumor, os doentes não têm qualquer sintoma e apenas nos exames de diagnóstico é possível identificar a presença do tumor. “A nossa missão é trabalhar todos os dias para desmistificar e relembrar que é essencial fazer o rastreio. Só assim conseguimos evitar que o número de mortes associado à patologia continue a ser tão elevado”, acrescenta o Vice-Presidente da APDP.

De acordo com as recomendações das sociedades médicas urológicas, o rastreio ao cancro da próstata deve ser realizado por todos os homens a partir dos 50 anos. Contudo, se existir histórico familiar para esta doença, deve ser avaliado pelo médico qual o melhor momento para iniciar o rastreio.

É através dos exames de diagnóstico, toque rectal e análise do PSA (antigénio específico da próstata), que se consegue identificar a presença do tumor antes do aparecimento dos sintomas, avaliar o grau de progressão da neoplasia e a caracterizar o tumor. O toque rectal consiste na palpação da próstata para verificar o seu tamanho, consistência e eventual presença de nódulos. Com a análise ao sangue aos níveis de PSA é possível orientar o diagnóstico, embora a conclusão final dependa sempre da realização de uma biópsia prostática.

Conheça os fatores de risco e os sintomas a que deve estar atento relativamente a esta doença:
• Idade avançada
• Histórico familiar
• Origem étnica
Homens com mais de 50 anos, que têm familiares que sofreram destes tumores ou são de raça negra, têm um risco superior.

Além destes três principais fatores de risco, os níveis de testosterona também têm influência, uma vez que esta hormona é responsável pela degeneração e multiplicação das células da próstata. Existem ainda outros fatores de risco modificáveis, tais como as dietas ricas em gordura ou demasiado proteicas, a obesidade e a exposição a produtos tóxicos.

Sintomas mais frequentes:
• Dificuldade/urgência em urinar
• Micções dolorosas
• Dor ou desconforto na região
• Disfunção eréctil (registada apenas em alguns casos)
Na maioria dos casos, o tumor desenvolve-se sem manifestar qualquer sintoma. Os sintomas que surgem com mais frequência não são exclusivos do cancro da próstata.
O tipo e intensidade das queixas, dependem do estádio da doença. Nos casos em que o tumor metastizou, ou seja, ultrapassou os limites da próstata e afetou outros órgãos, podem existir sintomas diferentes e não relacionados com o aparelho urinário, como dores nos ossos, fadiga e cansaço.

Mais informações sobre o Cancro da Próstata
O cancro da próstata é um tumor maligno da próstata, uma glândula exclusivamente masculina, que se situa logo abaixo da bexiga e que envolve a uretra – o canal por onde passa a urina em direção ao exterior. O cancro surge devido a uma anomalia nas células glandulares. Em situações normais, as células crescem e dividem-se para formar novas células, das quais umas morrem e são substituídas por novas. No cancro, este mecanismo sofre alterações.

Em determinada altura, e por razões desconhecidas, as células tornam-se mais agressivas devido a alterações ou mutações no seu ADN. Começam a multiplicar-se de forma descontrolada e a um ritmo mais elevado do que as restantes células da próstata. Por outro lado, as células velhas e doentes não morrem, acumulando-se no órgão e dando, assim, origem ao tumor.

Mais informações sobre a APDP
A ideia de constituir uma Associação de Doentes da Próstata nasceu em 2002, por sugestão do então Presidente da Associação Portuguesa de Urologia – Dr. Manuel Mendes Silva ao Ten. General António Pereira Pinto, doente da próstata. Em 2003, a Associação de Doentes da Próstata foi oficialmente fundada e obteve o seu estatuto legal.
O objetivo da APDP é chamar a atenção dos homens (sobretudo a partir dos 45 anos) para os cuidados que devem ter com a próstata, visitando regularmente o médico e seguindo as indicações que lhes sejam prescritas.

Os textos nesta secção refletem a opinião pessoal dos autores. Não representam a ACTIVA nem espelham o seu posicionamento editorial.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Girl Talk: este País não é para nós

Girl Talk: este País não é para nós

Máxima da Holanda surpreende com visual em tons de cinzento e preto em entrega de prémio em Amesterdão

Máxima da Holanda surpreende com visual em tons de cinzento e preto em entrega de prémio em Amesterdão

Portugal faz bem: matéria natural

Portugal faz bem: matéria natural

Ligações felizes em Barcelona

Ligações felizes em Barcelona

Mais ricos de Portugal estão ainda mais ricos

Mais ricos de Portugal estão ainda mais ricos

JL 1360

JL 1360

“O Trio em Mi Bemol”: Mozart, Siza e Rohmer num filme sobre os pequenos prazeres da vida

“O Trio em Mi Bemol”: Mozart, Siza e Rohmer num filme sobre os pequenos prazeres da vida

