No meio de tanta informação – e desinformação -, vão surgindo, todos os dias, novas preocupações acerca da COVID-19. Uma delas, para a qual a resposta ainda é incerta, é se podemos contrair a infeção mais do que uma vez. Isto é, após recuperar da doença, podemos ficar novamente infetados ou ganhamos algum tipo de imunidade?

De acordo com os protocolos atuais, pacientes que testem positivo para o coronavírus e fiquem hospitalizados têm de ter dois testes negativos, com 24 horas de diferença entre cada um, antes de lhes ser dada alta“, revela à Health Mahmoud Loghman-Adham, médico e diretor da Innopiphany. Ora, mas parece que isto não lhes confere imunidade total.

Isto porque há registos de pessoas, embora seja uma minoria, a contrair a infeção pela segunda vez. Exemplo disso foi um homem no Japão que, após ter tido alta, teve sintomas e testou novamente positivo para a presença do vírus. Então, de onde surgem as notícias que afirmam ser pouco provável contrair a infeção duas vezes?

Em geral, os pacientes geram anticorpos para os vírus e tornam-se imunes a uma nova infeção pelo memso vírus. Portanto, até estar disponível um teste de anticorpos, não sabemos se os registos de pacientes [infetados mais que uma vez] na China e Japão tinham anticorpos contra o vírus – e, sendo assim, estavam protegidos contra uma segunda infeção – ou se apenas tiveram um teste falso-positivo“, explica Mahmoud.

Ou seja, o normal será que qualquer pessoa infetada uma vez, não volte a fica rinfetado, graças aos anticorpos desenvolvidos. Ainda assim, os sistemas imunitários de cada um são diferentes e todos os cuidados são poucos. “Baseado no que sabemos até agora, assim que se tem a infeção COVID-19, não se pode voltar a tê-la. Mas há sempre exceções”, remata o especialista.

Palavras-chave

Mais no portal

Moda

Parfois: 10 malas a menos de 20 euros

Confira algumas das melhores opções para combinar com os seus visuais.

Celebridades

Emily Ratajkowski acusa fotógrafo de a assediar quando tinha 20 anos

Desde que a modelo revelou a história ao mundo, uma outra celebridade diz ter vivido um episódio semelhante com a mesma pessoa.

Lifestyle

Clube do Livro Finanças de A a Z: "A Poupança no Feminino"

No novo episódio da rubrica Finanças de A a Z estreio um espaço mensal onde vou deixar algumas sugestões de livros úteis para a educação financeira de miúdos e graúdos.

Woman washing her hair in shower
Beleza e Saúde

4 motivos pelos quais não devemos lavar o rosto no duche

Dermatologista explica o porquê e ainda deixa algumas dicas.

Lifestyle

Livro da semana: "A Quinta" inspira-se nos sacrifícios que mulheres fazem pelos que mais amam

Um livro de Joanne Ramos, publicado pelas Edições Saída de Emergência.

Beleza e Saúde

Pasta de dentes nas borbulhas: sim ou não?

Será este um mito ou haverá algum fundamento?

Celebridades

Kelly Clarkson diz que o divórcio a apanhou de surpresa

A artista foi casada com Brandon Blackstock durante sete anos.

LONDON, UNITED KINGDOM - NOVEMBER 09: (EMBARGOED FOR PUBLICATION IN UK NEWSPAPERS UNTIL 48 HOURS AFTER CREATE DATE AND TIME) Prince Andrew, Duke of York attends the opening the Francis Crick Institute by Queen Elizabeth II on November 9, 2016 in London, England. The Francis Crick Institute will be a world leading centre of biomedical research. (Photo by Max Mumby/Indigo/Getty Images)
Celebridades

Príncipe André é "viciado em sexo", alega livro

A obra contém testemunhos de várias mulheres que afirmam ter mantido relações com o membro da realeza britânica, através do contacto de Jeffrey Epstein.

Moda

Tezenis lança coleção cápsula inspirada em famosa série da Netflix

Várias peças com um toque de 'nuestros hermanos'.

Moda

Nova marca de moda sustentável chega ao Porto

A aposta é na seda e no tingimento natural.

Inspirações

Alba Batista e a beleza interior: "reflete-se no olhar"

A atriz é a estrela da produção de capa da ACTIVA de setembro.

Beleza e Saúde

Nutrição: 5 mitos que podem estar a arruinar a sua saúde

Saiba como adotar uma dieta mais "descomplicada".