Os adeptos mais exóticos do Mundial em 27

Os adeptos mais exóticos do Mundial em 27 "cromos" para a posteridade

Pastelaria Versailles: 100 anos de histórias, sabores e algumas novidades

Pastelaria Versailles: 100 anos de histórias, sabores e algumas novidades

Diana Pereira: “Vivo este amor de forma mais consciente e madura”

Diana Pereira: “Vivo este amor de forma mais consciente e madura”

As principais dúvidas sobre os dentes das crianças respondidas aqui

As principais dúvidas sobre os dentes das crianças respondidas aqui

E ainda... Saramago

E ainda... Saramago

VISÃO Júnior, uma prenda de Natal original

VISÃO Júnior, uma prenda de Natal original

Volta a Portugal em design nos dois apartamentos da Santo Infante

Volta a Portugal em design nos dois apartamentos da Santo Infante

6 podcasts de true crime para detetives de bancada

6 podcasts de true crime para detetives de bancada

William furioso com Harry

William furioso com Harry

Manifestação no Campus de Justiça em solidariedade com ativistas em julgamento

Manifestação no Campus de Justiça em solidariedade com ativistas em julgamento

Percursos pedestres da Madeira encerrados devido a estado do tempo

Percursos pedestres da Madeira encerrados devido a estado do tempo

Georgina declara-se a Cristiano em pleno Mundial de Futebol

Georgina declara-se a Cristiano em pleno Mundial de Futebol

Clara de Sousa confeciona deliciosos bolos de azeite. Veja a receita!

Clara de Sousa confeciona deliciosos bolos de azeite. Veja a receita!

VISÃO Júnior de dezembro de 2022

VISÃO Júnior de dezembro de 2022

Livros: Os melhores de 2022

Livros: Os melhores de 2022

João Galamba assegura que agricultura conta com 90 ME em apoios desde 2021

João Galamba assegura que agricultura conta com 90 ME em apoios desde 2021

Wrapped do Spotify: conheça os artistas, músicas, álbuns e podcasts mais ouvidos em 2022

Wrapped do Spotify: conheça os artistas, músicas, álbuns e podcasts mais ouvidos em 2022

Urgência Geral do Hospital de Setúbal com constrangimentos até às 20:00 de hoje

Urgência Geral do Hospital de Setúbal com constrangimentos até às 20:00 de hoje

Sara Matos apresenta Júlia, a trigémea de “Sangue Oculto”

Sara Matos apresenta Júlia, a trigémea de “Sangue Oculto”

Natal: Presentes essenciais

Natal: Presentes essenciais

Atitude, arrojo e inovação: Recorde os

Atitude, arrojo e inovação: Recorde os "looks" de Letizia na entrega dos prémios Francisco Cerecedo

EXAME 464 - Dezembro de 2022

EXAME 464 - Dezembro de 2022

Universidade de Évora e Cruz Vermelha testa com sucesso baterias de segunda vida em cenário de catástrofe

Universidade de Évora e Cruz Vermelha testa com sucesso baterias de segunda vida em cenário de catástrofe

JL 1361

JL 1361

Moda: Fundo preto

Moda: Fundo preto

Universidade de Évora e Cruz Vermelha testa com sucesso baterias de segunda vida em cenário de catástrofe

Universidade de Évora e Cruz Vermelha testa com sucesso baterias de segunda vida em cenário de catástrofe

Abra as portas ao Natal e vista a casa a rigor

Abra as portas ao Natal e vista a casa a rigor

Hospital de Almada pediu desvio de doentes não críticos para outros hospitais

Hospital de Almada pediu desvio de doentes não críticos para outros hospitais

Primeiro contacto: Toyota bZ4X, o elétrico com garantia de um milhão de quilómetros para a bateria

Primeiro contacto: Toyota bZ4X, o elétrico com garantia de um milhão de quilómetros para a bateria

Cientistas de Coimbra criam ferramentas inteligentes para prevenir erros informáticos

Cientistas de Coimbra criam ferramentas inteligentes para prevenir erros informáticos

Eco-Rally de Lisboa: os elétricos passaram pela capital

Eco-Rally de Lisboa: os elétricos passaram pela capital

Desencontro de irmãos

Desencontro de irmãos

Rota do Vinho de Talha: Uma viagem no Alentejo, de copo na mão

Rota do Vinho de Talha: Uma viagem no Alentejo, de copo na mão

Tutankhamon, Nefertiti e Cleópatra: Do Antigo Egito a faraós superstars, na Fundação Gulbenkian

Tutankhamon, Nefertiti e Cleópatra: Do Antigo Egito a faraós superstars, na Fundação Gulbenkian

Musk: implantes de chips no cérebro estão a 6 meses de distância. E ele quer um

Musk: implantes de chips no cérebro estão a 6 meses de distância. E ele quer um